Intercâmbio na Irlanda: tudo o que você precisa saber 

Um intercâmbio na Irlanda pode ser um dos melhores destinos para a sua viagem. Ela é a terceira maior ilha europeia com 70.284km² de extensão.

Além disso, é um dos lugares que mais atraem turistas. Um exemplo é que sua população total é de 4,7 milhões de habitantes, enquanto que cerca de 6 milhões de turistas  visitam o país durante o ano.

Muitos intercambistas procuram a Irlanda pela diversidade cultural e grandes oportunidades em que se possa encontrar.

O seu modelo educacional é de muita qualidade, então pode ir sem medo estudar no país do Velho Continente.

Fazer um intercâmbio na Irlanda fará com que você tenha uma imersão total no idioma estrangeiro e também da cultura e costumes de um outro país.

intercâmbio na Irlanda

Cidades para o seu intercâmbio na Irlanda

A Irlanda possui cidades incríveis, e isso pode lhe gerar dúvidas em qual curso escolher para iniciar o seu intercâmbio no país.

O certo é que independentemente de qual cidade for morar nesses período de estudos, ela vai lhe proporcionar uma experiência única.

Com o objetivo de auxiliar nessa decisão, selecionamos quatro cidades.

Cada uma tem características diferentes entre boas universidades e escolas de idiomas, lugares para lazer ou pontos ideais para a vida noturna.


Dublin

intercâmbio na Irlanda: Dublin

É a capital, sendo a maior cidade da Irlanda. É considerada por muitas revistas especializadas em viagens e em intercâmbio como sendo a maior cidade mais amigável europeia.

A presença da cultura vinking ainda está lá e por este motivo, é fácil de achar construções medievais e um vasto histórico da literatura mundial.

É um dos lugares que mais tem instituições de ensino para o seu intercâmbio.

Cork

intercâmbio na Irlanda: Cork

A cidade de Cork está localizada mais ao sul da costa irlandesa. Ela é conhecida pela sua vida cultural agitada mas que é somada com uma bela arquitetura histórica.

Além disso, ela tem em sua região duas universidades bastante importantes: University College Cork e Cork Institute Technology.

Ela é muito visitada por turistas das mais diferentes regiões. Tem tido um desenvolvimento na área de indústria de TI muito forte nos últimos anos.

Limerick

intercâmbio na Irlanda: Limerick

É o grande atrativo irlandês para o público mais jovem. A cidade é sinônimo de diversão.

É  a quarta maior da Irlanda, tendo uma população de 50 mil habitantes.

Considerada uma cidade mais interiorana, ela possui estrutura de cidade grande. Para quem quer uma imersão total na língua inglesa, ela é ideal porque recebe poucos turistas, então, conseguirá falar em inglês em praticamente todo o tempo.

Galway

intercâmbio na Irlanda: Galway

Galway tem a localização mais a costa oeste da Irlanda e é conhecida por um centro agitado, mas também praias que irão te deixar encantado por sua beleza.

Ela é uma mistura presente de tradição com modernidade. 

Possui prédios pintados com cores vibrantes, em suas ruas construídas com calçamento de pedras, possuem os pubs. Eles têm as características de terem música ao vivo durante o seu funcionamento.

É um dos lugares onde a arte e a cultura estão muito presentes. Lá acontecem os eventos de Cúirt International Festival of Literature e o Galway Arts Festival. 

Como posso tirar o visto de estudante para a Irlanda?

Não é obrigatório tirar o visto antes de viajar para a Irlanda. Os documentos necessários para ingressar no país são o passaporte, comprovante da matrícula em uma instituição de ensino e comprovar o seguro saúde. 

Com isso, os intercambistas têm um prazo de três meses para se regularizar no país. Ele vai receber um documento bem parecido com o CPF brasileiro.

Com esse documento, você conseguirá trabalhar de forma regular na Irlanda e receber o seu salário.

Se o seu intercâmbio for em Dublin, capital irlandesa, vai ser necessário agendar antes mesmo de sair do Brasil. Isso porque facilmente irá encontrar filas, com poucos horários disponíveis.

Mas se sua viagem for em outra cidade da Irlanda, não é preciso marcar um agendamento. Basta apenas ir a imigração levando os documentos necessários e solicitar o visto.

Você consegue obter o visto de estudante assim que chegar no país.

O Stemp 2 é dado para alunos que irão fazer intercâmbio por mais de 25 semanas e possui validade de 8 a 12 meses. A taxa que deve ser paga é de 300 euros.

Caso o seu intercâmbio for menos de 6 meses, o estudante terá um visto de turista e não poderá trabalhar no país.

Intercambistas universitários podem solicitar esse mesmo visto, o Stemp 2. A sua validade será de 1 ano. Mas se antes tiver feito um curso de idiomas de por 3 anos, pode renovar o visto para uma graduação ou pós e a sua validade será de 7 anos.

Desde o ano de 2015, o governo irlandês permite apenas que escolas e demais instituições educacionais que estejam certificadas por ele, possam emitir o visto de estudante.

