Has é utilizado na 3ª pessoa do Singular – He/She/It.

Have é utilizado para I/You/We/They.

Ambos são flexões do verbo “to have”.

Hoje vamos falar sobre flexões verbais. Como muitos estudantes se confundem com os tempos verbais ao redigir um texto, decidimos dedicar um post a esse tema.

Let’s go.

O verbo “to have” significa ter. Quando flexionados, ele pode surgir como “has” ou “have”.

Vale mencionar que “has” é utilizado na 3ª pessoa do Singular (He/She/It). Logo, “have” é utilizado com as demais.

O “have” pode ser utilizado como:

1º Verbo principal.

Ex.: I have to go to the hospital right now.

Eu tenho que ir ao hospital agora.

John and Lucy have two kids.

John e Lucy têm dois filhos.

2º Como auxiliar. Cabe acrescentar que, quando ele aparece em uma frase com verbo auxiliar, não há significado.

Ex.: I have been to Italy.

Eu estive na Itália.

We have been living in California since 2008.

Nós estamos morando na Califórnia desde 2008.

O “has” pode ser utilizado como:

1º Verbo principal

Ex.: Zyon has a good family.

Zyon tem uma família boa.

Janet has four sisters.

Janet tem quatro irmãs.

2º Como auxiliar. Tal qual acontece com o “have”, o “has”, quando aparece em uma frase com verbo auxiliar, não há significado.

Ex.: I am tired. It has happened my times.

Eu estou cansado. Isso já aconteceu muitas vezes.

Robert has been living in Thailand since 2015.

Robert está morando na Tailândia desde 2015.

Como podemos observar nas sentenças elencadas acima, a única diferença entre “has” e “have” é o pronome. Logo, se o verbo aparecer acompanhado dos pronomes “He/She/It”, devemos utilizar o “has”. Caso os pronomes “You/I/We/They” estejam na frase, deve-se empregar o “have”.

Lembre-se que a prática é fundamental para adquirir a tão sonhada fluência no idioma!

Bye-bye!