13 Melhores Cursos de Inglês Online (ATUALIZADO 2020)

Está com pressa para aprender inglês?

Um curso de inglês online é uma excelente solução porque você pode estudar todos os dias e no seu tempo livre.

Agora qual escolher para não se arrepender?

E principalmente qual ajudará você a falar inglês bem?

Neste artigo, ensinamos escolher o melhor curso de inglês online para você e damos 13 opções de cursos para você ficar por dentro.

Vamos lá? Você pode ir direto ao assunto que desejar por meio da tabela abaixo.

Como Escolher Seu Curso de Inglês Online

É muito importante pesquisar e tentar se ambientar com o curso online antes de escolher qual deles seguir.

Mais ainda quando se escolhe uma escola paga, que, como vimos, pode cobrar algum tipo de taxa de cancelamento.

Ainda, mais que o lado financeiro, parar o estudo e recomeçar com outro método pode ser um empurrãozinho para desistir.

Qual melhor metodologia de ensino de inglês?

A verdade é que a metodologia que melhor se adequa ao aluno é aquela que o deixa sempre mais confortável, que não oferece muitos entraves para o estudo continuado.

metodologia psicolinguística, mais atual e personalizada de todas, consiste na construção da relação entre o professor e o aluno e a ênfase é na habilidade comunicativa, sendo a gramática aprendida incidentalmente.

metodologia lexical, muito adotada atualmente, é uma tendência crescente. Aqui, o foco sai do ensino das normas e regras gramaticais e passa a ser o uso da língua como é feito pelos nativos. O foco passa então para o vocabulário, o léxico. Esse método tem obtido resultados melhores em termos de fluência na comunicação falada e escrita em menor tempo de estudo.

Eu considero a metologia lexical como a mais fácil e a mais eficaz para aprender inglês. Abordagem lexical foca em como os nativos pronúnciam as frases, linking words, collocations, em vez da gramática em si.

Direitos de TedX

metodologia áudio-oral foca inicialmente no listening e no speaking e a parte escrita é deixada em segundo plano. Acredita-se que aprendemos qualquer língua inicialmente através de um processo de estímulo para falar e resposta a esse estímulo. Com isso, naturalmente, os erros vão sendo abandonados e a língua em sua forma mais correta vai sendo fixada.

metodologia tradicional foca em ensinar inicialmente a gramática, com suas regras formais e focando na tradução literal dos termos. Pode até funcionar inicialmente, mas a longo prazo não concede ao aprendiz a capacidade de se comunicar com fluência, pois ignora o viés subjetivo e cultural da língua.

metodologia direta consiste em fazer um processo de imersão do aluno na língua, excluindo-se a língua materna do aprendizado. O professor somente fala em inglês e se comunica por gestos e imagens, produzindo um processo de indução de significado no aluno.

Essas não são metodologias exclusivas; na maioria das vezes, todas elas são utilizadas em um ou outro momento no curso e é muito importante que assim o seja. Apenas sempre dê preferência ao método que você já sabe que funciona melhor para seu próprio aprendizado.

Como escolher o professor de inglês

capacidade do professor de inglês não se resume ao seu currículo. Apesar de ser importante que ele demonstre objetivamente excelentes conhecimentos na língua, como alguma certificação internacional ou vivência em país estrangeiro (se ele for brasileiro) essa é uma relação construída com o tempo.

A empatia entre o aluno e o professor pode ser verificada logo no início. Faça todas as perguntas que achar necessário a respeito da metodologia adotada por ele, pesquise antes desse primeiro contato o material didático utilizado e, claro, esteja sempre preparado para trocar, se achar necessário.

Uma boa nota no IELTS ou TOEFL indica que ele realmente tem bons conhecimentos na língua, mas não necessariamente vai saber repassá-los. Portanto, pergunte qual a formação pedagógica e peça uma aula experimental para não ser pego de surpresa.

Formas de verificar se o curso de inglês online que irá fazer é realmente bom

Quase todos os cursos online dão a possibilidade de uma ambientação com o material didático antes de decidir-se pela compra. Alguns até mesmo permitem a desistência da compra sem custos durante um prazo (entre 7 e 30 dias, geralmente).