Documentos necessários para se ter o visto:

  • Passaporte
  • Carta de matrícula da instituição da qual irá estudar;
  • Comprovar ter uma reserva de no mínimo, 4.500,00 euros (esse valor para o governo da Irlanda é considerado suficiente para se manter por seis meses ou mais no país);
  • Comprovar que pode pagar seu curso (cerca de 4.500,00 euros para estudantes de inglês e 10 mil euros para alunos universitários;
  • Documento que comprove residência seja em hotel, casa de família ou outra acomodação;
  • Seguro saúde;
  • Passagens de volta;
  • Os documentos precisam estar com tradução juramentada.

Eu posso estudar e trabalhar?

A Irlanda é alguns dos países que permitem seus intercambistas a estudarem e trabalharem ao mesmo tempo. Durante o ano letivo, o aluno só pode trabalhar por 20 horas semanais, ou seja, por meio período.

Se você for fazer um intercâmbio numa escola de idiomas também poderá trabalhar no país.

O governo local permite que possa ter uma carga horária de 40 horas semanais durante o período das férias que correspondem aos meses de maio, junho, julho e agosto, além do recesso de final de ano (15 de dezembro a 15 de janeiro).

Estudantes de graduação e de mestrado têm direito a apenas trabalhar com o visto por mais 2 anos.  Mas no segundo ano é necessário solicitar o visto para a imigração.

Tipos de emprego que posso encontrar na Irlanda

O país tem uma das menores taxas de desemprego no mundo. Por conta disso, você conseguirá encontrar uma vaga de emprego com uma boa facilidade.

Os setores que mais aceitam intercambistas são: pubs, limpeza, Au Pair, cuidador de animais, restaurantes, contabilidade, cuidador de idosos e na área de hospitalidade.

O salário na Irlanda é bem atrativo. Por hora, uma pessoa pode receber até 11,30 euros. Por mês isso dá 904 euros trabalhando 20 horas semanais. 

O funcionamento das escolas de idioma

Ao viajar para a Irlanda a fim de aperfeiçoar o seu inglês, é preciso saber qual será a melhor escola de idiomas para você.

As agências de intercâmbio que fazem esse destino, fazem parcerias com instituições locais ou até possuem instalações próprias com o intuito de ensinar ao intercambista tudo que precisa e deseja.

Algumas universidades oferecem cursos de idiomas e isso pode ser um diferencial. Porque você já estará inserido nesse ambiente universitário, terá contato com profissionais renomados e no futuro, pode até fazer um curso do ensino superior.

O tempo mínimo para um curso de idiomas na Irlanda é de duas semanas, mas pode durar por seis meses ou até mais.

Ainda disponibiliza cursos específicos, sejam para preparatórios de exames de proficiência, para negócios ou para aprender tudo sobre essa língua estrangeira.

Educação na Irlanda

A Irlanda é conhecida pela sua qualidade educacional.

De acordo com a Organization for Economic Co-operation and Development (OECD), o sistema de educação irlandês é um dos melhores do mundo, ultrapassando até os Estados Unidos e Reino Unido.

Com isso, as fases da educação no país são sinônimo de excelência, o que faz com que possa realizar o seu intercâmbio sem medo.

A obrigatoriedade do ensino é dos 6 até aos 16 anos ou até quando o adolescente ter completado os 3 anos do ensino secundário. 

Ensino Primário e Secundário

O ensino primário corresponde ao que temos como a pré-escola aqui no Brasil. O aluno deve concluí-la até os 12 anos de idade.

Já o ensino secundário corresponde a dois ciclos: júnior e sênior. No primeiro, o estudante entra aos 12 anos e tem duração de 3 anos. 

O senior começa aos 15 e termina aos 18 anos. O último ano não é permitido para quem faz intercâmbio na Irlanda, porque ele é destinado para preparar seus alunos ao exame de conclusão de escolaridade.

Mas a sua duração pode ser de 2 ou até de 3 anos, vai depender do aluno escolher fazer o transitional year. 

O transitional year é opcional, mas é recomendável ser feito. Ele prepara o aluno para a próxima fase educacional.

Ele serve como preparatório para aqueles que desejam ter uma orientação mais individual e têm mais disciplinas para se estudar.

É uma fase excelente para alunos internacionais pois recebem esse desenvolvimento pessoal e pratica a proficiência no inglês

Ensino Superior

O ensino superior é conhecido como a terceira fase do ensino educacional irlandês. Ele tem os seguinte cursos:

  • graduação (Ordinary Bachelor Degree),
  • diploma superior (Higher Diploma),
  • mestrado (Postgraduate Diploma Masters Degree) e
  • doutorado (Doctoral Degree)

A graduação pode durar de 3 a 5 anos, vai depender do curso escolhido. O estudante tem a opção de escolher entre a graduação comum ou a graduação com mais créditos quando se é concluída.

Este último tem características mais desafiadoras por quem as seleciona, mas também enriquece o seu currículo.

O mestrado é baseado num curso relacionado a pesquisas, sua conclusão pode ser feita entre 1 a 2 anos. Na Irlanda, tanto mestrado e doutorado são considerados cursos profissionalizantes de pós-graduação.

O doutorado também corresponde a área de pesquisas, porém, com o objetivo de contribuir originalmente ao conhecimento da área escolhida pelo aluno.

No país, os estudantes do ensino superior são incentivados a possuírem um pensamento independente, tendo debates para a troca de conhecimento.

Como a Irlanda qualifica o seu sistema educacional?

Conhecido como National Framework of Qualifications (NFQ), ele possui 10 níveis e indica progresso conforme o aluno vai evoluindo em seu desempenho.

Esse tipo de qualificação é aceito em outros países além da Irlanda.

  • Nível de 1 ao 5

Esses níveis correspondem à educação básica.

Para ilustrar melhor,  o nível 3 é referente ao Junior Certificate enquanto o 5 conhecido como Leaving Certificate, se assemelha ao certificado de ensino médio brasileiro.

  • Nível 6

Ele é como se fosse o ensino dos cursos técnicos profissionalizantes que temos aqui no Brasil. Tem duração total de 1 a 2 anos.

  • Nível 7

O Ordinary Bachelor Degree é uma das opções mais comuns quando o assunto é a educação no ensino superior.

  • Nível 8

Esse é considerado o bacharelado com honras (Honours Bachelor Degree).

Na Irlanda, ele tem uma equivalência como se fosse uma pós-graduação. Em contrapartida no Brasil, ele corresponde a uma graduação comum.

  • Nível 9

É a pós-graduação e o mestrado. O aluno que já tem o NFQ nível 8 irá finalizá-lo no período de um ano. Já o mestrado durará 2 anos.

Porém, em território brasileiro, ele será equivalente a uma pós stricto sensu que pode durar entre 2 a 5 anos.

  • Nível 10

Esse é o nível do doutorado. O estudante aqui irá se aprofundar nos temas e na área estudada durante a graduação ou mestrado. 

Sua duração pode variar de 3 a 4 anos. No Brasil, ele pode ser finalizado em 4 ou 5 anos.

Pode fazer High School no país?

Sim, você pode. No país ele é chamado de Secondary School.

O período letivo no país é dividido por termos. O primeiro começa na primeira semana de setembro e vai até pouco antes do Natal e Ano Novo. O segundo é da primeira semana de janeiro até uma semana antes da Páscoa. O terceiro e último tem início depois da Páscoa até ao final de maio ou começo de junho.

Vale lembrar que a diferença entre um término do termo e começo do outro são de 5 dias. 

O que precisa saber para fazer o High School na Irlanda?

As escolas irlandesas são divididas em particulares e públicas, mas esta última também é paga.

Intercambistas podem estudar em escolas particulares e públicas, mas vai depender de qual agência de intercâmbio você irá viajar.

Isso porque algumas empresas só disponibilizam os estudos em escolas privadas enquanto outras liberam as duas opções.

As instituições públicas são subsidiadas pelo governo, então o custo-benefício será menor. As instituições privadas são ministradas de acordo com o sistema educacional britânico.

As aulas vão de segunda a sexta-feira das 09h até às 16h. Já nos dias de quartas-feiras na parte da tarde ocorrem atividades esportivas.

O governo da Irlanda procurou investir fortemente na internacionalização de sua educação com o objetivo de abraçar alunos internacionais e que eles possam se adaptar. É possível escolher estudar um período de semestre ou um ano letivo.

A grande maioria das escolas são religiosas e tem como regra,  o uso obrigatório do uniforme. As instituições são separadas por gênero. 

Você pode morar em casas de famílias conhecidas como host family ou ficar no campus da própria escola.

Durante o seu high school, você estudará matérias obrigatórias, mas também optativas. Essas disciplinas optativas são oferecidas em gastronomia, mercearia, artes, dentre outras.

Mas são as escolas brasileiras que pré-definem as disciplinas, porém, as optativas, o aluno pode selecionar conforme a disponibilidade da instituição. Você pode escolher a escola e a cidade na qual pretende estudar.

É difícil obter o diploma em apenas um ano acadêmico. A escola irlandesa vai determinar se o aluno pode receber o diploma, avaliar as notas e em qual tempo ele irá receber este documento.

Requisitos para estudar o secondary school:
  • Ter de 14 a 18 anos de idade para se candidatar;
  • Estar cursando o ensino médio;
  • Possuir inglês intermediário;
  • Ter boas notas, de preferência, sem reprovação nos últimos 2 anos.

Ensino Superior 

O aluno que estiver saindo do ensino médio precisará realizar o Foundation Year. É um ano acadêmico dentro de uma universidade.

Isso acontece porque nos países europeus há um ano a mais de ensino médio, diferente no Brasil que o normal são 3 anos.

As universidades ministram seus cursos na língua inglesa, então é importante ter no mínimo o inglês intermediário. O seu ensino é de qualidade, um exemplo é a Trinity College Dublin que já aparece entre as 300 melhores instituições do mundo. 

Os valores das mensalidades vai depender do curso que escolher e também da universidade.

Existem instituições mais baratas, mas que mesmo assim oferecem uma educação de qualidade.

Existe ainda a diferença de valores para quem já reside na Irlanda mesmo sendo estrangeiro e aquelas pessoas que fazem o intercâmbio saindo diretamente de seu país para estudar por lá.

Quem já mora por um tempo tende a pagar menos.

Informações gerais sobre Ensino Superior na Irlanda

As universidades irlandesas costumam ser bastante rígidas. Se for reprovado em alguma matéria, existe a chance de ter que pagar o custo total anual do curso além de ser obrigado a refazer todas as disciplinas. 

Falando em custos, é normal para quem faz intercâmbio na Irlanda tere que pagar os valores anuais do curso que irá fazer, às vezes antes mesmo de embarcar. Por isso, é necessário já ter o dinheiro exato do que pretende estudar.

Mas por outro lado, o país tem afrouxado um pouco essas regras.

Muitas universidades já permitem que seus futuros estudantes possam depositar uma parte desses gastos e parcelar o que falta durante seu ano letivo. 

Além disso, a Irlanda permite que os alunos possam trabalhar e estudar ao mesmo tempo. S

e você não tiver pressa em conquistar o seu diploma de curso superior, pode começar o intercâmbio em um curso de idiomas, juntar dinheiro e depois ingressar em uma universidade. Isso fará com que o seu orçamento não seja tão comprometido.

Na questão das faltas também existem regras. Alguns professores fazem chamadas no início e no término de suas aulas. Então é preciso ser pontual aos horários estabelecidos de suas aulas.

O percentual de presença será equivalente conforme a sua pontualidade.

As melhores universidades irlandesas

As universidades da Irlanda têm sido bem reconhecidas pela sua qualidade educacional. Não é à toa que muitos alunos internacionais têm tido como destino a Irlanda em busca de melhoria acadêmica e profissional.

Visando isso, o governo irlandês procura cada vez mais meios de ajudar esses alunos para que sejam excelentes no que estão estudando, tendo apoio das universidades e do próprio governo.

Boa parte das instituições abrem o período de inscrição no mês de setembro a cada ano. Porém, a avaliação e análise dos documentos pedidos e enviados, pode durar até março.

O ideal é mandar o quanto antes a candidatura para ter mais chances de admissão.

Trinity College Dublin 

É a instituição mais antiga da Irlanda, fundada em 1592. Atualmente tem cerca de 18 mil alunos, sendo 26% internacionais e 60% composto por mulheres. São 11 mil estudantes na graduação e 7 mil na pós-graduação.

Ela está na 81ª posição na lista das melhores universidades do mundo de acordo com a QS World University Rankings.

Em sua história, já passaram oito vencedores do Prêmio Nobel em diversas áreas da premiação. São cerca de 600 cursos disponíveis nesses níveis de ensino superior. Um outro diferencial é que 39% dos seus 3.500 funcionários são internacionais.

Antes de ingressar no bacharelado, a Trinity College oferece um Foundation Course.

Como funciona o Foundation Course?

O Foundation Course serve para os alunos fora da União Europeia ou aqueles que ainda não completaram os requisitos para entrar de forma direta na graduação.

Ele tem duração de dois anos e disponibiliza dois caminhos:

O primeiro é voltado a ciências sociais com cursos de economia, sociologia, ciências políticas e etc.

Já o segundo, é destinado para a saúde e ciências naturais como química, física, educação física e etc.

Como funciona a graduação?

Para concluir os seus cursos de graduação na universidade, é necessário no mínimo quatro anos.

Os dois primeiros são mais tradicionais, onde os estudantes vão à instituição de forma integral, estuda, faz trabalho em grupo e avaliações referentes às disciplinas que está estudando.

No terceiro ano, os alunos recebem o incentivo em realizar um estágio de verão em alguma outra universidade.

O último ano corresponde à fase de concluir seu curso com uma tese ou trabalho final. Na realidade é bem parecido com o TCC brasileiro.

Você pode adicionar mais um ano e já sair com um mestrado, com isso a duração é de 5 anos e tem incluso as matérias de mestrado.

Existe ainda a possibilidade de ter duas graduações ao mesmo tempo.

Ele é conhecido como “joint honours”. Você consegue estudar 50% de um curso e mais 50% de outro e com uma dupla graduação. Mas nem sempre a combinação se torna possível, é preciso analisar antes.


Como funciona a pós-graducação?

A pós-graduação é voltada para a pesquisa, com cinco anos de duração. Porém, possui programas mais curtos que são considerados como mestrado e conseguem ser concluídos em um ano junto com estágio.

Seus estudantes ao concluírem a graduação podem ir imediatamente para a pós-graduação. Isso se o seu objetivo for as pesquisas.

Porém, se quiser mesmo assim fazer mestrado, os seus anos de estudos nele vão contar no doutorado e ele poderá ser finalizado com menos tempo.

Como se inscrever?

É um ambiente competitivo, então a instituição te obriga a procurar a excelência sempre. Além disso, a sua média é 7. Por outro lado,é uma universidade que tem um contato muito próximo com o mercado de trabalho.

Por conta disso, muitos profissionais renomados aparecem na Trinity College e isso lhe permite, quem sabe, estar perto da vaga desejada de emprego.

A universidade não aceita as notas do Enem, então para isso, estudantes brasileiros irão precisar fazer uma equiparação.

O que pode ser feito como antes falado, é a Foundation Course. Mas para isso, é necessário ter nota 7 ou acima disso no SAT ou ACT. A proficiência no inglês deve ser feita através dos exames de TOEFL ou IELTS.

Documentação e Inscrição

Quem alcançou o nível de estudos em IB pode se candidatar de forma direta na graduação. Os documentos necessários serão:

  • diploma,
  • histórico escolar,
  • duas cartas de recomendação,
  • uma carta de intenção e
  • certificado de proficiência na língua inglesa.

Para as candidaturas de pós-graduação, são necessários a maioria dos documentos que são requisitados na graduação. O que muda é o diploma de graduação.

No MBA é necessário comprovação de experiência profissional e um contato profissional que tenha uma carta de recomendação.

Não existe uma data certa para enviar a sua inscrição, mas normalmente acontece no mês de outubro. Uma dica é enviar o quanto antes a candidatura, pois a concorrência será menor.

Você pode se inscrever online. Para isso, é preciso  se registrar no site e ficar apto para se candidatar.

A previsão de abertura das inscrições acontece no período de agosto.

Após isso, receberá um email com um convite para registro e com informações de login. Ele leva ao preenchimento da candidatura.

Depois, deve-se colocar todas as informações pedidas pela instituição. Você não precisa fazer tudo de uma vez, a plataforma permite que salve os dados e retorne posteriormente para terminá-los.

Valores e formas de pagamento

Não é barato estudar na instituição.

Para pagar o Foundation Course, por exemplo, é necessário desembolsar cerca de 16 mil euros a 18 mil euros. 

Na graduação, o gasto aumenta de 19 mil euros para até quase 26 mil euros. O mestrado e doutorado possuem custos anuais de 12 mil euros a 24 mil euros.

Vale lembrar que esses são os gastos apenas com o curso de ensino superior e não cobrem os outros valores necessário para o seu intercâmbio na Irlanda.

Existem três formas de pagamento das taxas da universidade:

  • A primeira pode ser feita via online por meio de um cartão de crédito/Visa.

    Ele ocorre no site my.tcd.ie, na parte direcionada para finanças. É rápido e fácil de realizar essa atividade.
  • Agora se tem a preferência em transferência bancária, ela também pode ser realizada. Basta transferir diretamente para o fundo da universidade.

    No entanto, a transação demora de 4 a 5 dias úteis se forem pagos compensados em sua conta ou de 10 a 12 dias úteis se for um pagamento internacional.Os dados dessa transferência estão no Registro Acadêmico e no site my.tcd.ie.
  • O TransferMate, que anteriormente era conhecido por Pay to Study, é o mais recomendado para alunos internacionais.

    Ele é feito online e possibilita que não precise pagar taxas adicionais. Se a empresa tiver uma conta bancária local, nenhuma taxa de transferência internacional será cobrada e o pagamento pode ser em sua moeda local.

A primeira taxa a ser paga é a de inscrição que é cobrado 55 euros, elas não são reembolsáveis. 

Preços das taxas de encargo no Trinity College Dublin
  • Taxa 1: Graduação UG, Doutorado, Certificado/Diploma UG e PG:199,75 euros;
  • Taxa 2: Licenciatura PGT (em tempo parcial) – 233,50 euros;
  • Taxa 3: Licenciatura PGT (com tempo integral) – 301,00 euros;
  • Taxa 4: Licenciatura PGT (de tempo integral) – 241,00 euros;
  • Tarifa 5: Novo Enquadramento PGT: 211,00 euros;
  • Tarifa 6: Tarifa para estudantes visitantes – 166,00 euros

Existem outras taxas bastante específicas como no caso de pedido de revisão de tese. neste site você as encontra com seus preços e algumas informações.

Bolsas do Trinity College Dublin

Os alunos que estiverem indo para o segundo ano de graduação podem se candidatar ao Foundation Scholarships. É necessário fazer as provas para a bolsa que costumam acontecer no início de cada ano.

O conteúdo das provas é referente ao que foi estudado por eles durante o primeiro ano acadêmico e ver qual o desempenho deles.

Aqueles que acertarem 70% ou mais da avaliação recebem o auxílio.

Ela reduz as taxas das mensalidades, oferece refeições dentro do campus e também acomodação. Quem for fora da UE irá pagar as taxas iguais a alunos que fazem parte da União Europeia.

Fazendo parte dessa bolsa, abre mais oportunidades para conseguir estágio ou o primeiro emprego após a conclusão de seus estudos. Existem outras bolsas que intercambistas podem se candidatar.

Graduação:
Pós-graduação

University of Galway 

A universidade fica na cidade de Galway, a oeste da Irlanda. Mesmo estando em uma das menores regiões irlandesas, a instituição se diferencia pelo seu ensino de qualidade que lhe garante uma ótima reputação.

Possui mais de 18 mil alunos, sendo 37% deles constituído de estudantes estrangeiros. Sua colocação na QS World University Rankings é de 289ª.

É considerada como a melhor instituição de Business e Engenharia no país. Cerca de 95% de seus alunos formados em graduação conseguem uma vaga de emprego em um prazo de até seis meses na Irlanda ou em seus países de origem.

A instituição tem o objetivo de “Visão Compartilhada, Moldada por Valores”.

Ele é destinado em prol de um desenvolvimento sustentável, promover a ambição dos estudantes a excelência, melhoria de saúde e também no bem-estar gerando um impacto positivo na sociedade.

Ela também tem projetos de pesquisa e de esportes. Possui 60 tipos de graduação diferentes. Além disso, com outras diversas opções em pós-graduação e cursos de período parcial.

As suas instalações atendem as necessidades de seus estudantes. Tem espaços destinados a práticas esportivas como natação e academia. Uma biblioteca com mais de 430 mil livros impressos e 400 mil eBooks.

Existem ainda lugares mais silenciosos com o objetivo de que seus alunos possam estudar.

Como se inscrever

Para aplicar a candidatura, os estudantes brasileiros devem fazer a inscrição online na Central Applications Office (CAO).

A taxa a ser paga é de 45 euros, mas se realizar a candidatura antes do dia 20 de janeiro, haverá um desconto e poderá ser pago 30 euros.

Quem tentar se candidatar mais de uma vez, receberá uma penalização de 10 euros.

A candidatura também pode ser feita por papel e enviada ao CAO. O pagamento da taxa pode ser feito através de um cartão de crédito ou débito (Visa ou Mastercard).

Porém, pode realizar o pagamento de forma antecipada por meio de um banco da Irlanda. Para isso, é preciso ter um formulário de pagamento da taxa de inscrição. Deve-se solicitar também no CAO.

Existem mais de 15 bolsas disponíveis da National University of Ireland para seus alunos internacionais. Elas vão da graduação até a pós-graduação.

Tem também bolsas específicas como para a Faculdade de Ciências e Engenharia. Para saber a lista completa, acesse o site da universidade.

University College Cork

A Universidade de Cork é uma das mais tradicionais da Irlanda. Seu lema é promover um apoio a comunidade com uma pesquisa que tenha significância internacional unindo programas de excelência.

Ela já recebeu em cinco ocasiões o título de “Universidade Irlandesa do Ano” pelo Sunday Times

Possui mais de 20 mil estudantes distribuídos em mais de 100 cursos de graduação e mais de 200 de pós-graduação.

A área de pesquisa é um dos destaques da instituição. Seus cursos mais populares são: Medicina e Saúde; Ciências, Engenharia, Ciências Alimentares, Administração, Direito, Artes, Estudos Celtas e Ciências Sociais.

Como se inscrever?

Para realizar a inscrição, é preciso enviar documentos como certificado do ensino médio para graduação e os de graduação para a pós-graduação.

É necessário preencher o formulário, receber e aceitar as ofertas e pagar a taxa que é de 50 euros.

Existem bolsas específicas para intercambistas brasileiros onde você encontra a lista e os requisitos aqui.  Mas há outras bolsas internacionais para poder atender a todos os seus alunos estrangeiros.

University of Limerick

Um dos seus fortes é ser altamente voltada para o mercado de trabalho. Assim, os seus alunos após a formatura conseguem uma vaga de emprego com uma facilidade elevada.

Oferece cursos de Engenharia, Escolas de Negócios, Ciências Sociais e Humanas, Ciências, Saúde e Arte.

A instituição conta com cerca de 15.000 alunos sendo que 2.500 são de alunos internacionais.

Ela disponibiliza estágios de 8 meses para os estudantes de educação corporativa sendo a primeira da Irlanda a fazer isso em um programa educacional. 

Sua qualidade é bastante reconhecida o que faz que seja uma excelente opção de intercâmbio acadêmico na Irlanda.

Como se inscrever?

Os custos na universidade ultrapassam os 10 mil euros. Para a graduação o valor anual é de 12.000 euros, assim como na pós-graduação. A acomodação no campus é de 4.750 euros.

Se o seu desejo é estudar apenas um período na Universidade de Limerick precisa corresponder a alguns requisitos. Primeiro é necessário que a sua instituição de ensino tenha um acordo bilateral com a de Limerick. 

Além disso, o aluno precisa ser nomeado pela sua universidade que enviará as indicações por meio do e-mail [email protected].

Após isso, o candidato deve preencher o formulário de inscrição que tem o nome de Exchange Online. O link é enviado para o email pessoal do estudante.

Os alunos após a chegada ao país europeu, precisam se registrar no Garda Immigration Services em até 1 mês.

Agora se você pretende cursar por completo os seus estudos no ensino superior, isso também pode acontecer.

Neste caso, cada programa da instituição irá avaliar individualmente cada candidato. No entanto, os brasileiros deverão fazer o Foundation Program da própria instituição.

