Melhor escola para filhos aprender inglês, pública ou particular?

Quando temos filhos, sempre queremos oferecer o melhor do melhor para eles. Vamos em busca da melhor escola, da melhor educação e do que lhe dará mais oportunidades. Não há nada mais normal do que isso.

Então, se você está se perguntando qual é a melhor escola para o seu filho aprender inglês, pública ou particular, estamos aqui para ajudá-lo.

Continue a leitura deste artigo, entenda como é o ensino do inglês em cada uma dessas escolas e tome a decisão mais acertada.

Vamos lá?

O ensino do inglês nas escolas públicas

Quando falamos em escolas públicas, existem duas possibilidades a serem consideradas: as escolas de ensino regular e os centros especializados em ensino de línguas.

Nas escolas de ensino regular, o inglês é apenas mais uma das matérias da grade horária do estudante. As horas dedicadas a essa matéria são reduzidas, e o ensino costuma ser mais teórico e instrumental do que prático.

O aluno que estuda inglês em uma escola pública de ensino regular não necessariamente sairá fluente, mas ao menos terá tido um primeiro contato com o idioma.

Já nos centros especializados em ensino de línguas, como o Centro Interescolar de Línguas (CIL) do Distrito Federal, o aluno frequenta uma instituição pública totalmente dedicada ao desenvolvimento de competências linguísticas em um idioma estrangeiro.

Nesses centros, as aulas são muito parecidas às escolas de idiomas particulares que existem pelo país. Os professores são mais capacitados e possuem mais recursos para fazer com que as crianças e adolescentes realmente desenvolvam suas habilidades no inglês.

Também as faculdades públicas costumam oferecer centros de línguas especializados e voltados à comunidade. No entanto, não são totalmente gratuitas. Muitas delas cobram uma mensalidade a um valor reduzido e mais acessível.

O ensino do inglês em escolas particulares

Quando falamos em escolas particulares, os pais podem encontrar uma variedade muito maior de opções, mas vamos considerar as três principais: a escola de ensino regular, a escola de ensino regular bilíngue e a escola de idiomas.

Nas escolas de ensino regular particulares, o estudo do inglês se dá da mesma forma que nas escolas públicas desse tipo. O inglês será apenas mais uma das matérias da grade, será estudado de forma mais teórica que prática, e não será o foco do ensino.

É verdade que, em escolas particulares, talvez, o inglês ganhe um pouco mais de destaque, com mais horas e mais oportunidades de treinamento prático da língua. No entanto, continua correndo o risco de se perder entre as tantas outras matérias a serem estudadas pelo seu filho.

Por isso, algumas iniciativas recentes no Brasil oferecem escolas de ensino regular bilíngues. Nessas instituições, o inglês não é só mais uma disciplina, mas o meio com que as crianças e adolescentes aprenderão todas as outras matérias.

Por exemplo, a escola pode oferecer aulas de geografia com professores que falam inglês, aulas de matemática com professores que falam português e assim por diante. Os estudantes estarão muito mais expostos a esse idioma e se verão forçados a usá-lo, o que fará com que avancem mais rapidamente.

Já as escolas de idiomas particulares estão por todas as partes. É difícil não contar com uma unidade dessas escolas em sua região, e se esse for o caso, você ainda tem a opção de matricular o seu filho em um curso totalmente online.

Essas escolas são especializadas em línguas, contam com professores que se dedicam exclusivamente a isso e podem ser uma ótima solução para complementar o aprendizado do inglês do seu filho, esteja ele estudando em uma escola regular pública ou privada.

Como tomar a melhor decisão?

Certo, você já entendeu todas as alternativas ao dispor do seu filho no que diz respeito ao estudo do inglês, mas e agora? Qual é a melhor escola para ele?

Bom, na verdade, não há como dar uma resposta única para essa questão. Cada família vive uma realidade diferente, em uma cidade diferente, com oportunidades diferentes.

Então, existem alguns fatores que você deve analisar em cada escola, seja pública ou privada, antes de tomar uma decisão. Veja:

  1. Quanto tempo a escola dedica ao estudo do inglês?
  2. Qual é o método que a escola utiliza?
  3. A escola conta com professores capacitados?
  4. Quais são as oportunidades de uso prático do inglês?
  5. As turmas são reduzidas?
  6. A escola oferece aulas experimentais?

Já à nível pessoal, você também deve considerar quanto possui para investir, o tempo de deslocamento até a escola, o tempo que seu filho tem para se dedicar e o tempo que você dedicará a acompanhá-lo.

Seja qual for sua escolha, o envolvimento dos pais na educação dos filhos é sempre primordial. A escola sozinha, seja pública ou privada, não fará milagres.

Portanto, tome a decisão que mais se encaixa na realidade da sua família e participe ativamente do aprendizado do seu filho.

Não há apenas um caminho possível para o seu filho aprender inglês. A escolha certa é aquela que mais atende à suas expectativas e realidade.

Curtiu?

Conte para a gente nos comentários!

See you!

Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW
close-link
(Grátis) Baixe o E-book Inglês em 34 Dias - Cronograma Autodidata
Baixar Ebook
close-image