Fora isso, a opinião de outros estudantes pode ser acessada com muita facilidade hoje em dia. Grupos no facebook, vídeos no youtube e postagens no Reclame Aqui são ótimos termômetros para essa avaliação inicial. Não deixe de conferir as opiniões antes de bater o martelo na escolha de um curso.

A propaganda nunca será um retrato fiel do produto e por mais que você pense que o curso seja conceituado, ele pode simplesmente não atender às suas expectativas particulares.

Qual a Duração Ideal de Um Curso De Inglês Online?

Crenças limitantes estão enraizadas na mente das pessoas. Sobre, por exemplo, quanto tempo é necessário para falar inglês…

A primeira, e a mais comum, é a ideia que demora 4 anos para falar inglês…

Balela, existem muitas pessoas que aprendem mais rápido do que isso, até 4x mais rápido. Em um ano você pode aprender inglês com certa fluência.

A segunda é aquela máxima, o famoso… inglês em 3 meses…

Não é possível, não em uma situação normal que é vivendo no Brasil… e isso é assim mesmo morando fora.

Existem muitos brasileiros nos Estados Unidos, procurando cursos de inglês online aqui – e desesperados – porque o americano é bem rígido com os brasileiros que não falam inglês lá. Eles ficam bem bravos, e se você quer ir para lá sem ser turista (estudo, trabalho ou moradia) é bom dominar o inglês antes, ou passará vergonha e poderá travar seu inglês.

A real?

O que mais vejo são pessoas que dizem estudarem por anos e anos, mas que são indisciplinadas, estão cheias de dúvidas, vivem mudando de metodologia, e nunca concluem nenhuma! Passam meses sem estudar, estudam pobremente – só de sábado rs – e se enganam dizendo que estudaram inglês há anos, e acabam concluindo que têm dificuldade ou algo do tipo por não conseguir falar inglês…

Quanto investir em um curso de inglês online?

Hoje um investimento em um curso de inglês é de R$ 4.400,00, o que seria 1 ano e 8 meses em um curso de inglês a um preço de R$ 220,00 mensais, e se você encontrar escolas boas a esse preço, pegue a oportunidade, porque está barato.

Porque a realidade é que cursos de inglês bons online ou tradicional são caros. E você não deveria considerar preço, já que o valor que você valerá depois que souber inglês, para o mercado de trabalho, e para sua vida é incalculável.

Uma aula particular está em torno de R$ 60,00 ~ R$ 119,00 a hora. Por isso não recomendo para quem está iniciando, porque 2x por semana seria 480,00 por mês considerando o menor valor de R$ 60,00…

Mas cursos de inglês online são mais baratos, procure sempre por menos de R$ 1500,00 o curso completo sem mensalidade, ou um semestre em um curso tradicional se for o caso, um valor superior a isso tem que valer muito a pena.

Certificado de curso de inglês online é importante?

Na verdade, o certificado de um curso de inglês não é importante, já que os cursos livres não são sequer validados pelo MEC. Nenhum empregador ou instituição de ensino reconhecerá o certificado como declaração de fluência.

No entanto, a nota em um exame internacional abre muitas portas. IELTS e o TOEFL são os mais reconhecidos e respeitados ao redor do mundo. Existe ainda o exame de Michigan, também muito bem conceituado. Todos eles podem ser feitos no Brasil, variando de preço e formas de exame.

Há bastante material na internet sobre eles, então, antes de escolher para qual se preparar, pense qual o seu objetivo (profissional ou acadêmico, qual a instituição para qual você deseja ir) e escolha de acordo com ele.

Como é o atendimento pós-venda?

A grande maioria dos cursos online garante a devolução do valor pago em caso de arrependimento, durante um período pré-determinado.

Antes de realizar o pagamento, tente pesquisar bem na internet como foi a experiência de outros alunos, especialmente quando for adquirir cursos estrangeiros, sem sede no Brasil, já que nesses casos, não há muita coisa a ser feita para reaver a quantia se o curso não quiser devolver o valor de forma amigável.

Preste atenção também nos termos de uso e na política de pagamento antes de realizar a contratação, pois podem ser definidas taxas para cancelamento.

Quais os melhores cursos de inglês online pagos?

Aqui listarei os melhores cursos de inglês pagos que encontrei na internet e que posso aprovar a eficiência.

Atualização 2020: Não vou citar melhor pois acredito que todos são bons. Quero que você entenda que o ranking não significa necessariamente, “ordem de melhor”. Veja com o qual você se identifica e procure pesquisar.

Para quem quer aprender do zero e para iniciantes:

01. Curso de Inglês Online – Na Rota da Fluência

Professora com um método pouco divulgado no Brasil a abordagem lexical com 25 anos de experiência.

Você vai ter metas diárias. Existe uma aula para cada dia e isso que torna o curso poderoso. Você faz e acabou;  então tem sensação de realização e conquista no primeiro dia e nos dias seguintes.

Você sempre fica motivado e com um mês já começará a falar em inglês. Um método até 4x mais rápido do que cursos tradicionais.

O curso é baseado em técnicas com base científica de aprendizado de idiomas.

E se você já for adulto e não tem muito tempo… pode se dedicar apenas 30 minutos por dia, e, ainda sim, conquistar o nível intermediário em seis meses.

Em grande parte dos cursos as pessoas desistem,porque têm que se dedicar mais de duas horas por dia. Ou não tem um plano correto… e têm que se virar com um monte de vídeo-aulas aleatórias.

Ou ainda são cursos baseados somente em gramática, o que torna as coisas mais difíceis – é como começar na sexta macha. E assim, muitos desistem.

Atualização 2020: Continuo recomendando pois acredito que é o mais indicado para quem está no básico ou zero de inglês . Áudio de Nativo. correto plano de pedagógico passo a passo.

Material estruturado para não tomar muito o tempo do estudante. Técnicas de motivação. Resultado rápido.

>> Assista aqui à apresentação completa do curso dela e saiba o passo a passo de como aprender inglês em poucos meses. <<

02. Curso de Inglês Online Linq – Alternativa para quem quer algo mais autodidata

Coloquei essa solução pois é mais barata e isso incentiva o aluno a pelo menos começar a estudar inglês.

Aplicativo e Site.

Indicado para iniciantes, intermediários e avançados.

Um complemento autodidata para você aprender inglês.

Você vai aprender temas específicos como viagem, tradições culturais, gramática…

Um ótimo app/site de aprendizado de inglês além de ser muito acessível e poder ser usado com cursos mais completos. Acelerando sua fluência.

Não é uma solução definitiva é apenas baixo custo. Nunca ví ninguém que aprendeu com apps mas é uma melhores soluções. Principalmente em completo aos cursos ou ao aprendizado autodidata.

03. Curso de Inglês online Inamara Arruda – Fast Movers

Tendo apenas com base comentários me parece ser um curso de excelência. São 26 módulos um curso completo.

Ela utiliza técnicas já conhecidas e cientificamente comprovadas, como lexical com uso de collocations, SRS, estruturas e textos em inglês em diferentes tempos verbais, o que é excelente para aprender gramática de uma maneira mais simples.

Ela é uma profissional com experiência no exterior em Londres.

Não promete cursos longos que todos vão desistir de fazer. Em 6 meses você já se torna independente. Isso é muito bom quanto mais rápido melhor.

Também não faz promessas mágicas, claramente mentirosas.

Não tem (ou não encontrei) reclamações graves de falta de atendimento ou metodologia na internet (ou seja não é só marketing como outros).

O preço está dentro do uso no mercado de idiomas.

A professora além de ter uma excelente metodologia focada na prática, aplica técnicas de coaching que são essenciais (uma vez que o motivo número um do fracasso dos estudantes é a desmotivação tem-se que saber que se está lidando com humanos)

Atingiu os critérios que acredito ser um bom curso.

04. Curso de Inglês Online – CAROL ME ENSINA

Este curso contém 7 módulos e indica que o aluno os complete em 7 meses. Há também um módulo extra especialmente dedicado a quem irá prestar o exame IELTS.

Professora de alta qualificação com uma abordagem mais tradicional.

Para este curso, não há um valor fechado, o aluno paga a mensalidade de R$119,00 mensais por quanto tempo desejar e pode cancelar sua inscrição a qualquer momento. Ao pagar a primeira mensalidade, o material escrito do curso é liberado e o aluno passa a ter acesso às videoaulas, que são ministradas pela própria “Carol” do nome.

O valor é um pouco alto para o padrão de cursos online e há uma desvantagem: a professora é brasileira e, portanto, a pronúncia, por mais limpa que seja, é de uma pessoa estrangeira. É sempre mais aconselhável que o aluno busque professores nativos ou material em que nativos sejam os narradores.

Obviamente, a comunicação mais próxima da realidade é o que se espera ao fazer um curso de inglês e isso somente se obtém em experiências de imersão. Mas nem todo mundo pode viajar e passar um tempo em um país apenas para estudar o inglês. Então, escolher professores nativos é muito indicado.

Atualização 2020: Caiu um pouco pois vi algumas reclamações de atendimento. Porém é uma alternativa legal para quem quer mais uma metodologia gramatical.

05. Open English

Neste curso, o aluno pagará uma mensalidade e terá aulas com professores nativos americanos. As classes são ao vivo, oferecidas 24 horas por dia e os exercícios são feitos online, de forma a medir o avanço do aluno e permitir-lhe subir de nível.

Parece uma aula tradicional em uma escola mas pela internet.

O preço do curso não é informado na página inicial e varia entre países, pois é baseado na taxa do dólar. Quando o contrato é assinado, o aluno contrato o curso pelo período anual. A mensalidade cheia em 2018 está em torno de R$250,00, pelo período de 12 meses. Caso queira cancelar, a qualquer momento, o aluno perderá o valor correspondente a 10% do valor da anuidade.

As aulas podem ser individuais ou em pequenos grupos e se assemelham a aulas presenciais. É bastante positivo no sentido da troca de informações imediata com os professores. Além do mais, é sempre uma grande vantagem ouvir a língua diretamente de um nativo.

O valor do curso e a forma de contratação, com perda de 10% sobre o valor, independente se o cancelamento é feito nos primeiros dias ou após 3 meses de curso, por exemplo, são um ponto negativo. Por isso, é bom pesquisar opiniões a assistir aos vídeos no youtube ou outra plataforma com a opinião de outros usuários e exemplos de aula antes de contratar.

06. Curso de Inglês Online – EF English Live

Anteriormente chamada de English Town, este curso funciona como o Open English, tanto no método de ensino como na forma de contratação. Promete aprendizado rápido com flexibilidade de horários de estudos. Claro, o aluno deve ter alguma disciplina para, em casa, acessar e “frequentar” o curso.

As aulas são ao vivo com professores nativos americanos, o que é um ponto super positivo! Esta é a única escola, de acordo com o site próprio, que possui certificação pelo MEC como tecnologia educacional.

No entanto, uma reclamação é que em aulas em grupo, há alunos de vários níveis e muitas vezes aqueles que têm menos conhecimentos sentem-se prejudicados, pois não conseguem acompanhar de maneira adequada os cursos.

O aluno pode escolher entre aulas em grupo (cerca de R$150,00 mensais) e aulas particulares (iniciando em cerca de R$200 mensais, podendo este valor subir se o aluno desejar mais aulas por semana). Contrata-se pelo período anual e há multa de cancelamento cobrada sobre o total da anuidade. Então, é bom pesquisar bem se o método agrada antes de fechar o negócio.

07. Aprendendo Inglês Lexicalmente

Este curso é fundamentado na técnica lexical, que prioriza o ensino do vocabulário em vez da gramática. Ou seja: aprendem-se as normas e regras da língua a partir do uso, ao contrário da maioria dos métodos, que priorizam o ensino da gramática antes de proporcionar ao aluno uma imersão no idioma escrito e falado.

Curso mais voltado para quem quer entender melhor a metodologia lexical não é um curso um completo de inglês!

O curso funciona mais como um guia que como um curso completo, eis que não pretende exaurir todas as etapas da aprendizagem do inglês. No material didático, há sessões focadas em dicas, roteiros de estudos e tópicos estratégicos da aprendizagem da língua, mas não há uma sistematização para o aprendizado de forma linear. Portanto, não é tão indicado a estudantes iniciantes.

