27 Dicas de Como Aprender Inglês Sozinho, Mais Rápido, Hoje

Existem muitas técnicas sobre como aprender inglês sozinho.

Eu separei as ideias boas das ruins, e selecionei as 27 melhores que funcionam.

São técnicas simples e práticas que qualquer pessoa em qualquer nível pode implementar para ter resultados hoje.

1# Aprenda O Vocabulário Básico

Você não sabe por onde começar a aprender inglês sozinho? Aqui a solução:

Aprenda as 625 palavras do vocabulário básico de inglês!

Sem essas palavras, simplesmente não terá base suficiente para aprender o idioma...

Aqui estão as 625 palavras do inglês:

<<Download>>

Como aprender essas palavras da forma correta?

Uma de cada vez! Busque apenas as que desconhece.

Há duas formas de aprender, sua escolha dependerá muito de a qual você se adapta.

1º Forma, método de tradução, com um dicionário descubra a tradução e anote em um caderno.

Palavras inglês = tradução

Importante que estude, uma a uma, cada palavra - não pegue todas as palavras e jogue no Google tradutor.

2º Forma, de aprender essas palavras é utilizar a ferramenta de imagens do Google:

Você vai pegar essas palavras uma a uma e colocar no Google Imagens.

O site apresentará resultados de imagens e você vai simplesmente copiar e colar, em uma ferramenta chamada ANKI. Veja a imagem:

Mais à frente vou explicar detalhadamente como utilizá-la, mas já posso adiantar que é um cartão virtual com frente e verso.

Na frente coloca a imagem e atrás do cartão está a palavra em inglês.

2# Utilize uma técnica de memorização científica para decorar para sempre uma palavra

Para aprender inglês sozinho entenda como a sua memória funciona.

Existem três memórias: a de curto prazo, a de médio prazo e a de longo prazo.

Informações não traumáticas ou especiais são esquecidas no dia seguinte, uma vez que estavam na memória de curto prazo.

Como guardar uma informação não traumática ou especial em nossas memórias de médio a longo prazo?

Se você revir o conteúdo estudado em espaços de tempo determinados, reterá a informação na memória de médio prazo!

Pois você evita à queda na curva do esquecimento descoberta pelo cientista alemão Hermann Ebbinghaus.

Se quer decorar definitivamente uma palavra, basta que revise no seguinte padrão:


Isso mesmo, apenas algumas vezes, como uma hora depois, um dia depois, uma semana depois e 1 mês depois!

Essa técnica se chama repetição espaçada. Utilizando-a terá a palavra guardada na sua memória de médio prazo.

Simples, não?

3# Utilize o Anki para realizar o exercício de revisão e colocar todo o vocabulário na memória de médio prazo

Como explicado anteriormente, existe um aplicativo de celular de revisão do conteúdo de nome ANKI (ele é grátis versão PC).

Se tem o Android, basta visitar aqui para baixá-lo.

Se tem o IOS, basta visitar aqui para baixá-lo. (Correção é pago no IOS)

Após instalado, você vai ter um baralho padrão.

Neste baralho é possível colocar todas as palavras novas.

O melhor do aplicativo é que ele já vem configurado com a teoria do esquecimento.

Ou seja, você só terá o trabalho de checar todos os dias se tem palavras novas que precisa revisar, e o aplicativo irá lhe dizer!

Mas não é só isso!

Para ser mais perfeito ainda, o aplicativo oferece uma extensão que permite escutar a pronúncia da palavra!

Se você estuda no computador, na aba de ferramentas, escolha complementos e clique em extensões.

Irá abrir uma caixa a qual pedirá um código, e você digitará 301952613

Isso adicionará a extensão chamada Awesome TTS (Text to Speech).

Agora, quando for acrescentar novos cartões, basta selecionar a palavra em inglês e clicar no ícone do alto falante conforme imagem abaixo.

E pronto: você agora está estudando a pronúncia também!

Ótimo para usar para as primeiras 625 palavras básicas do vocabulário de inglês!

4# Aprenda Inglês com Filmes Estudando e Não Só assistindo

Se divertir e aprender: quem não deseja isso?

Mas... vai com calma!

Não tem nada de divertido aqui: se quer estudar inglês com filmes não basta assistir uma vez, tem que repetir e aprender cada expressão ou palavra. Veja o artigo abaixo:

Como Aprender Inglês com Filmes

5# Aprenda Inglês lendo

Ler é a forma mais eficaz de aprender estruturas do idioma inglês e fixá-las em sua mente.

Mas também não trate como unicamente diversão, você precisa entender o livro de verdade, cada palavra, não fingir que está entendo o contexto. Veja o artigo abaixo:

Como aprender a ler em inglês

6# Faça um plano de estudo de inglês Semanal

Se não estudar todos os dias inglês você vai fracassar, a maioria dos estudantes que se sentem perdidos estudando a língua é porque são incapazes de criar um plano de estudo eficaz. Veja o artigo abaixo:

Plano de estudo Semanal Passo a Passo

7# Faça um amigo estrangeiro

Por mais que estude sozinho, você precisa em algum momento que alguém o ouça e possa assim lhe dar o feedback. Muitas vezes achamos que estamos falando bem, mas você pode se assustar quando um estrangeiro não entender o que falou. Veja o artigo abaixo:

13 Sites para falar com nativos

8# Aprenda a Escrever em Inglês utilizando correção

Escrever hoje é tão importante quanto falar, já que as mensagens instantâneas dominaram a comunicação, assim como Facebook, e-mails... aprender a escrever pode ser um importante fator para seu aprendizado e nada melhor do que escrever com tutoria.

Como aprender a escrever em inglês

9# Aprenda Inglês com Músicas

Aprender inglês e se divertir é conveniente, você vai utilizar músicas que ama e ainda aprender! Agora, para estudar é diferente: tem que escutar muitas vezes! Só assim você poderá dominar todas as palavras. Veja o artigo abaixo:

Como Aprender Inglês Com Músicas

10# Use a técnica de Shadowing para falar bonitão em inglês

Já pensou em falar da mesma forma que um americano?

Ou um britânico!

Você quem decide, e é muito possível alcançar esse objetivo, afinal nada melhor do que falar bonito inglês, não é mesmo?

Para isso vou te ensinar uma técnica chamada de Shadowing (guarde esse nome para pesquisar mais sobre o assunto depois).

A primeira coisa que você deve selecionar é um vídeo em inglês de um Youtuber favorito americano com que você se identifica cuja pronúncia deseja copiar.

A grande maioria serão americanos, mas você pode escolher um britânico, basta procurar no Google “Best Uk Youtubers”

Encontrou alguém?

Agora, veja se o responsável pelo vídeo fornece uma legenda para você. Se sim, siga adiante.

Se não, você vai ter que pegar esse vídeo e enviar para alguém fazer a legenda para você. Não é muito caro, mas é em dólar e você precisa de um cartão internacional ou o Paypal para realizar o pagamento.

Recomendo o site REV.COM - 1 dólar o minuto.

Isso é bom para já ir aprendendo a comprar dos gringos... uma vez que depois que você aprende inglês gastará muitos dólares. Depois de recebida a legenda exata da fala da pessoa, você vai ver o vídeo que escolheu inúmeras vezes e ler ao mesmo tempo, assim pega a pronúncia das palavras.

Algumas anotações úteis que você deverá fazer no seu material impresso (transcrito do vídeo).

Palavras que eles falam juntos são os chamados CHUNKS de linguagem (mais à frente explicarei exatamente o que são)- pronuncie esses chunks como se fosse uma única palavra. Eu costumo fazer um arco com caneta vermelha acima do chunk.

Anote também palavras e expressões que você achou diferente do que você achava.

Agora você vai ler em voz alta ao mesmo tempo em ouve o áudio!

Você vai repetir e repetir provavelmente mais de 50 vezes!

O seu objetivo é que você imite o seu Youtuber exatamente.

