Babbel ou Duolingo? Descubra o aplicativo ideal para estudar inglês

Quem deseja ou está tentando aprender inglês sem ter as convencionais aulas com professores provavelmente já conhece o popular website e aplicativo para smartphone Duolingo.

Apesar de menos conhecido, o concorrente Babbel também é um dos recursos mais procurados pelos autodidatas em idiomas no Brasil.

Com a nossa comparação, você entenderá por quê eles são tão famosos e seus principais pontos negativos e positivos em relação ao aprendizado concreto de inglês, para escolher o que funciona melhor para você.

Babbel

babbel

Cursos relativamente eficientes, com investimento financeiro

            Babbel foi fundada em 2007 e, conforme seu website, foi considerada “a empresa de educação mais inovadora pela Fast Company, revista referência em inovação e negócios,” sendo o primeiro aplicativo de tecnologia educacional no mercado.

            Comprovadamente eficiente no ensino de idiomas, possui milhões de assinantes ao redor do mundo.

Custo-benefício

            Um ponto essencial onde os aplicativos divergem: enquanto Duolingo é gratuito, Babbel está disponível apenas para quem contrata o serviço pago.

Para utilizar o Babbel você tem de fazer o investimento de, no mínimo, pouco menos de 7 dólares por mês. Os contratos disponíveis são para 1, 3, 6 ou 12 meses e o custo-benefício melhora de acordo com quanto tempo você se compromete:

            Para 12 meses, o assinante paga US$ 6,95 por mês, ou US$ 83,40 ao ano.

Oportunidade: Quer aprender inglês rápido? Veja o ranking dos melhores cursos de inglês online – Clique Aqui

            Para 6 meses, o assinante paga US$ 7,45 por mês, ou US$ 44,70 por semestre, somando US$ 89,40 ao ano.

            Para 3 meses, o assinante paga US$ 8,95 por mês, ou US$ 26,85 por trimestre, somando US$ 107,40 ao ano, 22% a mais do que no contrato anual.

            Não há informações claras sobre o valor da contratação mensal.

            É possível testar gratuitamente a primeira lição de cada curso. Após a contratação, é possível pedir o reembolso completo do curso durante o período dos vinte primeiros dias, entrando em contato com o Atendimento ao Cliente.

            O contrato é válido para um único idioma, mas para todos os cursos e níveis disponíveis para aprendê-lo, ou seja, a mensalidade custará o mesmo até o fim dos estudos e independente do plano de estudos que o estudante decidir seguir na plataforma.

            O preço da assinatura não aumenta enquanto ela está ativa, mesmo que a empresa atualize o valor para novos contratos.

Formas de pagamento

            Se o contrato é feito pela web e o pagamento com cartão de crédito, você também pode utilizar o aplicativo em outros dispositivos móveis livremente.
            Segundo o site da Babbel, também é possível realizar o pagamento através da Google Play Store ou da Apple Store nos aplicativos para iOS e Android, mas são aplicados diferentes preços e condições, dependendo das políticas destas lojas virtuais em cada país.

            Os cartões de crédito aceitos no Brasil são Visa, Mastercard, American Express e Elo. A opção PayPal não está disponível para pagamentos efetuados do Brasil. Se o assinante tem conta bancária em um dos seguintes países, pode pagar também por débito automático: Alemanha, Holanda, Áustria, Bélgica, Espanha ou Itália.

            No Brasil, a Babbel não aceita boleto bancário, débito bancário e transferência bancária, mas a empresa expressa em seu website o intuito de expandir as formas de pagamento.

            O valor total do contrato é debitado de uma vez no momento da compra, de acordo com a duração do curso que você escolheu (mensal, trimestral, semestral ou anual). A renovação contratual é automática, sendo impedida apenas pelo cancelamento.

Cancelamento

O serviço pode ser cancelado a qualquer momento, até mesmo um dia antes do vencimento do próximo pagamento. Mesmo cancelando, você pode continuar utilizando o Babbel até o fim da assinatura vigente, ela apenas não será mais renovada automaticamente.

O que é oferecido para o aprendizado de inglês         

            Entre os cursos de base e os temáticos, como viagem, tradições culturais, gramática, dialetos e mais, há muito conteúdo de qualidade.

Há um espaço de revisão, que armazena todas as palavras e frases das lições feitas, e pode ser navegada da forma que o assinante escolher, assim como o estudante decide a cronologia de todo o curso. A plataforma, principalmente na versão web, possui ferramentas para o estudante compreender seu progresso.

            Os exercícios disponíveis foram criados por profissionais da educação ou especialistas em idiomas. São mais de 60 mil lições em uma grande variedade de temas.

            Todo o material de áudio é gravado com falantes nativos de inglês. É possível realizar o download dos cursos para estudar também quando estiver off-line e o download do app é gratuito.

Um certificado pode ser emitido ao fim do curso pela página web. Ele aponta o nível alcançado e o conteúdo visto, mas não possui informações de carga horária.
           

Principais pontos positivos

  • Babbel conta com especialistas que criam novos conteúdos para os cursos frequentemente, o que garante qualidade, atualidade e variedade.

  • Em geral, quando há um investimento financeiro, as pessoas tendem a se dedicar mais aos estudos.

  • Apesar de não ser um curso com professores, o preço proporciona custo-benefício por um curso autodidata confiável.

  • O assinante escolhe como quer aprender a partir de uma variedade de conteúdos.
  • Estudos acadêmicos realizados na Yale University e outras grandes universidades comprovam a eficácia do método Babbel.

  • Não há ads (propagandas), o que ajuda o estudante a manter o foco nos estudos.

  • Website claro e de fácil navegação. Suporte técnico claro, completo e de fácil navegação através da página FAQ. Atendimento ao Cliente disponível.

Principais pontos negativos

  • Não é o tipo de curso ideal para se tornar fluente, sendo recomendado por profissionais como suplemento educacional.

  • O estudante é responsável por organizar os estudos e manter a motivação, o que pode ser difícil para muitas pessoas.
  • Apesar do design “sério” da plataforma ser considerado um ponto positivo para algumas pessoas, é um ponto negativo no âmbito da universalidade o fato do curso ter apenas adultos como público alvo.

Duolingo

Duolingo

Recursos simples e gratuitos em design infantil

            Usando a lógica dos games, o método Duolingo é completamente diferente do Babbel. Apostando em lições curtas e viciantes, o site e app também tem um design de jogo, e não de curso. Há uma ênfase infantil: tem figuras de bichinhos e é bem colorido.

            A empresa inovou democratizando extremamente o ensino autodidata de idiomas, ou seja, Duolingo criou um sistema onde qualquer pessoa, em qualquer lugar, com qualquer idade, pode aprender o básico e conseguir se comunicar um pouco em uma língua estrangeira. Dentro das inevitáveis limitações de algo feito para ser gratuito e universal, o aplicativo se mostrou eficiente e possui mais de 100 milhões de usuários ao redor do mundo.

Vale a pena tentar aprender inglês com Duolingo?

            Uma dúvida frequente entre os autodidatas refere-se ao custo-benefício do tempo investido no Duolingo: se o objetivo é realmente aprender um idioma, vale a pena dedicar-se a este método?

            Jogos são ferramentas super eficientes para fixar ou até mesmo introduzir vocabulário e o método Duolingo, em si, de fato funciona para aprimorar os conhecimentos de inglês, porém é necessário ressaltar que seu conteúdo tem pouquíssima variedade e não é propriamente completo. Ou seja, vale a pena usar o Duolingo para estudar, mas não como a única fonte de conteúdo e sempre checando em outras fontes a seu dispor se o que você está entendendo é correto.

O que é oferecido para o estudo de inglês

Primeiramente, o Duolingo oferece a sensação de que o usuário não está estudando sozinho. Ao começar os estudos na plataforma, é possível definir metas a alcançar periodicamente. Quando se completa uma tarefa, o Duolingo comemora com sons e imagens festivas. Quando o estudante erra, perde pontos. Se “falta”, recebe e-mails o lembrando de fazer as lições.

A estrutura de game em si também é extremamente motivacional por ser, até certo ponto, viciante, o que ajuda sobretudo estudantes que perdem facilmente o foco.

Apesar de não dar conta de tudo o que engloba cada nível de inglês, o conteúdo abrange pontos essenciais da comunicação.

É possível refazer os exercícios e revisar conteúdo.

Principais pontos positivos

  • É completamente gratuito. Vale a pena testar e decidir por si mesmo se é um método que funciona como reforço dos seus estudos.

  • Há muitos estímulos motivacionais.
  • Pode ser usado por crianças.

  • Plataforma de fácil navegação.
  • O próprio Duolingo está constantemente te lembrando do seu progresso e o quanto falta para atingir sua próxima meta. Em comparação com a Babbel, você não é responsável por analisar o quanto progrediu.

Principais pontos negativos

  • É necessário seguir a ordem dos conteúdos disposta.

  • Possui ads (propagandas) e para removê-los é necessário pagar pela versão Plus.
  • Não é capaz de tornar o estudante fluente, sendo recomendado por profissionais como suplemento educacional.

  • Há pouquíssima explicação do conteúdo.
  • As lições tem  foco na escrita no começo, o que não funciona universalmente.
  • Aposta majoritariamente na repetição para fixar o conteúdo, quando existe uma pluralidade de métodos além deste.

Não possui lições de conversação.



Não Fique de Fora:

E, se você está procurando algo definitivo, do básico a fluência, e nada que você já tentou deu certo. Veja se você já não viu essas opções que já ajudaram mais de 1300 pessoas a aprender inglês fluente. Clique no botão abaixo para ver:


redes sociais:

Recomendados para você:

    Mario Anaya
    Últimos posts por Mario Anaya (exibir todos)
    Se inscreva
    Me notifique

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    0 Comentários
    Comentários em linha
    Exibir todos os comentários