Simple Past vs. Past Continuous

O Simple Past e o Past Continuous são dois tempos verbais que falam das situações passadas fechadas, ou seja, que aconteceram no passado e ficaram no passado. Mas qual a diferença entre eles?

A estrutura do Past Continuous

O Past Continuous tem como estrutura básica [verb to be + verbo_ing]. Nas perguntas, o verb to be corre para o começo da frase. Para as negações, temos o auxiliar not, formando wasn’t ou weren’t.

I wasn’t busy, I was playing a game.
She wasn’t watching the movie. She was watching TV.
We were going to Jim’s party.
Were you saying something? No, I wasn’t. / Yes, I was.
Was he sleeping last night? No, he wasn’t. / Yes, he was.
They were planning a trip to China.

Quando usar o Past Continuous?

Você aprendeu que o Past Continuous é contínuo porque precisa do _ing, e este _ing enfatiza que estamos falando de algo que acontece e se estende por algum tempo. Ou seja: as ações aqui não são permanentes. Usamos o past continuous para falar sobre algo que estava acontecendo em um dado momento. Quando contamos uma história, usamos o past continuous para explicarmos os eventos secundários. Olha só:

It was a dark night. Mark was sleeping and Tom was playing guitar. John and I were watching a movie when, out of nowhere, we heard a strong noise.

Pete was sleeping when Simone came home completely hurt.
Jane was lucky: she wasn’t carrying her phone when she was robbed.
They weren’t paying attention to people’s problems.

A estrutura do Simple Past

Parecido com o Simple Present, o Simple Past é o tempo verbal do passado que utiliza o verbo em si na formação de frases, mas com uma diferença: aqui não usamos o verbo no infinitivo, e sim sua forma conjugada no passado. Os verbos se dividem em regulares [terminados em _ed] ou irregulares.

Para as perguntas e negações, temos o auxiliar did – usado para todas as pessoas, e o verbo deve estar no infinitivo nestas duas formas.

Quando usar o Simple Past?

Em contraste com o Past Continuous, o Simple Past trata das situações pontuais no passado. Sempre vamos ter uma noção clara de tempo quando usarmos este tempo verbal: ontem, semana passada, de manhã, há dois meses. Para você entender a diferença, vou usar o mesmo verbo nos dois tempos verbais:

He was sleeping yesterday at 8pm.
He slept at 8pm yesterday.

Na primeira frase, estou dizendo que ele estava dormindo ontem às oito da noite. Não importa que hora ele foi dormir; apenas que esta era a atividade em andamento naquele período. Na segunda frase, estou dizendo que ele dormiu ontem às oito. Ou seja, o fato em si de pegar no sono [ou ir para a cama] aconteceu das oito em diante, enquanto dou a entender, na primeira frase, que a atividade [dormir] já vinha acontecendo, estava acontecendo e seguiria acontecendo.

Vamos conferir outros exemplos?

He didn’t like the movie. – verbos de estado, opinião e sentimentos são usados [quase] sempre em suas formas simples

She asked me if she could leave earlier.

He felt sick after eating those nachos.

I didn’t want to go, so I stayed home.

Let’s practice!

Últimos posts por Redação Equipe (exibir todos)
Se inscreva
Me notifique

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários