Qual é a melhor forma para estudar gramática? 

Se você está estudando inglês, então é bem provável que a gramática seja um de seus principais inimigos no momento.

E tá tudo bem!

Gramática é difícil mesmo, porque ela é basicamente formada por regras que, na maior parte das vezes, sequer são aplicadas na fala do dia a dia.

Por isso, chamamos ela de gramática normativa.

Mas, apesar de não estar muito presente no cotidiano dos falantes nativos ainda é muito importante aprendê-la, pois é essencial para entender a estrutura do idioma e para escrever bem.

Pensando em fazer o seu aprendizado ser um pouco mais fácil, trouxe uma lista de métodos para estudar gramática.

Saiba mais: Guia de Gramática em Inglês

Métodos para estudar gramática

É fato que cada pessoa irá preferir um método de aprendizagem. 

Então, para te ajudar a encontrar o que melhor funciona para você, aqui estão alguns jeitos de estudar gramática e dicas de como fazê-los. 

Vale testar cada um deles para descobrir com qual você mais se adapta e qual faz mais sentido com seus gostos e rotina.

Ah, é bom lembrar também que é necessário ter consistência e prática ao estudar inglês.

Assim, quando escolher o melhor método, não deixe de segui-lo de forma dedicada.

Modo tradicional

Uma forma de se estudar gramática é do modo tradicional mesmo, através de livros didáticos de ESL (English as Second Language).

Geralmente, nesses exemplares a gramática é dividida de acordo com os níveis de proficiência na língua e explicada em detalhes, bem didático.

Exemplos de bons livros são English File, Cambridge face2face e Market Leader (Inglês para negócios).

Além disso, obviamente, também há os cursos de língua inglesa.

Se no momento você não tem direito para pagar um dos bons, pode se matricular em uma dos gratuitos que são fáceis de encontrar por aí.

Isso vai ajudar você a, pelo menos, ter uma ideia da gramática estudada.

Depois, é só você se aprofundar no assunto.



Aprenda por tópicos

Caso você não tenha como aprender pelo método tradicional, pode dedicar o seu tempo para estudar tópicos gramaticais um de cada vez. 

Você pode tanto seguir uma linha de complexidade, como começar com os tópicos do discurso e ir para as construções de sentenças, sintagmas e orações.

Ou pode escolher assuntos específicos, como indirect speech, presente continuous e articles.

Assim, você aprende sem se sentir sobrecarregado. 

Uma boa gramática para te ajudar nisso é English Grammar In use, que conta com explicações detalhadas, exercícios e exemplos do dia a dia.

Quadro mostra um globo terrestre escrito english

Recursos educacionais digitais

Aqui incluo tudo o que a internet pode oferecer para auxiliar no aprendizado, como aplicativos, sites e até canais no Youtube. 

Alguns aplicativos legais para você dar uma chance são Duolingo e Babbel.

Já sites, o Learn English British Council tem bastante material gratuito para todos os níveis de inglês.

E claro, você pode também surfar entre os artigos deste site aqui para aprender mais um pouco.

Quanto a canais no Youtube, existem milhares!

Nesse caso, vai depender muito de seus gostos pessoais, então tente procurar por vídeos que mais te agradam e que você consegue entender o que está sendo explicado.

Fora isso, eu ainda dou a dica de preferir youtubers brasileiros que ensinam inglês, pois é mais provável deles abordarem as suas dificuldades, já que passaram por elas quando estavam aprendendo.

Por fim, também recomendo o Grammarly, que pode ser de grande ajuda quando você estiver montando frases.

O recurso faz a correção daquilo que você escreve, então você pode ver o que errou e como corrigir. Garanto que é de grande ajuda!

Pratique

Não tem jeito, é necessário praticar aquilo que você aprendeu.

Para isso, você pode fazer os exercícios que geralmente têm nos livros didáticos ou procurar por listas de exercícios na internet.

Um outro jeito, é tentar criar frases utilizando as estruturas que aprendeu e depois colocar no Grammarly para correção.

Ainda quanto a prática, é necessário que ela seja regular.

Ou seja, não adianta fazer só de vez em quando, é necessário regularidade.

Assista filmes e séries

Essa é a forma mais divertida!

Assistindo filmes e séries em inglês te ajuda a internalizar as estruturas gramaticais de forma mais natural, e de quebra ainda te auxilia a adquirir vocabulário e a melhorar o seu listening.

Uma dica de ouro é assistir com o áudio e a legenda em inglês, assim você pode observar as estruturas usadas e como elas são pronunciadas no dia a dia.

Leia

Crie o hábito da leitura em inglês.

Pode tanto ser livros do gênero que você gosta, notícias, artigos e até mesmo mangá.

Assim, você poderá tanto treinar o seu Reading quando observar estruturas gramaticais de forma divertida.

Uma dica, se você gosta de histórias de romance, aventura, terror ou qualquer outro gênero, mas acha livros muito cansativos, procure por webtoons, que são histórias em quadrinhos digitais.

Eles costumam ser de fácil leitura e bem divertidos.

Converse em inglês

Outra forma de estudar gramática é tentar coloca-la em prática em conversas.

Se você faz parte de uma turma de estudantes, então é bem mais fácil ter com que falar, ainda mais considerando que devem ser do mesmo nível.

No entanto, se você está aprendendo inglês sozinho isso deve ser mais difícil.

Mas não se preocupe, hoje existem diversos aplicativos de intercâmbio de idiomas.

Um exemplo popular é o Tandem, que você pode conhecer pessoas do mundo inteiro e conversar com elas gratuitamente.

É um bom modo de fazer amizade com falantes nativos de inglês.

Tenha um diário

Uma das melhores formas de colocar em prática o que você aprendeu de gramática é escrevendo.

E um bom modo de fazer isso com constância é mantendo um diário.

Todas as noites, escreva algumas palavras de como foi o seu dia utilizando o vocabulário e as estruturas que aprendeu.

Esse tamvém é um bom jeito para desenvolver a habilidade de se expressar em inglês.

Ensine

Eu sei, pode parecer ousado demais falar para você ensinar quando você mesmo está aprendendo, mas acontece que essa é, de fato, uma ótima forma de aprender.

Quando estamos ensinando, somos obrigados a estudar sobre o assunto e a olhar para ele de forma diferente, para que consigamos explica-lo da melhor forma possível.

Mas calmo, se você não se sente preparado, você não precisa ensinar ninguém.

Pode simplesmente “preparar a aula” e passar para a sua imagem do espelho, parede ou celular.

Peça feedback

Tenha alguém para pedir feedback de seus exercícios e textos.

Pode tanto ser um professor ou um amigo, o importante é que essa pessoa seja capaz de corrigir os seus erros gramaticais e te ajudar a melhorar.

Qual é a melhor forma de estudar gramática? 

Com tantos métodos possíveis, qual é, enfim, a melhor forma de se estudar gramática? 

Você deve ter percebido que alguns modos de se aprender são mais ativos do que outros certo?

Isso é porque existem duas abordagens envolvidas: a explícita e a implícita.

A aprendizagem explícita envolve o uso de estratégias, como explicações, demonstrações e instruções, que chamem a atenção para o objeto que está sendo estudado.

Sendo assim, o indivíduo tem plena consciência do tópico.

Isso é o que ocorre com os métodos de estudo pelo modo tradicional e por tópicos, por exemplo.

Já a aprendizagem implícita ocorre sem que a pessoa tenha consciência disso.

Por meio da exposição constante e a interação na língua, é possível internalizar estruturas gramaticais. Esse é o processo natural de aprendizagem de linguagem em crianças.

São métodos implícitos assistir filmes e séries, ler livros e conversar com nativos.

Entendidas essas duas abordagens, é fácil de se chegar na conclusão de que a melhor forma de se estudar a gramática é misturando os métodos explícitos com os implícitos. 

Desse modo, você tem duas grandes vantagens. 

Por um lado, aprende as regras gramaticais de forma clara e consciente, assim como também pode usá-las de forma natural como um nativo. 

Por outro lado, além de poder usar a gramática com naturalidade no cotidiano, também será capaz de escrever de forma precisa, sem cair em vícios de linguagem comuns na língua falada.

Perfeito, não é mesmo? 

Agora me diga, você já estuda gramática dessa forma ou prefere alguma outra? 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x