Dez dicas de como manter a motivação ao estudar inglês por um longo período de tempo:

Como aluno/a de inglês, você já deve ter desanimado, ou mesmo sentido que está estagnado em termos de conhecimento ou fluência. É normal se sentir assim depois de muito tempo estudando a língua, quando há uma falta de desafios ou mesmo motivação. Portanto, segue uma lista com dez dicas para estar sempre aprimorando seu inglês, em qualquer uma das quatro habilidades (speaking, listening, reading, writing). 

  1. Defina um objetivo claro: para manter o mesmo nível de ânimo em sua longa jornada de aprendizado, é preciso saber seu destino final. Se, por exemplo, seu objetivo principal é falar inglês fluentemente, você deve realizar exercícios e atividades que o ajudem a desenvolver esta habilidade, como ouvir muitas pessoas diferentes falando em inglês, frequentar um curso de conversação online, afiliar-se a grupos de estudos de inglês, conhecer um/uma falante da língua inglesa e trocar informações, entre outras ações. No mais, você deve refinar seu objetivo ainda mais para que fique mais claro, como: falar fluentemente para viajar ao redor do mundo, para apresentar propostas em reuniões de negócios, para dar entrevistas formais ou informais, para ensinar outra língua, para conhecer novas pessoas, etc.

Observação: É comum haver pequenos desvios ao longo de sua jornada; em determinadas situações, tais desvios são até necessários, para que você possa relaxar, ou mesmo redefinir seu objetivo caso seu interesse mude. Contudo, é importante manter o foco para conservar a motivação.

  1. Junte-se a uma comunidade: agora que já determinou seu objetivo, você pode associar-se a uma comunidade que compartilha a sua intenção, seja ela falar, escrever, ler, compreender, etc. Tais comunidades podem ser encontradas em redes sociais como Facebook ou Reddit, aplicativos como a WhatsApp (existem grupos cujo objetivo é aprender inglês), ou mesmo sites. Algumas indicações são o Italki, site para aprender inglês e juntar-se a comunidades com objetivos em comum; Linguaholic, site gratuito com muitos fóruns abertos e atualizados com frequência, além de proporcionar o ensino de outras línguas além do inglês, como espanhol, coreano e japonês; e My Language Exchange, que contém jogos, atividades, aulas completas, professores em diversas línguas; você pode até encontrar pen-pals, expressão explicada abaixo que significa alguém para trocar informações e aprender uma nova língua.

Estes são alguns exemplos, mas é possível encontrar uma grande variedade de comunidades online. Apenas mantenha seu objetivo em mente ao juntar-se a elas.

  1. Acompanhe seu progresso: para melhor compreender toda a evolução pela qual você já passou e verificar quais os próximos passos para atingir seu objetivo com a língua inglesa, é fundamental que você acompanhe seu progresso. Registre suas conquistas, como novas palavras aprendidas e praticadas, uma estrutura gramatical dominada, uma apresentação longa em inglês realizada. Você pode ainda realizar os chamados “mock tests” online, simulados de exames Cambridge (na ordem: KET, PET, FCE, CAE, CPE). Ao concluir estes simulados, geralmente você recebe um nível ao qual pertence. À medida que for progredindo, o seu nível deve subir, mesmo que seja somente em uma habilidade. Lembrando que os níveis são, na ordem: A1, A2, B1, B2, C1, C2. 
  1. Crie um sistema de recompensas: esta dica e a anterior podem ser usadas também quando você estuda muitas horas de inglês por dia, e precisa se manter focado em seu objetivo. Presenteie você mesmo com um doce, uma pausa mais longa, um tempo determinado jogando online, o que sentir que o deixará motivado para alcançar seu objetivo principal.
  1. Tenha contato com inglês das mais variadas formas: para manter-se motivado e em constante desenvolvimento, você deve ter contato com inglês utilizando fontes diversificadas: pode ser através da internet; de livros literários e teóricos em inglês; seguindo páginas, influencers, youtubers ou streamers que falem sobre um assunto que te interessa em inglês; baixe aplicativos de mapas, jornais, artes em inglês.
  1. Abrace a cultura do inglês: Lembre-se que o inglês é língua oficial ou a segunda língua em diversos países como a Índia, Nigéria, Estônia, Irlanda, entre outros. Conheça outras culturas além da inglesa e da norte-americana e expanda seus horizontes. Você pode encontrar um penpal para trocar informações, por exemplo. Penpal é um termo antigo que significa amigo por correspondência: é uma pessoa originária de outra cultura com a qual você troca informações e conhecimentos sobre determinada língua. Você escreve em inglês e seu penal responde em português ou espanhol, e vocês corrigem e ajudam um ao outro. 
  1. Varie os métodos de ensino: ao longo de sua jornada com a língua inglesa, você irá perceber o que mais funciona para você na hora de aprender, memorizar, praticar, etc. Existem muitas metodologias que você pode explorar caso não se adapte à primeira estratégia de aprendizado com a qual tiver contato, você pode experimentar outra até se sentir confortável. Da mesma maneira, caso sinta que está MUITO confortável e não há evolução em seus estudos, você pode trocar a escola, o seu professor, ou o tipo de aula que está tendo. Algumas metodologias do ensino de inglês são: comunicativa, audiolingual, instrumental, PNL (Programação de Neurolinguística), PBL (Project-Based Learning).
  1. Crie uma rotina de estudos: não importa se seu objetivo é a curto ou longo prazo, é necessário que você crie momentos de estudo, nos quais sua concentração estará focada somente em seu objetivo. Pode ser aquele momento do dia após o jantar, em vez de assistir um filme em português, procurar algo em inglês; no outro dia, ler um trecho de um livro, quadrinho, jornal em inglês. Programe um alarme em seu celular para não esquecer deste momento. Caso tenha mais tempo, você pode dividir seu tempo: as primeiras duas horas são relacionadas a seu objetivo principal, a terceira hora é um pouco mais recreativa, a quarta hora é de produção (oral, escrita, etc). 
  1. Ensine outra pessoa: é lugar-comum afirmar que se aprende mais um determinado conteúdo quando o ensinamos. E isso realmente é verdade. Quando se ensina, você deve estar prepara para quaisquer dúvidas que possam surgir, para explicar tudo de duas ou mais maneiras diferentes, e ainda precisa estar confiante sobre o que está explicando, para que não soe inseguro no que está explicando. Tente ensinar informalmente amigos ou parentes seus conteúdos que você estudou no passado. Algumas escolas de idiomas e universidades oferecem o cargo de monitor de línguas, que é como um professor para tirar dúvidas dos alunos de níveis básicos. 
  1. Desafie-se: para não desanimar, é essencial sempre aceitar novos desafios, sejam estes apresentar em público, ouvir um podcast completo em inglês, escrever uma crítica, interagir com estrangeiros em público, entre outros. Você tem potencial e é capaz de aprender inglês e qualquer outra língua! Não se esqueça ainda que cada um tem seu tempo de aprendizado, uns tem mais facilidade em falar e dificuldade em escrever, enquanto para outros é o contrário.

O que achou de nossas dicas? Você tem alguma outra para acrescentar que funciona para você? Compartilhe nos comentários e abrace a imensidão da língua inglesa conosco!

0 0 votos
Nota para o Artigo

Artigos que podem interessar a você:

Se inscreva
Me notifique
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários