Como Criar um Cronograma de Estudo de Inglês Semanal Eficaz

Você já se perguntou…

Por que eu ainda não falo inglês?

Isso é falta de um plano. Você começa várias coisas e não termina nenhuma.

Um plano de estudo de inglês certo e definido o fará alcançar a fluência.

Mas, antes de falarmos sobre o plano de de estudo de inglês, é importante que saibamos as principais armadilhas do aprendizado, para que possamos evitá-las a qualquer custo!

No entanto, se você já quiser pular para os cronogramas, sinta-se a vontade.


Preparado(a) para dar uma guinada em seus estudos? Então, vamos lá!

Motivação para executar o plano de estudo e estudar Inglês

plano de estudo de inglês

Veja também: Como manter a disciplina de estudar inglês todos os dias

1º. Falta de Foco

Um problema comum em vários estudantes é a falta de foco

Isso pode soar forçado para muitos estudantes (estes que também não conseguem alcançar a fluência no idioma) por não entenderem que…Inglês é PRIORIDADE

Se você quer aprender inglês encare como prioridade. Não como qualquer cursinho que você faz de Word para colocar no currículo.

Estamos falando de algo que tem um potencial imenso de mudar sua vida, tão importante quanto uma faculdade.

O que eu vejo hoje nas escolas tradicionais: o aluno faz 4 horas de estudo no sábado, e o resto das horas da semana inteira é esquecida. 4 horas são apenas 3,2% desse tempo “livre” semanal mesmo sabendo que existe condução, comida, trabalho… Isso mostra claramente que o inglês não é prioridade.

Outra coisa negativa é se dedicar só aos sábados ou apenas durante 2 dias por semana.

Essa rotina de estudo de inglês ignora completamente o mecanismo natural de memorização cerebral – a “curva do esquecimento”.

Com esse espaço de tempo enorme, a retenção, o conhecimento caem substancialmente.

E aí a escola tradicional poderá te segurar por mais uns 4 anos.

Confira o gráfico científico, e entenda que se a pessoa der prioridade ao inglês e estudar todos os dias a retenção é quase total, e apesar de estudar mais você dominará o inglês em menor tempo.

Não vale mais a pena?

2. Falta de perseverança

Suponhamos que comecem a encarar o inglês como prioridade.

O segundo problema: pessoas desistem rápido principalmente quando não percebem melhora a curto prazo.

Enxergar a curto prazo um aprendizado, não só do idioma, mas qualquer coisa é se achar um gênio tirando a parte do ego (aquele que acha que sabe, mas quando faz um teste vai mal)

Ou seja, não tem como dominar algo a curto prazo.

Saber inglês é fluência ou nada, ninguém quer saber se você sabe o básico ou se está “começando a entender” – o mercado de trabalho cobrará fluência.

Uma outra teoria científica é a efeito do platô;

Entenda sua mente: ao começar a estudar você se motiva e se acha um gênio.

Mas haverá um tempo chamado platô que o fará pensar estar estagnado, “parece que o método não funciona mais”… muitos desistem e ficam com um inglês meia boca aqui.

Se insistir por mais tempo em vez de desistir perceberá que na verdade você evoluiu muito, vai dizer “nossa! estou falando rápido”, “nossa! entendi isso”, “nossa! consigo explicar isso”…

O que a maioria das pessoas fazem?

Desistem antes de chegarem à mina de ouro, quando estão na fase do platô, pouco antes da melhora exponencial.

Muitas vezes elas notam, mesmo parando de estudar um pouco depois, que melhoram e se convencem “nossa” se talvez eu tivesse continuado a estudar hoje meu inglês seria perfeito…”

Estou mentindo?

Cronograma semanal de estudos de inglês para iniciantes

plano de estudos em inglês- iniciante

Aprendendo inglês sem professores e o passo-a-passo de um curso completo, você tem a liberdade (e o desafio) de montar um plano de estudos que se adeque melhor ao seu objetivo geral e que vá direto ao ponto.

Ou seja, que te proporciona independência (característica do nível intermediário) o quanto antes, e não como um resultado do estudo prolongado.

A organização do material didático, do tempo dedicado, dos objetivos e dos conteúdos a serem explorados acelera ou retarda o aprendizado e, por isso, estão em destaque em cada dia desta sugestão de cronograma semanal.

É necessário focar no essencial e deixar para depois tudo que você utilizará menos ao falar inglês.

Você vai notar a ênfase no estudo dos verbos neste cronograma. Eles são o coração de qualquer frase, indicando o que é a ação.

Focando nos verbos, compreender todo o resto se torna mais fácil.

Na internet há muito material didático de qualidade disponível, e é imprescindível que você se dedique para identificá-los em fontes confiáveis.

Pesquise com os termos em inglês e coloque ao fim “EFL” (English as a Foreign Language) ou “ESL” (English as a Second Language).

SEGUNDA da 1ª semana

Material DidáticoTempo EstimadoObjetivos
vídeo didático para ouvir e ver uma pessoa falar o alphabet e os numerals30 minutos, no mínimo, para pesquisar o materialListening: identificar palavras de acordo com a fonética
vídeo didático sobre pronunciation e phonetics30 minutos, no mínimo, para completar os objetivosSpeaking: reproduzir palavras de acordo com a fonética
vídeo didático sobre regular verbs30 minutos, no mínimo, para organizar as anotaçõesVocabulary: identificar alguns verbos regulares e como se conjugam
1 exemplo de conjugação de regular verb no Simple Present.

Conteúdo a ser explorado e método

O foco principal do primeiro dia, na primeira semana, é preparar os seus ouvidos para escutar inglês. Por isso, o primeiro estudo refere-se ao alfabeto, os numerais e as regras de fonética.

Em paralelo, ao aprender os seus primeiros verbos (e nenhum deles será o verb to be…), você começará a expansão do seu vocabulário e, portanto, já terá algumas palavras novas para testar seu conhecimento de pronúncia.

Ao ouvir e tentar falar, certifique-se de anotar todos os pontos em que a fonética inglesa diverge da brasileira. Se sentir que não está pronunciando corretamente algum fonema, siga praticando-o.

Você pensará livremente em verbos que já ouviu antes ou nos vídeos que assistiu, podendo ser open, enter, dance, act, stop, cry, entre tantos outros… Escolha verbos mais simples e que se relacionam com a sua vida, se preferir.

Apesar de aprender no vídeo que o Simple Past é o tempo em que o verbo regular “se mostra” enquanto tal, nesta primeira semana você estudará a fundo somente o Simple Present.

A partir do exemplo que você selecionou de verbo regular no presente, conjugue-os. Perceba quando e como os verbos se modificam à partir de sua forma no infinitivo.

TERÇA da 1ª semana

Material necessário

Material DidáticoTempo EstimadoObjetivos
lista de 20 verbos irregulares muito comuns em inglês20 minutos, no mínimo, para pesquisar o materialReading: ter contatos iniciais com o inglês escrito
textos curtos no formato diálogo de situações cotidianas30 minutos, no mínimo, para completar os objetivosWriting: reproduzir corretamente o que leu ao escrever.
40 minutos, no mínimo, para organizar as anotaçõesSpeaking: reproduzir palavras de acordo com a fonética
Vocabulary: identificar alguns verbos irregulares e como se conjugam

Conteúdo a ser explorado e método

No segundo dia, você vai principalmente treinar os olhos para a leitura e escrita.

Enquanto se familiariza com as formas de comunicar coisas básicas (saudar alguém, se apresentar, fazer perguntas cotidianas) na leitura, você deve sempre falar em voz alta tudo que lê.

Mais tarde, vai tentar reproduzir na escrita um diálogo simples parecido com aqueles que você leu, sem copiar.

Os verbos irregulares aparecem em contraste com os regulares, são mais difíceis de se “decorar” e por este motivo devem ser incorporados nos seus exercícios ao máximo.

Os verbos be, go, do, see, speak e eat são bons exemplos de verbos irregulares que usamos muito no dia-a-dia e, mesmo se não estiverem presentes nos diálogos que você selecionou, use sua criatividade para incorporá-los ao seu exercício de escrita.

Conjugue todos os verbos irregulares que você aprender no Simple Present e tome nota de como eles são diferentes dos verbos regulares.

QUARTA da 1ª semana

Material DidáticoTempo EstimadoObjetivos
lista de modal verbs no Simple Present com exemplos de frases20 minutos, no mínimo, para pesquisar o materialListening: compreensão
vídeo didático de diálogo para aprender modal verbs com exercício de compreensão e transcrição ou legenda30 minutos, no mínimo, para completar os objetivosSpeaking: reproduzir palavras de acordo com a fonética e fixar frases
40 minutos, no mínimo, para organizar as anotaçõesReading: compreensão
Vocabulary: identificar alguns verbos modais e frases comuns com eles

Conteúdo a ser explorado e método

            Visando situações em que é necessário mais de um verbo em uma frase, o terceiro dia será um momento de importante ampliação do vocabulário prático. Comece pelos verbos modais can, must e may. Foque em sua utilização em afirmações.

