Verbos irregulares

Estudar os verbos regulares é simples, né? Basta colocar _ed e adequar a ortografia caso precise. Mas os verbos irregulares no passado são um pouquinho diferentes, e nós vamos entender por quê.

What are the irregular verbs?

Os verbos irregulares [mais ou menos 180] são aqueles que não seguem o padrão regular de passado do inglês, o _ed: today I need, yesterday I needed. Assim, estes verbos não tem uma regra específica – a solução é praticar e aprender! 🙂

Apesar de a maioria dos verbos seguir um padrão regular, os verbos mais usados do inglês são… irregulares! Vamos começar por eles?

verbo no infinitivopassado simplesparticípio
to bewas [sing.] or were [plural]been
to dodiddone
to havehadhad
to comecamecome
to getgotgot or gotten [usa]
to gowentgone
to knowknewknown
to makemademade
to saysaidsaid
to seeseeseen
to taketooktaken
to thinkthoughtthought

Assim, os verbos irregulares são aqueles cujo passado e particípio se alteram. Como já foi dito, não existe uma fórmula mágica para aprendê-los, uma vez que não existe previsibilidade ou regra. Já já vamos aprender alguns jeitos bem legais de estudar os irregular verbs. Agora deixa eu te contar uma coisa: alguns verbos irregulares são chamados assim porque não recebem _ed, mas também não mudam de forma….

Verbos irregulares que não mudam

Existem alguns verbos que usam a mesma estrutura no presente e no passado, ou seja, o verbo segue igual. Isso é um alívio, né? Já deixa a nossa lista de verbos bem menor! 😛

Os verbos bet, broadcast, cut, hit, hurt, let, put, quit, read, set, shut e spread são os verbos que não mudam.

Como estudar os verbos irregulares

Apesar de não terem uma lógica exata, existem alguns padrões que se repetem e que são úteis na hora de estudarmos os verbos irregulares. Para que você não se sinta sobrecarregado, organizei este passo a passo para você aprender devagarinho.

1. comece estudando os verbos que não mudam – eles não são exatamente os mais comuns do inglês, mas são verbos fáceis de você praticar em sua rotina, e a facilidade deles é que, praticando bem por algum tempo, você vai internalizá-los sem grandes problemas.

2. depois de se familiarizar com os verbos que não mudam, foque nos verbos da tabela deste artigo, os mais comuns do inglês. Esses verbos já vão suprir uma demanda bem legal na sua comunicação. Escolha quatro ou cinco na primeira semana, e vá acrescentando dois ou três novos verbos a cada semana seguinte. Pratique sempre com seus arredores [sua casa, seu trabalho, sua vida pessoal, acadêmica e profissional], pois é mais fácil fixarmos através de situações com as quais nos relacionamos e temos alguma memória afetiva.

3. agora vamos focar nos verbos passados que não mudam no particípioaqui você encontra todos os verbos irregulares do inglês, e quero que você encontre aqueles cujas formas passadas são iguais e, dentro deles, escolha quantos julgar necessário para começar a praticar.

4. ainda dentro dos verbos que não mudam seu passado, observe que existem alguns padrões de sons: buy/bought, think/thought, bring/brought. Faça destes padrões seus aliados e estude os verbos em grupo.

5. agora é hora de se jogar nos verbos que tem formas diferentes no passado e no particípio, como o eat [ate/eaten] e o take [took/taken]. E aqui, novamente, apesar de não termos um padrão para os irregulares, podemos encontrar semelhanças nas grafias e sons dos verbos, então use e abuse destas coincidências!

Os verbos iregulares são um assunto exaustivo, apesar de encantador para quem gosta de dissecar a gramática. Lembre-se de que você não precisa e não vai aprender tudo de uma vez – o conhecimento se consolida com o tempo.

See you at another article! 🙂

Últimos posts por Redação Equipe (exibir todos)
Se inscreva
Me notifique

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários