É possível aprender inglês em 6 meses?

Como muitas escolas de inglês oferecem cursos de longa duração, muitas pessoas acreditam que o aprendizado desse idioma necessariamente precisa levar alguns anos.

Contudo, a aquisição de uma língua estrangeira nem sempre demora tanto assim.

Se você quer acelerar o seu aprendizado, continue a leitura deste artigo e descubra seis maneiras práticas e fáceis de fazer isso.

Ready? Let’s go!

Seis passos para aprender inglês em seis meses

Aprender inglês em um período mais curto de tempo, como seis meses, não só é possível, como totalmente realizável.

Siga os seis passos a seguir e atinja esse objetivo de uma vez por todas!

#1 Foque na comunicação

Aprender inglês em seis meses é um feito já realizado por muitas pessoas. Contudo, atingir a fluência nesse idioma não significa que você rapidamente sairá falando como um nativo.

Antes de começar, você precisa saber que ser fluente em uma língua significa que você tem facilidade de se comunicar nela, e você deve manter esse objetivo em mente durante seus seis primeiros meses de dedicação.

Foque em entender e ser entendido, não em pronunciar cada palavra rápida e perfeitamente, e você avançará a passos largos, pois diminuirá a pressão e crítica que coloca sobre si durante o processo de aprendizado.

Alinhe suas expectativas com a real função da língua, foque em se comunicar!

#2 Faça uma imersão auditiva

Como você já deve ter observado, toda criança passa meses ou até anos escutando os pais e familiares antes de tentar pronunciar suas primeiras palavras. Por isso, não há nada mais natural do que começar a assimilar um novo idioma por meio do listening.

Exponha-se ao inglês falado o máximo que puder, seja por meio de vídeos, áudios, podcasts, séries, filmes ou até mesmo o TikTok.

Quanto mais contato você tiver com a forma falada do inglês, melhor será sua compreensão dos sons, da entonação, do ritmo, dos sotaques, do significado das palavras em contexto e assim por diante.

No final de seis meses, você se sentirá tão imerso nesse idioma que pensar e falar em inglês não será algo tão contraintuitivo assim.

#3 Comece por temas do seu interesse

O sucesso da sua imersão auditiva na língua inglesa depende do quanto você está interessado no que ouve, isto é, do quanto o assunto discutido nos áudios e vídeos escolhidos chama a sua atenção.

O seu cérebro se esforçará para entender aquilo que é importante para você. Então, não adianta muito querer se forçar a prestar atenção em algo que já não faz parte da sua vida pessoal ou profissional.

Sempre prefira escolher temas e situações comunicativas com as quais você já tenha familiaridade na sua língua nativa. Caso contrário, você estará se expondo a duas coisas totalmente fora da sua zona de conforto e isso será contraproducente para falar inglês em seis meses.

#4 Use o que você já sabe

Você não precisa saber toda e qualquer palavra do inglês para começar a falar. Use o que você já sabe, teste combinações diferentes e tire o máximo proveito do conhecimento que já tem para se comunicar.

Imagine que está em uma situação de vida ou morte e precisa transmitir uma mensagem apenas com o que sabe. Como você faria isso? Coloque o cérebro para trabalhar!

É certo que, com o tempo, você aprenderá cada vez mais recursos da língua para utilizar, mas se surpreenderá com tudo o que pode comunicar com algumas poucas palavras básicas adquiridas nesses seis primeiros meses. Faça o teste!

#5 Associe vocabulário com imagens

Uma característica da língua que muitas pessoas ignoram é que nós a associamos com imagens o tempo todo.

Por exemplo, quando você fala “cadeira”, em português, com certeza já associa essa palavra com uma imagem padrão desse objeto. Talvez, você se lembre da cadeira da sua cozinha, do seu escritório ou de qualquer outro espaço com que tenha familiaridade, mas alguma imagem vem à mente.

Esse tipo de associação também deve ser construído com a língua inglesa. Busque aprender palavras novas com imagens, busque no Google, em vídeos e outros recursos visuais que imprimam uma foto no seu cérebro.

Assim, você terá uma relação muito mais forte com as palavras que aprende e os seis meses de estudo valerão por muito mais.

#6 Fale usando o corpo

Por fim, preste atenção em como movimenta seu corpo, boca e língua na hora de falar inglês. Afinal, um idioma também faz com que trabalhemos nossos corpos, e os músculos que utilizamos possuem memória.

Quando mais acostumado você estiver ao falar inglês, mais confortável se sentirá ao se expressar nesse idioma estrangeiro.

Seu corpo verá essa atividade como algo tão natural ao final de seis meses de prática intensa que a “troca de chip” entre o português e o inglês ocorrerá de forma muito mais fácil.

Curtiu?

Então, comece a colocar todas essas seis dicas em prática e saia se comunicando no inglês em muito menos tempo.

Believe in yourself, trust the process!

You can do it!

Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Download Gratuito

Cronograma Autodidata Para Aprender Inglês Básico Em 34 Dias

Baixe agora clicando no botão abaixo
DOWNLOAD NOW
close-link
(Grátis) Baixe o E-book Inglês em 34 Dias - Cronograma Autodidata
Baixar Ebook
close-image