            O objetivo ao ouvir e ler agora é principalmente a compreensão, ou seja, apesar de você estar adquirindo seus primeiros conhecimentos em inglês, é importante testar se você é capaz de compreender ao menos o contexto do diálogo que está ouvindo e evitar legendas.

Quando estiver lendo, teste o quanto você compreende e pesquise sinônimos em inglês para as palavras novas. Traduza em último caso. Faça o exercício.

QUINTA da 1ª semana

Material DidáticoTempo EstimadoObjetivos
artigo completo sobre question words (ou WH questions)10 minutos, no mínimo, para pesquisar o materialSpeaking: reproduzir palavras de acordo com a fonética e fixar frases
artigo completo sobre frases negativas em inglês40 minutos, no mínimo, para completar os objetivosReading: compreensão
3 exercícios, no mínimo, sobre perguntas e negativas30 minutos, no mínimo, para organizar as anotaçõesWriting: fixar o aprendizado da semana
Vocabulary: perguntas e negativas em inglês

Conteúdo a ser explorado e método

            Depois de ter passado os últimos dias com foco em afirmativas, na quinta-feira você irá estudar as perguntas e as negativas e notar como os verbos são utilizados nestes novos casos.

Não se esqueça de ler em voz alta os artigos que selecionar para os estudos. Quanto mais exercícios você puder fazer, melhor.

            Após os exercícios, escreva diálogos com perguntas e respostas afirmativas e negativas usando verbos regulares, irregulares e modais.

SEXTA da 1ª semana

Material DidáticoTempo EstimadoObjetivos
um vídeo didático sobre cada assunto abordado na semana, diferente dos utilizados anteriormente30 minutos, no mínimo, para pesquisar o materialRevision: fixar o conhecimento adquirido na semana
um exercício sobre cada assunto abordado na semana, diferente dos utilizados anteriormente90 minutos, no mínimo, para completar os objetivosListening: compreensão
uma “curiosidade”: um artigo ou vídeo simples sobre algum assunto popular do seu interesse em inglês que utilize Simple Present20 minutos, no mínimo, para organizar as anotaçõesSpeaking: reproduzir palavras de acordo com a fonética correta
Reading: compreensão
Writing: reproduzir a gramática correta
Vocabulary: ampliar assuntos no seu vocabulário

Conteúdo a ser explorado e método

Separe todas as sexta-feiras para fazer uma profunda revisão de todo o conteúdo estudado na semana e fazer mais exercícios.

Além disso, no último dia da semana você vai ampliar seu vocabulário com algum assunto no seu interesse, mas perceba: este material de “curiosidade” também é uma forma de fixar seu conhecimento adquirido sobre o tempo verbal Simple Present.

Você pode usar um texto sobre o que o seu artista ou time favorito está fazendo no momento, ou uma música com linguagem simples – apenas certifique-se que estará revisando este tempo verbal, prestando atenção em como ele é usado.

Principalmente se você não tem com quem conversar em inglês, fale em voz alta tudo o que você ler e grave a si mesmo, para ouvir mais tarde.

Depois de assistir aos vídeos, fazer os exercícios e estudar sua “curiosidade” em inglês, escreva uma breve redação em primeira pessoa no Simple Present sobre quem é você e qual a sua relação com este assunto abordado na “curiosidade”.


E nas semanas seguintes?

Na segunda semana, substitua “Simple Present” por “Simple Pastneste cronograma e siga-o novamente, fazendo o mesmo nas semanas seguintes, até finalizar os estudos do mês.

Assim, você dominará o uso de diversos verbos regulares, irregulares e modais em afirmativas, negativas e perguntas nos seguintes tempos verbais: Simple Present, Simple Past, Present/Past Continuous e Present Perfect.

  • (Note que Present Continuous e Past Continuous são tempos verbais diferentes, mas você pode estudá-los ao mesmo tempo na terceira semana.)

No segundo mês, você deve expandir os estudos para os tempos verbais Past Perfect, Future, Future Continuous e Future Perfect.