Ele ainda deve apresentar seu certificado de ensino médio tendo boas notas em inglês, matemática e algum outro idioma.

Os intercambistas podem se candidatar a bolsas de estudos na UL, porém, apenas para os cursos de pós-graduação.

O benefício é bem generoso, os valores que podem ser pagos estão entre 1.500 euros a 4.000 euros.

O valor a ser recebido vai depender do curso escolhido e do seu desempenho acadêmico. A universidade exige que tenha proficiência da língua inglesa com nota igual ou superior a 6,5 no IELTS.

Mas é importante ficar sempre atento ao site da instituição porque ela sempre pode ter mudanças e acréscimos na disponibilidade das bolsas. Para saber a lista completa, você encontra aqui

Bolsas de estudos

Além das bolsas disponibilizadas pelas universidades, o governo da Irlanda também ajuda os seus estudantes. A seguir, algumas delas.

Education Scholarships Programme

Em parceria com a Higher Education Authority (HEA), o governo irlandês oferece 60 bolsas de mestrado ou de doutorado para alunos que estudarem na Irlanda.

Ela é válida por 1 ano ao aluno contemplado.

Não existem restrições para a área de estudos selecionada pelo estudante. Os alunos não devem fazer parte da União Europeia, então os brasileiros podem se candidatar

GOI-HEA

Essa bolsa busca estudantes estrangeiros a fim de oferecer 60 bolsas em um valor de 10 mil euros.

Quem quer realizar um mestrado ou doutorado pode se candidatar. Ela vale por 1 ano de estudos.

Como os cursos podem durar mais de 1 ano, será importante que o intercambista possa arcar com os demais gastos tanto das mensalidades, como despesas pessoais quando o auxílio finalizar.

Os candidatos devem ter tido um bom desempenho acadêmico na graduação e que se possa comprovar. Atividades extracurriculares são importantes na hora da seleção.

O processo de inscrição se dá no site do governo irlandês.

Bolsa destinada a estrangeiros 

Ela é voltada para estudantes que não pertencem à Irlanda. O valor dela é de 10 mil euros e cobre gastos como moradia, alimentação e transporte.

Além disso, as despesas com a universidade são pagas por esse benefício.

Ela vale por 1 ano e oferece 60 bolsas. Muitas universidades são parceiras deste programa do governo. Veja a lista delas.

  • Universidade Técnica do Atlântico (UTA);
  • American College Dublin;
  • CCT College Dublin;
  • Dublin City University;
  • Dublin Business School;
  • Instituto de Arte, Design e Tecnologia Dún Laoghaire;
  • Instituto de Tecnologia Dundalk;
  • Galway Business School;
  • Griffith College Dublin;
  • Independent College Dublin;
  • ICS Business School Dublin;
  • Mary Immaculate College Limerick;
  • Universidade Tecnológica de Munster;
  • Universidade Maynooth;
  • University College Cork;
  • University College Dublin;
  • Colégio Nacional de Arte e Design Dublin;
  • Universidade de Limerick
  • Colégio Nacional da Irlanda Dublin;
  • University de Galway;
  • Royal College of Surgeons;
  • Technological University Dublin;
  • Trinity College Dublin;
  • South East Technological University;
  • Universidade Tecnológica de Shannon

A seleção das bolsas

Para se candidatar, é necessário já ter sido aceito em alguma universidade irlandesa. Após isso, deve-se enviar a inscrição por meio do site oficial.

A avaliação dos candidatos acontece por pontos que somados, podem chegar a 100.

Os requisitos são:

  • através de qualificações acadêmicas,
  • conquistas ou experiência profissional (40 pontos);
  • personal statement (máximo de 45 pontos) e
  • duas cartas de recomendação ou referência (15 pontos)

Os 12 melhores já garantem automaticamente a bolsa. Os demais 48 auxílios são distribuídos em interesse, campo de estudo, necessidades regionais ou nacionais, benefícios em potencial para o país em que é nativo e a igualdade de gênero.

Custo de vida

Se a sua ideia é morar na capital ou em regiões próximas, saiba que serão alguns dos lugares mais caros para se viver durante o seu intercâmbio.

Moradia

Além disso, a moradia será um desafio. Devido a crise imobiliária de 2017, quem vai morar na Irlanda irá encontrar dificuldades em alugar ou até mesmo comprar um lugar para residir.

Um desses motivos é o fluxo elevado de pessoas indo morar no país pela oportunidade que ele oferece. 

Após a saída do Reino Unido da União Europeia, a Irlanda se tornou um lugar bem atrativo para quem tem o objetivo de quem quer fazer uso do inglês na Europa.

Por outro lado, em Dublin, por exemplo, tem um dos salários mais altos encontrados, é pago ao trabalhador mensalmente cerca de 1.600,00 euros.

Alimentação

A sua alimentação na Irlanda será cara, não existem muitos estabelecimentos como carrinhos que vendem comida como podemos ver em São Paulo ou em outras cidades pelo mundo. 

Em um restaurante simples, uma refeição não custará menos do que 7 euros. Se quiser experimentar a cerveja local terá que pagar 5,50 euros.

O mais recomendado é ir a um mercado e comprar produtos para fazer a sua própria comida.

Nessa situação o preço a ser pago será bem parecido com o que gastamos no Brasil. Porém, as frutas não são tão fáceis de se achar e também são mais caras do que no nosso país.

Vestimenta

É mais fácil economizar quando o assunto são roupas.

É possível encontrar peças por cerca de 20 euros, principalmente as de frio. Os demais acessórios para o inverno são acessíveis.

Meias, luvas e gorros, podem ser adquiridos pelo valor de 4 euros.

Transporte

Em relação a transportes existe uma vantagem.

A Irlanda possui muitas ciclovias, então andar de bicicleta no país não será algo incomum, além de ser um meio mais barato porque só irá gastar na ocasião de compra ou de aluguel, ainda faz bem à saúde de quem pratica essa atividade.

Agências de intercâmbio com destino a Irlanda

No Brasil, podemos encontrar algumas agências de intercâmbio que oferecem viagens rumo à Irlanda e também outros serviços como encontrar passagens aéreas mais baratas e até moradia.

S7 Intercâmbio 

A empresa tem mais de 20 anos no mercado e tem o objetivo de auxiliar o seu cliente no intercâmbio e em ter a melhor qualidade de ensino.

Tem cursos de estudo e trabalho, high school, curso universitário, curso profissional e cursos gerais em inglês.

A agência tem 10 sedes em cidades como Rio de Janeiro, Paulista, Porto Alegre, Chapecó, Juiz de Fora, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Vila Olímpia e Belo Horizonte.

Blue Intercâmbio

A Blue Intercâmbio é mais uma empresa que trabalha com intercâmbio na Irlanda.

Ela é feita por intercambistas para seu público-alvo: intercambistas que buscam qualidade acadêmica e imersão em uma nova cultura.

Ela possui duas sedes físicas no Brasil, uma em São Paulo-SP e outra em Marília-SP.

Também existe uma sede em Dublin, na Irlanda. Mas ela atende clientes de todo lugar com a ajuda da tecnologia.

Seus serviços estão entre seguro viagem, acomodação e compra de passagens aéreas. Ainda oferece promoções para se adequar ao seu orçamento.

Optima Intercâmbios

A Optima Intercâmbios tem mais de uma década no mercado e oferece viagens para a Irlanda, sejam elas de idiomas, estudo e trabalho ou high school. O intercâmbio para a Irlanda pode ser parcelado em até 36x sem juros.

Os valores da viagem variam de R$ 7.000,00 a quase R$ 15.000,00 dependendo da cidade que escolher estudar.

A empresa auxilia na mudança para a moeda estrangeira, seguro internacional, passagens aéreas e tradução juramentada.

Existem muitas outras agências que fazem esse destino. É importante pesquisar todas elas e ver quais são os benefícios que elas lhe trarão.

Após isso, decida qual será a melhor empresa para os seus objetivos.

Acomodações na Irlanda

Você pode encontrar diversas plataformas que irão lhe ajudar a alugar acomodações em seu intercâmbio na Irlanda. Vamos falar sobre algumas delas agora:

Daft.ie

Esse site é muito conhecido por quem deseja se hospedar na Ilha Esmeraldina. Ele oferece opções desde as mais simples quanto as mais modernas e sofisticadas.

Ainda indica preços que podem ajudar ao que pode gastar com filtros próprios para a busca.

Trivago

A trivago é uma plataforma conhecida no Brasil e com ela, podemos buscar acomodações na Irlanda.

Você pode selecionar o período que ficará hospedado, além de preços, avaliações e locais.

Nele, você encontra diversas opções de hotéis no país.

Homestay

A Homestay é voltada para os intercambistas que desejam ter uma estadia com famílias que moram de fato na Irlanda.

As chances de melhorar a proficiência no inglês e entender a cultura local serão maiores.

As famílias dizem informações importantes e o intercambista entra em contato para conseguir entender melhor a dinâmica deles, preços, localização e como pode fechar contrato.

Grupos de brasileiros na Irlanda

Brasileiros têm viajado cada vez mais para a Irlanda e criam grupos para ajudar outros compatriotas tirando dúvidas, contando experiências e fornecendo dicas.

Selecionamos alguns para que você possa fazer seu intercâmbio sem medo.

As vantagens de se viajar para a Irlanda

Não se convenceu em viajar para a Irlanda com o objetivo de um intercâmbio?

Então aqui está um resumo dos motivos por que você precisa viajar para esse país lindo, acolhedor e incrível.

  • Está mais próximo de outros países europeus;
  • Encontrará paisagens naturais lindas;
  • Diversidade cultural elevada;
  • É um país jovem e dinâmico;
  • Qualidade de vida em alta;
  • Bom crescimento econômico;
  • Grandes oportunidades na área de tecnologia.

Veja também o nosso guia completo de intercâmbio para os Estados Unidos, Malta e Austrália!


Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW
close-link
(Grátis) Baixe o E-book Inglês em 34 Dias - Cronograma Autodidata
Baixar Ebook
close-image