O curso é mais indicado a alunos que estejam estudando através de outros cursos regulares e pode utilizar-se deste como um complemento estratégico, pois oferece conteúdos alternativos que muitas vezes não encontra espaço nos métodos lineares.

São 10 lições ao total e o aluno pode tirar dúvidas através de e-mail, Skype ou whatsapp diretamente com o professor.

08. Curso de Inglês do Mairo Vergara

Esse professor famoso tem boa didática, novamente apenas com base em pesquisa e comentários. Eu não fiz esse curso.

O Mairo é um tradutor e professor de inglês com muita experiência.

Todo mundo concorda que só com os vídeos gratuitos já é possivel entender muita coisa.

Então quanto a sua didática não há dúvidas de sua qualificação.

Seu curso melhorou com o tempo. Aversão “5.0” que é atual acredito já estar completa.

Vi algumas reclamações de pessoas que não se adaptaram ao método (por ser muito repetitivo e com memorização) e inúmeros depoimentos de pessoas que conseguiram alcançar o inglês desejado.

No curso são estudados textos em inglês com áudio, exercícios e explicações. É bastante trabalhoso (mas muito efetivo), alguns não se adaptam, há muita desistência pelo motivo da metodologia, mas, por experiência própria, é muito eficaz a forma como ele ensina (eu não fiz o curso), mas é uma junção de técnicas de poliglotas como todos os cursos aqui. Alguns não se adaptam, portanto o  que tenho a dizer é que teste o curso.

Ele utiliza técnicas consagradas de aprendizados de idiomas como SRS, Shadowing, o curso tem 6 etapas que vai da “Fundação” em que você vai construir vocabulário, estruturas e a fase 6 “Monolíngue” onde há textos com áudio 100% em inglês em que ele diz alcançar a fluência no idioma.

É um curso completo mas muito trabalhoso o que não necessariamente ruim.

Inclusive há professores nativos que fazem também explicações do texto no nível “monolíngue” pelo que entendi.

O que exige, talvez (não posso afirmar, pois não o fiz) maior tempo diário de estudo. Isso não é negativo e nem positivo, depende do perfil e objetivo de cada um.

Não encontrei a questão do coaching, de nos enxergar como humanos com frustrações, sonhos e emoções, porém não posso afirmar.

O que pode não incentivar tanto por ser muito exercício .

Preço um pouco acima da média mas aceitável.

O tempo de estudo para se tornar independente no inglês é  6 meses o que é excelente. Porém se você quiser avançar mais e mais terá mais aulas até a fluência o que demandará 2 anos. Por isso, segundo ele, também é indicado a intermediários.

Eu defendo essa questão de tempo porque é crucial para motivação do aluno ser capaz de falar inglês rápido para se animar,  senão desiste. E o Mairo atinge esse objetivo em 6 meses.

09. Curso de Inglês da Carina English In Brazil

É de uma experiente professora com qualificação absurda e com experiência no exterior.

Vamos aos pontos que verifiquei que o coloca na posição de um dos melhores cursos.

Isso representa uma didática que transparece pelo sucesso que ela tem em redes sociais.

O curso tem depoimentos (não vi depoimentos comprados) e não tem reclamações (ou seja não é só marketing).

Há 6 módulos com um plano pedagógico claro e planejado, o que faz com que você não fique perdido.

É um curso em que se atinge a independência no idioma em 6 meses (vai do que falo que a pessoa precisa alcançar um certo nível rápido para se sentir confiante, do contrário ela desiste) então o tempo para atingir o objetivo é excelente.

Eu não achei evidências de coaching que acho importante ,mas acredito que pela didática essa falta poderia ser suavizada.

Não achei evidência de tempo de estudo diário o que pode ser um problema para quem for muito ocupado.

Opinião minha sobre tempo de estudo que muitos me criticam por ser critério:

Ao chegar ao nível independente(intermediário) a pessoa deve utilizar inglês para valer.

Muitos ficam estudando inglês, passam a vida estudando e não utilizam para nada, não se desenvolvem porque não usam o idioma;  não é que pretendem ser professores de inglês, só não usam para nada.

Simplesmente ficam estudando esperando para chegar a oportunidade perfeita, para mostrar o quão belo e perfeito é o inglês… nada mais perto da frustração, na minha opinião. Disso eu não gosto, por isso, tenha o curso, mas sempre procure começar a utilizar o inglês na sua vida, mude seus hábitos para que o inglês seja importante para você. Tem um objetivo real e viva esse objetivo.

→ Para quem já está no intermediário e avançado

O inglês considerado avançado pode ser medido de muitas formas. Se você consegue ler textos jornalísticos ou românticos com facilidade, sem precisar recorrer a ferramentas de ajuda a todo momento, ou manter uma conversa com um nativo e compreender bem o discurso como um todo, seu inglês pode ser considerado avançado.

Existe uma classificação chamada “Quadro Comum Europeu De Referência” que lista o nível de competência e fluência no idioma em 6 classificações, do básico ao avançado.

O IELTS, que é um teste de proficiência mundialmente reconhecimento, desenvolvido pela Universidade de Cambridge, também tem uma classificação própria. De acordo com esse teste, o máximo de fluência atingido por um falante estrangeiro de inglês equivale a ter um completo comando operacional do idioma, usando-o de forma apropriada, fluente e com a devida acurácia, compreendendo totalmente o que é dito.

Esse, porém, é o nível máximo de fluência. Ter inglês avançado não significa já estar no nível máximo de entendimento, mas conseguir uma comunicação falada e escrita com facilidade, sem percalços que impeçam o entendimento geral do que está sendo dito.

No entanto, a prática é o que mantém a língua viva. Ainda que alcance um estágio avançado na fluência do idioma, é necessário praticar constantemente.

Para aqueles que querem dar continuidade à prática, hoje em dia é muito mais fácil achar cursos e professores nativos, além de pessoas com quem praticar o inglês na internet, nas múltiplas redes sociais disponíveis gratuitamente hoje em dia.

Se você está iniciando é mais recomendado que procure cursos para iniciantes.

Atualização 2020: Bato na questão que nesse nível você deve buscar praticar. Por isso retirei a maioria dos cursos que estava aqui.

10. Italk

Dois sites que você pode aprender com professores nativos. A principal vantagem desse site em relação aos outros é que você pode definir um objetivo pessoal focado e pedir ajuda de inúmeros professores profissionais.

Professor particular sob demanda.

Eu precisava tirar uma nota superior a 7 no IELTS e procurei um professor nativo para me ajudar especificamente nesse caso e foi um sucesso.

Porque você aprende de acordo com seu objetivo isso lhe da mais confiança.

Há vários objetivos como um entrevista de emprego simulada. Uma verificação de apresentação de negócios. São infinitas as possibilidades.

Veja também: O que é inglês técnico e instrumental?

11. Cambly

App que online que oferece aulas diretamente com um professor, é uma escola de inglês com professores nativos. As aulas são feitas através de videochamas e o usuário pode optar pelo professor cujo perfil mais lhe agradar.

Professor particular sob demanda.

Com preços a partir de R$499,00 mensais, pode-se optar por aulas individuais ou com um outro aluno, que pode estar e, qualquer outra parte do mundo.

Para aulas individuais e diárias, o valor vai aumentando de acordo com o tempo dispendido na plataforma.

Muitos usuários reclamam de erros no cômputo do pagamento ou a troca do tutor em cima da hora.

Quanto ao conteúdo, é muito bem avaliado pelos estudantes, assim como os profissionais que atendem na plataforma.

Bem indicado para estudantes de todos os níveis, desde iniciantes até para aqueles que pretendem somente praticar conversação com um nativo ou mesmo estudar para um teste internacional. Existem bolsas disponíveis para esse curso.

12. Curso da Ask Jackie

Muito famosa no Youtube e no Facebook. O curso dela é indicado para intermediários. Ela tem um foco em pronúncia, na naturalidade ao falar inglês e na confiança.

Preço está um pouco acima da média. Utiliza técnicas como Shadowing. O ponto mais positivo é o fato dela ser nativa e saber português fluente, por isso tem as duas visões de mundo ao ensinar inglês para brasileiros. Isso pode ser muito vantajoso.

O curso dela é de uma especialista em educação de inglês, tem uma didática incrível, tenho confiança, porque seus vídeos de Youtube são muito didáticos. Ela é nativa americana e isso para intermediário é essencial, na minha opinião.

Acredito que para quem busca um curso intermediário é uma excelente solução.

13. Rachel’s English Academy

Se você está procurando soar mais como um americano e acabar com seu sotaque brasileiro, o que é um objetivo válido, o curso dela para intermediários e avançados é o mais indicado. O preço é na média de preços dos cursos aqui do mercado.

A aulas são muito divertidas.

Uma observação pessoal minha em relação ao sotaque:

eu não senti muito o impacto cultural falando com americanos (e muitos dizem que meu sotaque é excelente, mas eu sei lá), mas eu sou exceção pelo modo como estudei, a maioria das pessoas estudam de maneira  “ler, ler e gramática”, e acabam não entendendo, como eles pronunciam as palavras e não sabem pronunciar.

Assim muitos querem se livrar do sotaque e ter um inglês muito elogiável e acho que ela é a melhor nesse sentido.

Muitos brasileiros falam de forma espaçada e travada. Assim como no português, existe um conceito que nós na verdade estamos cantando, e as frases são pronunciadas como palavras únicas. Tem muito vídeo legal dela explicando isso.

O curso dela não tem só isso, mas também tem aulas normais para melhorar a gramática, e outras habilidades necessárias para ser fluente com um inglês real.

Quais Melhores Cursos de Inglês Online Grátis?

É indiscutível que um curso de inglês online pago é superior a um gratuito, por ter suporte, acompanhamento, estar atualizado, e você poder cobrar resultado, ou ser mais disciplinado, já que pagou. Você simplesmente não se preocupará com mais nada – basta seguir o plano de estudo e você aprenderá inglês!

Mas existem muitos cursos bons gratuitos, e aqui vou mostrar para você quais são os melhores, mas precisará de muita dedicação.

O Que São Moocs?

MOOC é a abreviação de curso online aberto massivo em inglês (massive open online course).

São cursos online, na maioria das vezes, ministrados por professores de universidades credenciadas.

Por Que Você Deve Fazer Moocs

Existem várias boas razões para considerar fazer os MOOCs:

A maioria dos cursos é gratuita

Muitas aulas são ministradas por professores talentosos.

Muitos cursos são oferecidos por universidades e faculdades de prestígio.

Você pode aprender de qualquer lugar que você tenha uma conexão com a internet.

Não há penalidade se você tiver que sair da aula antes de completá-la.

Os MOOCs são uma das formas mais eficazes de aprender inglês.

Como Encontrar MOOCS

Hoje em dia é fácil encontrar MOOCs, incluindo de universidades de elite.

Sites como o MOOC List permitem que você pesquise MOOCs com base em critérios como o assunto em que o curso se concentra. A empresa ou escola que está oferecendo o curso, a data de início e como o curso foi avaliado por outros que já o fizeram. Isso torna mais fácil para você encontrar os melhores e mais convenientes MOOCs para suas necessidades.

Principais Cursos de Inglês Online Gratuitos

Há muitos cursos gratuitos disponíveis através de sites apps.

Devem ser usados de forma incremental, pois o conteúdo gratuito geralmente é limitado.

Como método complementar, é muito indicado que se pesquise e faça uso desses recursos.

  • TED talks: não é curso. Mas os vídeos do TED são muito válidos e variados. Já há inclusive um app para facilitar o acesso e a escolha de temas. Vale a pena baixar e ir treinando o listening.
  • Busuu: disponível para PC e app , é interativo e indicado a novatos.
  • Babbel: como o Busuu, tem uma parte gratuita interativa bem legal. Serve muito bem para praticar quando se tem poucos minutos sobrando, como em transportes e filas.
  • Duolingo: app interativo, permite a prática de speaking, listening e exercícios escritos. Muito indicado para novatos.
  • Alison: Gratuito, esse site conta com mini cursos e pode-se escolher.

São cursos em diversas áreas do pensamento e alguns cursos para gramática inglesa. O conteúdo é muito variado e bem explicado. O melhor: é todo em inglês, o que permite uma imersão.

  • Mooec: curso de origem australiana, possui diversas lições separadas por tópicos. Interessante para que já tem pelo menos um básico de estrutura de frases.

O ponto positivo aqui é que foge ao padrão americano.

  • Future Learn: Os cursos são separados por tema, além do nível de inglês do estudante.
  • edX: criado pro professores de Harvard e do MIT, aqui você pode assistir às aulas com esses professores. Alguns cursos são pagos, mas a massa é gratuita. O legal é que o aluno pode escolher a área de interesse e aproveitar para treinar o inglês. Mais indicado para quem tem entre o intermediário e avançado. Há cursos específicos para inglês básico.
  • Beelinguapp: Esta é uma ferramenta para exercitar o listening. Há uma parte paga, mas o material gratuito cumpre bem a função a que se propõe.
  • Learn English: mais indicado para avançados. Todas as lições são faladas por falantes britânicos nativos.

Nosso site também temos um curso de inglês online grátis.

Curso de Inglês Online do MEC do Governo

Outros cursos de inglês grátis do governo brasileiro.

Idiomas sem fronteiras

Esse curso é excepcional, mas só pode fazer quem está em uma faculdade federal. Se você faz parte de uma… aqui você pode ver a lista de faculdades credenciadas.

Eu quero Aprender Inglês Sozinho e sem curso de inglês online.

Hoje, há diversas ferramentas para quem deseja seguir viagem solo rumo à fluência na língua inglesa. Muitos livros aplicativos são formatados justamente com essa finalidade: ajudar alunos independentes com a sistematização dos estudos.

Veja também: 100 Dicas Para Aprender Inglês Sozinho (Ainda mais rápido)

  • Busque por livros que já deixem claro que são destinados a autodidatas. A editora da Universidade de Cambridge, uma das mais conceituadas no mundo, têm várias publicações nesse estilo. No site amazona podem ser encontradas dezenas de obras como essa.

  • Usar aplicativos para fins educacionais é super indicado. Eles até gravam o progresso do aluno e mandam notificações lembrando da hora de estudos. Alguns aplicativos mandam até puxões de orelhas caso as horas de dedicação sejam negligenciadas.

  • Reserve um tempo específico e um local específico para a dedicação ao estudo. Sabemos que trabalhar e estudar em casa pode ser um desafio de grande porte, pois é um local usualmente de descanso e muitas distrações. Criar uma disciplina é fundamental para os objetivos a longo prazo.

  • Verifique sempre seu progresso: caso você esteja se dedicando e mesmo assim não esteja aprendendo e percebendo melhor, talvez seja a hora de procurar ajuda de um curso ou um professor particular. A figura do professor como um mentor do aprendizado em outra língua é bastante importante, pois ele fará por você todos os planos e já tem experiência do que trabalhar e que momento. E a troca de experiências, em qualquer área do conhecimento, é fundamental.

Importância do inglês hoje no mercado de trabalho

Eu tenho uma experiência sobre isso, eu fazia marketing, em um prédio da Anhembi Morumbi onde só tinha curso de direito. E era engraçado a quantidade de lamentações que eu ouvia dos alunos que não conseguiam estágio por não saber o mínimo de inglês. Ou seja, nem em carreiras que possivelmente não utilizaria inglês como direito é hoje imprescindível.

Eu fiz um artigo detalhado sobre o mercado de trabalho e aprendizado de inglês 

E aqui orientações para você colocar curso de inglês no curricúlo.

Inglês Como Ferramenta de Transformação E Não “Conhecimento Extracurricular”

Você não vai se arrepender quando se tornar fluente.

Jamais, as portas que se abrem a mente que se abre existem centenas de motivos para se aprender inglês.

E você precisa ter isso em mente, não faça o curso, como se fosse um curso para preencher um currículo. Você está investindo em você, ganhando uma habilidade completamente nova.

Veja também: Por que a língua inglesa é considerada um língua internacional?