Você também já estará mais acostumado com a pesquisa de material didático e pode fazê-lo mais rápido e ser capaz de estudar mais, fazer mais exercícios.

Se você tiver muita facilidade com o cronograma, comece a estudar as quatro frentes diariamente: listening, reading, speaking, writing.

            Você pode pesquisar planos de estudos para o nível A1 (básico) para seguir aprendendo os demais elementos gramaticais e adquirindo vocabulário referente ao nível já no segundo mês também, por exemplo: adjetivos, artigos, pronomes, vocabulários de relações de família, cotidiano na cidade, viagens, etc.

Quando se sentir confiante em seu avanço, faça um teste de nivelamento para verificar se já chegou ao A2 e, mais tarde, no nível B1, intermediário, onde você seguirá outro cronograma.

Sugestão de Plano de estudos semanal de inglês – nível intermediário (B1/B2)

plano de estudos em inglês - intermediário

SEGUNDA-FEIRA

ObjetivosMateriais Necessário
Compreensão e produção escritaUm texto didático nível B sobre viagem, trabalho, escola, lazer, família ou outro contexto situacional do cotidiano ou específico, com exercícios de compreensão.
Domínio dos tempos verbaisTexto didático sobre um tempo verbal do passado ou do futuro ou tipo de verbo que você não domina com exercícios.
Ampliação do vocabulárioTabela de conjugação completa de um verbo que você ainda não domina.
Extra: comece a ler um livro em inglês.

Como estudar?

Você entende o básico, agora precisa flexibilizar este conhecimento. Faça uma auto-avaliação em um teste de nivelamento online, note suas dificuldades.

Busque textos que utilizam os tempos verbais que você ainda não domina e contextos cujo vocabulário você desconhece ou conhece pouco.

Com a tabela do verbo você irá escrever frases livremente para cada conjugação. Utilize um aplicativo ou ferramenta online de verificação gramatical em inglês para a correção inicial e pesquise as frases na internet para ler e ouvir como anglófonos a utilizam.

Tome um tempo para dar uma lida nos parágrafos contendo esta frase nas fontes que encontrar.

Se quiser ler um livro em inglês, escolha um relativamente fácil para você, de início. Deixe os mais complexos para quando estiver lendo os mais fáceis com total fluidez.

O ideal é que o primeiro livro tenha capítulos curtos e independentes, como coletâneas de contos. Se não tiver muito tempo para ler, comprometa-se ao menos a um número de páginas todas as segundas.

Sempre tome nota de todas as palavras e regras gramaticais novas que aprender!

TERÇA-FEIRA

ObjetivosMateriais Necessário
Compreensão oralUm vídeo sobre o assunto do texto do dia anterior com legendas.
Fixação da gramáticaExercícios de compreensão oral, com áudios ou vídeos, sobre histórias: memórias, sonhos, explicações, planejamentos, etc.
Ampliação do vocabulárioTexto didático sobre voz passiva. (Passive Voice) ou
Texto didático sobre discurso indireto. (Indirect Speech, Reported Speech)
Um gravador (pode ser o do seu celular).

Como estudar?

Primeiro, você vai assistir ao vídeo sobre o assunto do texto do dia anterior para relembrá-lo e aquecer os ouvidos, pois é dia de escutar!

Você deve realizar o máximo de exercícios de compreensão oral que puder no dia. Busque exercícios diversificados, alguns com áudio, outros com vídeo.

Anote todas as palavras e expressões novas que estiver aprendendo, com uma explicação ou seu sinônimo em inglês.

Você vai fazer um estudo mais breve sobre passive voice ou sobre indirect speech, então vai gravar a si mesmo contando uma história curta utilizando elementos de um deles ou com os dois ao mesmo tempo.

Busque tornar o assunto mais complexo com o tempo, mas comece devagar: organize ponto a ponto (pode escrevê-los, se ajudar) e recomece quantas vezes precisar.

Mais tarde, ao escutar sua gravação, faça anotações a respeito do que você pode melhorar na pronúncia. Se possível, envie para alguém que fala inglês e peça sua opinião.

QUARTA-FEIRA

ObjetivosMateriais Necessário
Dominar a escrita correta em inglêsTexto didático sobre um assunto gramatical do nível B, como conectores, advérbios, adjetivos complexos, etc.
Saber se expressar de maneira articulada, coerente e flexívelExercício de redação.
Extra: grave a si mesmo lendo o texto que produzir.

Como estudar?

Após compreender o assunto gramatical do dia, você irá produzir uma redação em inglês para colocá-lo em prática livremente e, sempre que possível, coloque em prática também os aprendizados dos dias e semanas anteriores.

Você pode usar um exercício de redação já existente ou ser criativo, escolher um assunto e sair escrevendo. Sua meta são 1000 palavras.

Quando terminar, utilize um aplicativo ou ferramenta online de verificação gramatical em inglês e, se possível, peça para alguém que sabe inglês ler seu texto e indicar erros.

Você também pode gravar a si mesmo lendo a redação para buscar corrigir sua pronúncia.

QUINTA-FEIRA

ObjetivosMateriais Necessário
Compreensão oralÁlbum de música com as letras, ou
Compreensão escrita filme em inglês com legendas em inglês.
Fixação do aprendizado
Dominar a escrita correta em inglês
Saber se expressar de maneira articulada, coerente e flexível

Como estudar?

Às quintas você irá explorar a cultura anglófona. Selecione um álbum de uma banda ou artista que você gosta ou um filme que você já viu antes.

Desta vez, você irá escutar e ler o que você está escutando com muita atenção, pausando quando necessário, para anotar tudo que você não compreende.

Pesquise por sinônimos e definições em inglês para todo este vocabulário novo, somente traduza para ter certeza de que compreendeu corretamente, se estiver na dúvida.

Você vai escrever outra redação em inglês neste dia, desta vez com foco em descrever este álbum ou este filme. Sua meta é 600 palavras.

SEXTA-FEIRA

ObjetivosMateriais Necessário
ConversaçãoAplicativo para falar com estrangeiros (como o Speaky ou o Tandem) ou horário marcado com um amigo anglófono.

Como estudar?

Sexta-feira será o dia de conversar.

Quando falamos que é possível aprender inglês sozinho, não quer dizer que dá para atingir a fluência sem conversar com outras pessoas, mas sim que é possível aprender sem professores, se há muita organização e disciplina.

Encontrar alguém para conversar em inglês pode ser difícil para algumas pessoas, mas existem aplicativos justamente com esse propósito, além de grupos presenciais gratuitos (geralmente em universidades).

Se não for possível marcar a conversa para sexta, troque este dia com outro do cronograma.

Gostou? Não deixe de conferir também nossas 100 dicas para aprender inglês sozinho!

Cronograma proposta pela profº Arantxa aqui do blog.


Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW

17 comentários em “Como Criar um Cronograma de Estudo de Inglês Semanal Eficaz”

  1. Olá Mário!
    Eu adorei as suas dicas e descobri o quanto eu estou desfocada e dando desculpas.
    Estou morando em Londres, preciso muito aprender o idioma. Mas, as vezes fico desanimada porque os sotaques aqui, são
    muito diversificados.
    Por exemplo, o concierge do meu prédio é indiano,
    uma das minhas professoras de inglês era Árabe, a outra era francesa e agora, finalmente, uma inglesa.
    Meus vizinhos, um é venezuelano,
    o outro americano. A minha igreja é de brasileiros e espanhóis. A amiga mais chegada que não é brasileira, é argentina e o marido, australiano. Ou seja, além das pessoas do meu convívio serem de nacionalidades diversas, o país em sí, além destes idiomas já citados, judeus, chineses, japoneses, alemães e africanos, tb fazem parte do cotidiano dos londrinos. Me sinto numa verdadeira babel!!!
    Já desisti de alguns cursos. Ontem, eu comecei outro em um College aqui. Te Confesso que eu e o meu marido voltamos para casa ontem, bem animados! E agora, lendo o seu post descobri algumas coisinhas chatas sobre mim mesma, rsrs. E até fiquei animada, pois qdo eu li isto: ​”…Se insistir por mais tempo em vez de desistir perceberá que na verdade você evoluiu muito, vai dizer “nossa! estou falando rápido”, “nossa! entendi isso”, “nossa! consigo explicar isso…” tb abriu os meu olhos pra eu ver que mesmo aos trancos e barrancos, o pouco que eu fiz não foi em vão. Pois, para quem nunca estudou inglês na vida, que começou no ano passado com 56 e chegou aos 57 se virando em consultas, shoppings e mercados e metrôs, quer dizer que vale a pena seguir em frente.
    E adorei a sua dica de como estudar. Vai me ajuda muuuuitooo!!! Pois eu não tinha ideia de por onde começar, sempre fiz tudo muito aleatoriamente. E como eu gostei deste novo curso eu quero começar diferente. Então, vou fazer valer as suas dicas, obrigada.
    Que Deus te abençoe e que Ele continue te inspirando para escrever aquilo que faz a diferença na vida das pessoas.
    Eu sei que vc deve se sentir gratificado com o resutado do seu trabalho.
    Obrigada, mais uma vez!!! ????

