As 5 melhores faculdades para intercâmbio nos EUA

Quer fazer um intercâmbio para os Estados Unidos e não sabe por onde começar a pesquisar para descobrir a instituição que mais combina com sua profissão ou com suas ambições pessoais? Esta lista pode te ajudar, pois traz um panorama geral de processos de intercâmbio em 5 das melhores universidades estadunidenses e algumas dicas para brasileiros de diversas áreas acadêmicas interessados em estudar nelas.

  1. Princeton University

Uma das oito universidades mais prestigiadas do país (as renomadas instituições “Ivy League”), Princeton oferece programas de intercâmbio em Tecnologia que duram de 1 a 6 semanas, para jovens de 13 a 17 anos com nível intermediário a avançado de inglês. Este tipo de curso tornou-se comum através de uma iniciativa chamada iD Tech Camp, que promove cursos de verão em parceria com universidades dos Estados Unidos, como Princeton.

Oportunidade: Quer aprender inglês rápido? Veja o ranking dos melhores cursos de inglês online – Clique Aqui

  1. Yale University

Também parte da Ivy League, a Yale tem parceria com a Universidade de São Paulo. Alunos da USP tem muito mais oportunidades para intercâmbios com ou sem bolsa.
Há uma oportunidade extra para os pós-graduandos, pois foi criado o Fox International Fellowship, um programa de intercâmbio de estudantes de pós-graduação entre Yale e 20 parceiros acadêmicos em todo o mundo com o objetivo de melhorar a compreensão mútua, e a USP é a única Universidade parceira deste programa no Brasil. Além da USP, Yale também mantém uma relação com diversas unidades da FGV (Fundação Getúlio Vargas): a Escola de Administração de Empresas da FGV São Paulo é membro da Global Network for Advanced Management (GNAM), da Yale School of Management. A FGV Rio de Janeiro também tem forte relação com a universidade em diversas instâncias.
Para doutorandos também há vantagens: a CAPES também é parceira de Yale e, de tempos em tempos, surgem oportunidades de doutorado com bolsa.
Além dos intercâmbios acadêmicos, existem ainda oportunidades para os mais jovens. O Yale Young Global Scholars Program (YYGS) promove cursos de verão sobre assuntos como política, direito, tecnologia, engenharia e empreendedorismo com duração de duas semanas.

  1. Massachusetts Institute of Technology

A Massachusetts Institute of Technology (MIT) é considerada frequentemente a melhor universidade do mundo. Outro ponto de destaque da instituição é que cerca de 30% do corpo discente provém de outros países e essa porcentagem é ainda maior em cursos de pós-graduação.
Apesar de ser uma das universidades que mais admite alunos brasileiros fora do Brasil, a MIT também demanda um processo demorado e concorrido. O candidato precisa ter um currículo que liste absolutamente todas as suas competências, experiências acadêmicas e profissionais, assim como qualquer atividade extracurricular, e tudo isso é examinado pelos avaliadores. Além do currículo, é necessário no mínimo duas cartas de recomendação por alguém de nível de estudo superior ao seu que conheça seu desempenho acadêmico ou profissional.
É comum que os avaliadores dos pedidos de intercâmbio avaliem as ambições gerais na vida do estudante, buscando criar uma visão holística de quem é a pessoa e se possui uma personalidade que se alinha com a excelência da universidade.

Para realizar o pedido de convênio entre sua universidade e o MIT em cursos de graduação ou pós-graduação, você deve procurar a agência responsável pelos intercâmbios acadêmicos na sua instituição de ensino.

  1. Harvard University

A Universidade de Harvard possui um programa que organiza e seleciona os melhores estudantes para programas de intercâmbio de 6 a 12 meses na instituição: o VUS – Visiting Undergraduate Students.
O processo seletivo envolve cartas de recomendação de professores da sua Universidade de origem, assim como uma carta pessoal sobre suas intenções nos estudos. Basicamente é um processo idêntico ao de admissão normal em Harvard, mas os alunos VUS não passam pela temida entrevista com os avaliadores.
Infelizmente, este programa não inclui auxílio financeiro e o valor do ingresso como intercambista varia com um teto de 40 mil dólares por semestre. Contudo, principalmente em áreas como Direito, Medicina e Engenharias, existem diversas bolsas parciais de iniciativas privadas tanto no Brasil quanto nos EUA que premiam alunos com intercâmbios aprovados em Harvard.

  1. Brown University

A Pontifícia Universidade Católica (PUC), em especial a PUC-Rio, possui um convênio com a Brown University. Esta parceria inclui auxílios financeiros para moradia e alimentação de alunos de pós-graduação com duração de três a quatro meses para qualquer área do conhecimento.
A Universidade de São Paulo (USP), através da AUCANI (Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional), frequentemente cria relações de intercâmbio com a Brown. No passado, houveram oportunidades de bolsa para estudos nas áreas de responsabilidades humanitárias (abrangendo cursos desde Ciências Sociais à Engenharias e Direito), mas é necessário atentar-se para aproveitar essas oportunidades no momento em que são lançadas, pois nada garante que se repetirão no ano seguinte.

A Alpert Medical School (faculdade de Medicina da Brown) promove muitos intercâmbios anualmente e possui parceria com o Estado Brasileiro. Esta abertura torna um pouco mais fácil o processo de solicitação de uma vaga de intercâmbio para estudantes de Medicina no Brasil.


Não Fique de Fora:

E, se você está procurando algo definitivo, do básico a fluência, e nada que você já tentou deu certo. Veja se você já não viu essas opções que já ajudaram mais de 1300 pessoas a aprender inglês fluente. Clique no botão abaixo para ver:


redes sociais:

Recomendados para você:

    Últimos posts por Arantxa Pellicer Meira (exibir todos)
    Se inscreva
    Me notifique

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    0 Comentários
    Comentários em linha
    Exibir todos os comentários