Resumo de verbos – verbo “to make”

O verbo to make, assim como o be e o do, é um dos verbos mais usados do inglês. Seu significado principal, fazer, se desdobra em inúmeras possibilidades de uso aliado às preposições, formando phrasal verbs.

O verbo make segue a lógica comum à maioria dos verbos, ainda que ele seja um verbo irregular. Seu passado é made, seu gerúndio é making e seu particípio passado é made.

O make nas tenses simples

Os tempos simples do inglês são o simple present, o simple past e o simple future. Eles são simples porque fazem uso do verbo em si, sendo pontuais na mensagem que passam: falam exclusivamente do presente, do passado ou do futuro. Assim, existem apenas duas coisas para atentar-se quando se usa o verbo to have:

  • na 3ª pessoa do singular, no simple present, você acrescenta -s ao verbo, transformando-o em makes.
  • seu passado simples é made.
SIMPLE PRESENT
make para todas as pessoas exceto
a terceira pessoa do singularmakes
SIMPLE PAST
made para todas as pessoas
I make my bed in the morning.I made pasta for dinner.
You make the best cakes.You made her a promise.
She makes origamis.She made me take her home.
You’re always late. It makes me mad!He was always late. It made me mad. 
We make pizza for a living.We made pizza last night.
You guys make a great team.You guys made my day. 
They make the best characters.They made the project last night.

O make no gerúndio

O gerúndio e o particípio presente são as duas formas do verbo que utilizam ing – aqui, retira-se a vogal -e para dar espaço a vogal –i, formando o making.

Esta forma, verbo_ing, é encontrada quando:

  • usamos o present continuous: verbo to be + verbo_ing
  • usamos um tempo perfeito contínuo
  • usamos o verbo como complemento de algum outro verbo
  • usamos o verbo como um adjetivo ativo

I’m making a cake.am + making para formar o present continuous
Have I been making lots of noise?have been making: present perfect continuous, auxiliar have + been + verbo_ing
You can’t stop making pies!making como complemento de stop, porque stop + verbo_ing = decidir não fazer mais algo.
Making up stories is her gift.making no particípio presente sendo usado como parte do sujeito
He’s making a scene.is + making para formar o present continuous
We look forward to making our dreams happen.making como complemento de to look forward to something [happening]
They’re not very keen on making dinner.making como complemento de to be keen on something

O verbo to make nas tenses perfeitas

As tenses perfeitas não são pontuais como as tenses simples. Ser perfeita indica correlação com outros tempos, como um comparativo ou uma narração. O verbo principal destas tenses se encontra sempre no particípio passado, ou na famosa terceira coluna de verbos. O particípio do have é o made. Nos tempos compostos, ele sempre vai aparecer perto de um verbo auxiliar have ou had. Olha só:

I’ve made this cake a thousand times. – present perfect: have auxiliar + made principal

She realized she had made her boss angry last week.  – past perfect: had auxiliar + made principal

Expressões com o verbo to make

O verbo to make, você já sabe, significa “fazer”, e ele é encontrado em diversas phrasal verbs e expressões idiomáticas. Olha só:

  • make + um substantivoexecutar, fazer, produzir, cozinhar algo
  • make someone feel something – falar como algo faz alguém se sentir
  • to make up for something – compensar;
  • to make something up – criar ou inventar [algo físico, algo sério, ou uma história, uma desculpa]
  • to make up one’s mind – expressão informal para decidir-se
  • to make ends meet – expressão usada para dizermos que estamos conseguindo [ou não] pagar as contas

Make vs. Do

Assim, como make, do significa fazer, mas um fazer diferente. O uso dos dois não é interchangeable, em que não há alteração no sentido.

O fazer apresentado pelo do está relacionado a atividades e ideias mais abstratas, a tarefas diárias – sempre coisas que não vão ter um outcome material ou concreto.

Já o make é o fazer das coisas que resultam em um produto, seja ele um efeito, uma consequência, algo sensorial ou um resultado físico.

  • nas tarefas diárias, usa-se do para: do the ironing, do the laundry, do the dishes 
  • usa-se make para: make lunch, make dinner, make the bed
  • usa-se make para: make noise, make a [food], make a movie…  algo será criado a partir desta ação com make 
  • usa-se do para: do an exercise, do the paperwork, do the money count

Últimos posts por Redação Equipe (exibir todos)
Se inscreva
Me notifique

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários