Inglês Técnico – Informações Que Você Precisa Saber

Muitas empresas embutem nos requisitos de suas vagas que o profissional tenha proficiência não somente em inglês, mas em inglês técnico ou inglês instrumental.

Vamos nos debruçar sobre esse tema tão importante e delimitar do que se trata o inglês técnico em cada área de atuação.

O QUE É INGLÊS TÉCNICO?

Ser fluente em uma língua não significa que você está apto a lidar com o linguajar específico de cada área. E, claro, nessas situações, quase nunca uma tradução literal é a adequada.

Os termos técnicos são construções do uso comum dos profissionais da área específica e não fazem parte dos cursos regulares, pela grande especificidade.

Claro que para ter um bom rendimento com inglês técnico, o falante terá que ter um grau razoável de conhecimentos no inglês geral, pois o vocabulário especializado não é suficiente para manter uma comunicação apropriada no idioma.

As áreas jurídica, tecnológica, mercadológica e médica são apenas algumas das áreas em que se torna necessária dedicação exclusiva a fim de travar conversações e lidar com documentos e outros profissionais afins.

INGLÊS JURÍDICO

Há cursos específicos direcionados ao inglês jurídico, inclusive cursos online. Na PUC (Pontifícia Universidade Católica) de alguns estados é oferecido um curso excelente na área, com análise das terminologias específicas para operadores do direito. Em alguns estados, são oferecidos cursos de especialização na área.

É essencial para profissionais que irão lidar com contratos internacionais ou trabalham em empresas multinacionais, por exemplo. Há muitos termos que se utilizados de forma equivocadas, podem prejudicar sobremaneira as partes envolvidas.

O desafio aqui é fazer a adaptação de termos técnicos que muitas vezes sequer têm correspondência no outro idioma, pois cada país apresenta legislação e institutos jurídicos próprios.

Por isso, o desafio do inglês técnico na área jurídica é trazer, junto com o vocabulário pertinente, um panorama geral do sistema jurídico americano ou britânico, dando igual enfoque ao direito comparado.

Minicurso Grátis: Clique aqui para fazer o curso gratuito que mostra exatamente como aprender inglês em 6 meses estudando 30 minutos por dia.

A empresa STB, super tradicional e confiável no ramo de intercâmbios estudantis no Brasil, oferece diversos cursos in locu em várias instituições dos EUA, Reino Unido e outros países de língua inglesa.

INGLÊS NO MERCADO DE CAPITAIS E NEGÓCIOS

No caso da área de negócios, mercados de capitais e investimentos, como muitos dos termos são usados internacionalmente na língua inglesa, o profissional da área provavelmente já tem um pouco de entrosamento com o vocabulário específico.

No Brasil, temos o costume de incorporar expressões e termos em inglês, em qualquer área. Especialmente no ramo de negócios, esta é uma constante. Muitos especialistas já estão acostumados com o uso de palavras como insider trading (uso de informações privilegiadas), CEO (chief executive officer, que é o diretor executivo de uma empresa) e muitas outras.

Há alguns cursos regulares de inglês voltados especificamente para esta área. O Instituo Mindset oferece um curso na área, bem como em algumas outras áreas do mercado de trabalho.

Já a empresa STB oferece cursos in locu, através de intercâmbios estudantis em várias partes do mundo.

Se o profissional deseja ampliar seu conhecimento neste tipo de inglês técnico, é interessante estabelecer contato com textos na área e até mesmo buscar um professor nativo.

O site Investopedia é uma ótima fonte de consulta para traduções apropriadas.

INGLÊS PARA A ÁREA MÉDICA

Para a área médica há alguns cursos disponíveis no mercado, inclusive alguns cursos online. O inglês, sendo uma língua universal, é muito usado na área médica, que obviamente é uma área universal.

Na verdade, durante a graduação em medicina, já é bastante exigio que os profissionais brasileiros tenham contato com a língua inglesa e muitos termos técnicos, em grande parte em razão dos EUA serem o local de expansão de grande parte das tecnologias da área.

Instituto Mindset

Este curso pode ser presencial, em algumas localidades do estado de São Paulo, ou online. O próprio curso oferece um teste de nivelamento ao aluno, já que, como dito, é necessário que o aluno tenha pelo menos nível intermediário na língua.

Todo o material didático é incluído no curso e o preço varia de acordo com as necessidades do aluno. Aulas particulares irão custar mais que aulas em grupo, por exemplo.

STB

A STB (student travel bureau) é uma empresa que promove intercâmbios para o ensino. Esta empresa providencia, entre outros, um curso na Universidade da Califórnia em São Diego especialmente para médicos.

Na área de saúde, há intercâmbios ainda para a área de enfermagem.

COMO ME PREPARAR PARA FAZER UM CURSO DE INGLÊS TÉCNICO?

Logo de início, é importante ressaltar que o inglês técnico demanda um conhecimento prévio da estrutura geral da língua. Ter noção da estrutura do idioma é imprescindível para se comunicar em nível profissional.

Se você não tem qualquer conhecimento na língua, nada impede que os estudos da língua geral sejam combinados com o estudo do idioma técnico. Pelo contrário, a aprendizagem do novo idioma voltado para sua área de atuação profissional específica é super indicada por poupar tempo e já treinar do zero a comunicação no ambiente de trabalho.

Mas não se engane: o tempo necessário para se comunicar em termos técnicos não é curto. Por exigir perícia e especificidade, o idioma instrumental necessita combinar elementos culturais de cada local.

Cada profissão demandará mais ou menos conhecimentos locais sobre sua área específica. As estruturas jurídicas variam mais de país para país que as estruturas médicas, por exemplo.

Os cursos online podem ser um poderoso aliado no aprendizado, já que oferecem a grande vantagem da flexibilidade de horários e tempo disponível de dedicação individual.

AFINAL QUAL A DIFERENÇA ENTRE INGLÊS TÉCNICO E INSTRUMENTAL?

Na verdade não há diferença entre estas duas terminologias. No entanto, o inglês instrumental às vezes é entendido como o inglês necessário somente para compreender textos, ou seja, o inglês necessário para leitura e compreensão do texto.

Há muitas pessoas que necessitam somente deste tipo de conhecimento para realizarem algum tipo de prova – geralmente, provas para cursos de pós-graduação como mestrado ou doutorado, em que há uma prova escrita em língua estrangeira.

O curso em si não será ministrado no idioma estrangeiro, mas há necessidade somente de conseguir de interpretar textos ao longo do estudo e esta capacidade é medida em uma prova escrita.

A leitura e o entendimento de um texto é um aprendizado muito mais fácil e rápido do que a a efetiva comunicação na língua. Inclusive, ler e interpretar bem um texto não significa que você terá a capacidade de escrever bem no mesmo idioma. Isto demanda tempo e prática.

Portanto, se em algum edital aparecer a terminologia “inglês instrumental” certifique-se de que não haverá durante o curso efetiva necessidade de comunicação no idioma, inclusive necessidade de reportar-se por escrito em inglês.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of