    Responder
  2. obrigado Mario, estava estudando no cursinho parei no intermediário, mais nada de fluência, quero priorizar o english, dicas valiosas obrigado por compartilhar!

    Responder
  3. Mario por favor você tem algum material,uma gramatica que ensine ingles em português,to bem no início,não sei nada de inglês e vou tentar aprender e os livros estão todos em inglês isso é um enteave!!!como vou aprender se nao sei o que ta escrito,dai to sempre dependendo de traduzir e nao tenho esse tempo,acabo desistindo…entendo a necessidade da leitura e tradução,vou começar de novo seguindo suas dicas a partir de hj!mas aprender a estrutura a gramática em si,(pelo amor de Deus)me indique um livro na minha língua mesmo,aprender gramatica em um livro todo em inglês é como aprender inglês com um professor japonês!_SOS_*aguardarei sua resposta como quem ta espetando um bote salva vida rs

    Responder
  4. Olá Mario, bem bacana o texto.

    Estou estudando para entrar em uma faculdade, as vezes vejo que não estou me focando o suficiente. rs

    Posso sugerir alguns poadcasts para seus leitores que me ajudaram bastante durante a ida/volta do trabalho.

    Culips – intermediário
    All years english – avançado
    Something you should know – avançado

    Abraços

    Responder
  5. Incrível!
    Ler esse texto foi um “tapa na cara”,
    Estava estudando de uma forma tão vaga, e ainda não entendia como não saia da mesma tecla.
    Me confortou muito saber que pensar que não está tendo resultados é apenas uma fase.
    Obrigada de verdade!

    Responder
    • Vitória… meu muito obrigado por esse comentário. Isso me deixa muito feliz sério. Que bom que pelo menos te motivou e te fez continuar com seu objetivo. Parabéns por ser uma pessoa dedicada.

      Responder
  6. Ola Mario, obrigado pelas dicas, principalmente motivacionais
    Eu estou nesse platô a anos, não tive a sorte de estar envolvido profissionalmente com o Ingles então acabei estacionando.
    Minha filha agora, ainda criança, muito mais cobrada no idioma pelas escolas atuais, me pressiona e me mostra que já não consigo ajudá-la tanto no aprendizado.
    Tenho muito dificuldade com Listening e isso me desanima.
    Mas vou abraçar esse desafio pra 2018 e buscar a subida no grafico. obrigado

    Responder
    • Olá Ed. A intenção foi essa mesma. O limite está dentro de nossas cabeças, muitas vezes perdemos muito tempo procurando métodos alternativos. Quando é nossa cabeça que está impondo uma barreira que está impedindo de falar inglês.

      Responder
  7. Sou iniciante, só entendo algumas palavras e frases. Coloquei um audiobook e não entendi nem 1%. Acha válido continuar ouvindo mesmo sem entender nada? Fiquei com essa duvida e parei o audiobook.

    Responder
    • Acho válido desde que você também estude inglês de forma ativa, como falado, pode ser até duolingo sério, de resto continue ouvindo. Assim como uma criança que é exposta as falas dos pais até compreender. Uma dica que dou muito poderosa é que se você tiver sozinho além de ouvir tente repetir as falas nos podcast mesmo que você não saiba, apenas repita, o americano está blah blah blah você repete blah blah blah.

      Responder
  8. Pow, ótimas sua dicas, o lance do plato, não sabia disso valew pelo toque, tenho “sorte”, de ta me preparando pra faculdade e n trabalho = 24 horas no pc haha, tava estudando 15 minutos por dia, com suas dicas decidi me esforçar mais.

    Responder
    • Parabéns Adriano, é totalmente possível sim você estudar mais, não importa sua rotina, nos impomos muitas limitações e desculpas, se você realmente quiser vai dar um jeito de estudar até no banheiro.

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW
close-link
(Grátis) Baixe o E-book Inglês em 34 Dias - Cronograma Autodidata
Baixar Ebook
close-image