Ensinar Fora do Brasil – desafios e oportunidades

Ensinando em diferentes lugares do mundo ou através da internet, por períodos longos ou curtos, os desafios e oportunidades vividos pelos professores brasileiros são semelhantes.


Atuar no exterior é uma experiência que melhora o currículo e proporciona diversos outros benefícios, mas fazer a carreira internacional decolar não é fácil.

ensinar fora do Brasil

Primeiros Passos para Trabalhar como Professor fora do Brasil

  • Obter a validação internacional do seu diploma, caso possua Ensino Superior;
  • Traduzir históricos acadêmicos relevantes (geralmente o histórico da graduação é suficiente, mas um histórico escolar completo também pode ser exigido);
  • Obter o certificado oficial de proficiência em inglês, mesmo se ensinar outra matéria;
  • Obter visto de trabalho para o país escolhido, se necessário para a vaga;
  • Obter e traduzir documentos oficiais que comprovem as experiências do seu currículo;
  • Traduzir o currículo usando nomenclaturas adequadas ao país de destino;
  • Se familiarizar com o que as instituições esperam dos professores e profissionais em geral no país de destino.

Encontrar um Cargo Ideal Demanda Esforço, mas Recompensa

A qualidade das aulas depende do professor, mas também de condições que não estão no controle do docente.

Uma forma de certificar-se que o seu ambiente de trabalho irá ser fértil é dedicar o tempo necessário se candidatar nas melhores vagas possíveis.

O processo de buscar um emprego para ensinar fora do Brasil pode ser demorado e cansativo, mas vale a pena.

Comece polindo o currículo, lendo atentamente as descrições das vagas e pesquisando sobre as instituições que as oferecem antes de escrever sua carta de apresentação (também chamada de cover letter), e realizar candidaturas personalizadas.

O esforço não está limitado só à busca do emprego.

Professores de inglês precisam ter um certificado de proficiência que indique, no mínimo, nível C1 (avançado).

Já os professores de outras áreas que querem ensinar em inglês devem ter alcançado ao menos o nível B1 (intermediário) e ter muita familiaridade com o vocabulário específico de sua área.

É importante manter em mente que provas de inglês como IELTS e TOEFL são reconhecidas pela excelência em todos os lugares do mundo, então são um investimento mais inteligente do que testes mais baratos. 

Também é importante reconhecer os mitos em torno das contratações: está errado presumir que professor de matérias exatas, como Matemática, não precisa ter uma boa noção do vocabulário específico da área.

Em uma entrevista de emprego, um professor que não sabe explicar bem em inglês sua própria abordagem e interesses dentro do ensino da matéria provavelmente não será contratado por escolas fora do Brasil.

A busca pode ser tão cansativa que chega a parecer um trabalho não-remunerado, mas a recompensa vem no momento em que o professor se vê em boas condições de trabalho.

Sempre vale a pena viver um longo período de busca de emprego quando há dedicação para conquistar o melhor cargo possível.

Motivos e Maneiras de Buscar Cargos de Professor de Inglês no Exterior

Existem muitos motivos para quem já trabalha dando aulas de inglês no Brasil, por exemplo, passar a atuar no exterior.

Sob a perspectiva da remuneração, existem países em que professores recebem salários mais competitivos e possuem condições de contrato mais vantajosas em relação aos contratos mais comuns no Brasil atualmente.

Sob a perspectiva da experiência, é muito comum que professores de inglês não-nativos sejam contratados para ministrar aulas para turmas multiculturais em níveis iniciante ou básico.

A oportunidade proporciona conexões com alunos com uma variedade de trajetórias, ao mesmo tempo que a imersão no idioma ao se mudar de país irá garantir a atualização de sua fluência em inglês.

Seja qual for o motivo pessoal do professor para querer lecionar fora do país, as maneiras de buscar vagas no exterior são geralmente as mesmas.

Como conseguir ensinar fora do Brasil

Realizar um Intercâmbio Remunerado

Existem programas de intercâmbio remunerado para professores, que em geral servem para que profissionais de países como o Brasil se familiarizem com métodos e abordagens usados em um local específico.

É comum que os intercambistas nestes programas sejam alocados para escolas públicas, lecionando para crianças e adolescentes.

Realizar Mestrado em Instituição Internacional

Mestrados internacionais – assim como os brasileiros – geralmente contam com um período obrigatório de estágio como professor ou auxiliar em sala de aula.

Caso o mestrando realize o curso em uma faculdade fora do Brasil, terá a oportunidade de ensinar para estrangeiros. Tal experiência irá abrir portas para possíveis contratações fora do Brasil.

Realizar Doutorado ou Pós-Doutorado: Professor Visitante

Muitas instituições brasileiras auxiliam doutorandos ou professores já no pós-doutorado a realizarem um período de intercâmbio internacional conhecido como Professor Visitante.

A aventura também pode contar com uma bolsa-auxílio do Ministério da Educação, que inclui um estipêndio mensal e custeio das passagens aéreas de ida e volta.

Buscar Vagas no LinkedIn e Outros Sites de Emprego

Apesar de ser extremamente desafiador, é possível encontrar e concorrer a ótimas vagas de emprego através do LinkedIn e outros sites, como Indeed, FlexJobs, etc.

No LinkedIn, comece criando uma versão em inglês do seu perfil, e pesquise vagas filtrando a localização.

Não é necessariamente esperado o Ensino Superior Completo no caso de vagas, por exemplo, de professores particulares de reforço escolar, entre outros.

Caso pretenda iniciar uma carreira internacional antes da graduação, os sites de emprego são a melhor fonte de oportunidades.

Sem uma empresa de intercâmbio ou instituição de ensino auxiliando no processo, é importante notar que o profissional também terá diversos desafios após ser contratado, afinal será o único responsável pela regularização de documentos e demais preparativos para viajar.

Não hesite em buscar grupos de apoio online e buscar diferentes maneiras de se comunicar com outros brasileiros que já trabalham no país em que você foi contratado.

Como se Preparar para Iniciar sua Jornada Profissional Internacional

Depois da contratação, siga esses passos básicos para garantir uma experiência sem os imprevistos que obrigam a volta ao Brasil ou dão muita dor de cabeça:

  • Renovar todos os seus documentos brasileiros (RG, CNH, passaporte)
  • Contratar um seguro-viagem ou plano de saúde no país de destino
  • Abrir uma conta bancária ou adquirir cartão de débito internacional (ou seja, não trocar e levar todo seu dinheiro em espécie)
  • Pesquisar e aprender sobre a cultura local e o clima do país de destino antes de ir
  • Pesquisar extensivamente sobre a cidade em que irá morar e escolher um bairro seguro para alugar um imóvel

Ensinar para Estrangeiros sem Sair de Casa

Por fim, é importante notar que é possível obter experiência profissional em empresas estrangeiras ou clientes estrangeiros sem mesmo sair de casa.

Até quem planeja imigrar pode se beneficiar muito ao procurar trabalho remoto primeiro, pois a capacidade comprovada de lidar com alunos estrangeiros será um diferencial no seu currículo aos olhos dos recrutadores internacionais.

Sites como o LinkedIn estão repletos de oportunidades de trabalho remoto. Basta filtrar sua busca e seguir os mesmos passos básicos mencionados anteriormente.

Algumas vagas nem mesmo demandam visto de trabalho, pois apesar de serem oferecidas por empresas do exterior, seu contrato é referente ao Brasil.

Esse tipo de processo de contratação tem se tornado cada vez mais comum por ser uma forma de cortar gastos com funcionários, por conta de vários fatores, como a diferença dos valores das moedas, leis trabalhistas e coleta de impostos.

Essas diferenças fazem com que as empresas internacionais economizem ao contratar brasileiros ou residentes do Brasil para trabalho remoto.

E aí, ficou interessado em ensinar fora do Brasil? Então, cheque este nosso post para se tornar um professor qualificado em inglês e conseguir ter sucesso nessa mudança!


Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW
close-link
(Grátis) Baixe o E-book Inglês em 34 Dias - Cronograma Autodidata
Baixar Ebook
close-image