Após isso, depois deverá verificar se está indo bem na repetição da seguinte forma:

Você vai gravar um vídeo lendo na mesma velocidade em que está ouvindo o seu Youtuber.

Pronto! Veja o vídeo do youtuber sem a voz e coloque a sua!

É muito divertido isso porque vai parecer você falando no lugar do Youtuber!

Você pode também pedir para algum professor ou algum nativo  avaliar a sua pronúncia.

Beleza, mas qual o sentido de tudo isso?

Inglês é muito mais complexo do que saber vocabulário ou entender a gramática.

Há toda uma musculatura e um jeito de falar que inconscientemente desenvolvemos, somente com muita prática... e pode ter certeza, que após esse exercício sua musculatura do inglês se desenvolveu muito...

11# Compre um Kindle para fazer crescer o vocabulário de forma exponencial

Isso é uma coisa que poucos falam:

Como aprender inglês com um Kindle. O aparelho tem funções interessantes.

Por exemplo, eu gosto de ler muito sobre psicologia, síndromes e etc, é uma coisa que amo, e os textos dos livros são complexos: não basta você saber inglês... é praticamente impossível não encontrar palavras desconhecidas nesses livros.

E o aparelho ajuda no aprendizado de língua, ele fornece um dicionário em tempo real em que você seleciona uma palavra e ele, mostra o significado em inglês, o Wikipédia ou a tradução, à sua escolha.

E o melhor é que ele guarda essa palavra para você, então, depois que você termina um livro, todas as palavras estarão em um banco de dados no próprio aplicativo como se fosse o ANKI, mas sempre transfira para o ANKI depois, uma vez que, apenas o ANKI tem a memorização espaçada.

12# Utilize aplicativos para aprender inglês

Aqui eu listei os melhores aplicativos para você aprender inglês sozinho.

13# Utilize a internet para estudar com os melhores sites para aprender inglês

A internet pode ser uma grande aliada, se você pretende aprender inglês sozinho.

Por isso eu listei por categoria os melhores sites da internet para aprender inglês, assim você selecionará os mais legais, para sua metodologia de aprendizado.

 As categorias foram dicionários, sites de inglês com filmes, inglês com música, site com textos em inglês com áudio para praticar, sites com jogos.

14# Utilize a leitura bifuncional para aprender inglês

Essa é uma técnica muito famosa, eu nunca utilizei algo do tipo, mas há inúmeros poliglotas ,como Mairo Vergara, que defendem muito essa técnica.

Como funciona?

Você irá pegar um texto com áudio que tenha uma tradução literal.

Primeiro você ouve o áudio em inglês junto ao texto em inglês.

Depois você compara com o texto em português que é uma tradução literal (não adaptada) do texto em inglês.

O autor dessa técnica é fundador da empresa Assimil - fiz um artigo completo sobre isso.

O objetivo é você pegar similaridades entre os idiomas, como são construídos os textos em inglês, comparando com a tradução literal.

E por muito observar e treinar você aprenderá o idioma.

15# Crie um mundo onde só exista inglês

Comece a frequentar bares, reuniões de pessoas que falem inglês! Você pode encontrar muitas no site meet up. Mesmo que você não fale nada, isso vai te inspirar e te motivar.

Ninguém te julgará uma vez que todos estão nervosos...

Eu ia a shows de stand-up em inglês, teatros, era muito divertido e principalmente mantinha minha motivação.

Além disso, no mundo online você pode mudar as configurações do seu Facebook para o inglês, e seu celular também.

Pode também participar de grupos. Por exemplo, se você é um nerd como eu, pode participar de grupos no Facebook de interesse, como “cultura pop” , começar a curtir páginas em inglês... encher seu feed de notícias de páginas de americanas, fazer amigos com pessoas americanas, para você aprender cada vez mais!

Eu também amo escrever e leio todos os blogs sobre escrita americano: me inscrevo na lista deles, me inscrevo em canais de youtuber gamers americanos... Praticamente não consumo cultura pop em português.

Essa dica é muita valiosa e pode ser o diferencial se você irá aprender inglês fluente ou não.

16# Aprenda Gramática

Falar em um inglês bonito sem falar de gramática é besteira... uma hora ou outra você precisará dessa ferramenta para melhorar o seu inglês. Nunca para “aprender”... Ok... para melhorar eu recomendo a ferramenta.

Por isso criei este guia completo de como aprender gramática em inglês.

17# Anote todas as situações e expressões que você usa em inglês

Essa dica foi dada por minha professora de inglês quando fazia aulas para melhorar meu inglês.

Preste atenção quando você fala alguma coisa e pesquise como essa coisa pode ser em inglês.

Como seria essa expressão em inglês?

Muitas expressões realmente úteis vão ser aprendidas se você prestar atenção no seu dia a dia falando português

Olha só, que legal!

Eu duvido que, mesmo que, em contrapartida, ainda que, como é possível, bom dia, boa noite, boa tarde, ao mesmo tempo que, são expressões frasais e gramaticais que você pode aprender utilizando o tradutor ou o Google.

Por exemplo, se eu quero pesquisar como dizer “Deixa prá lá” em inglês. Com certeza há inúmeras artigos na internet que irão te explicar e dar exemplos.

O próximo passo é colocar no Anki: faça a técnica de memorização espaçada e você aprendeu uma expressão nova em inglês.

À medida que você faz isso, vai aprendendo cada vez mais palavras e expressões.

Nosso cérebro precisa ser alimentado com palavras, expressões e lógicas para que assim possa fazer a mágica dele, que é falar um idioma completamente novo.

Veja o meu guia completo de expressões em português e em inglês.

18# Colando “post it” em todas as coisas da sua casa.

Essa dica pode parecer boba, mas durante todo momento em sua casa você vai acabar lembrando que precisa aprender inglês! porque todos os seus objetos, como geladeira, televisão... estão com um post it com nome em inglês!

19# Construa um objetivo SMART

Esquece o objetivo de aprender inglês fluente!

Isso não existe como objetivo, para nossa mente é muito obscuro.

Quem consegue definir o que é “inglês fluente?”

Existem sim muitas respostas para essa pergunta, mas a maioria das pessoas não sabem definir, ficam divagando entre inúmeras coisas que fazem sem um objetivo prático, e isso para sua mente é muito obscuro.

Seria então aprender as 25000 palavras mais utilizadas do inglês? Talvez isso seja fluência...

Sabia que o inglês tem um milhão de palavras?

Nenhum humano normal, mesmo que tenha nascido nos Estados Unidos, é capaz de chegar nem perto disso!

Estimativas dizem  que os nativos falam 25000 palavras de inglês.

Ou seja, mesmo os nativos falam apenas o mínimo da quantidade de palavras que existem em inglês.

Então o que fazer?

Estabeleça um Objetivo SMART –

É um objetivo que é realista, é capaz de ser atingido, é capaz de ser medido, é relevante para você e tem tempo limite para se alcançar.

Por exemplo, o que é um objetivo SMART?

  • Quero ir para os Estados Unidos!

OU

  • Vou verificar a documentação para visto de turista.

O segundo foi uma suposição de um objetivo SMART (percebe quanto é muito mais fácil para você concluir?). Ele é específico: tirar o visto

É Capaz de ser medido: sim, juntou a documentação, juntou dinheiro para as taxas.

É alcançável: no caso, essa família ganha o suficiente para pagar um CVC no final do ano.

É relevante: é um processo importante para seu objetivo maior ir aos Estados Unidos

E tem tempo limite: se você não tem meta de tempo para concluir, qualquer tempo serve...

No inglês?

Ler um livro inteiro em inglês, estudar todas as palavras desconhecidas do livro. SMART

Ele é específico: ler um livro

É capaz de ser medido: quantas páginas você leu?

É alcançável: ler um livro

É relevante: vai ajudar muito seu vocabulário e estrutura para seu objetivo maior.

Tem tempo limite: uma semana, duas semanas...

Fazer uma apresentação em inglês de 10 minutos sobre sua família. SMART

Ele é específico: apresentação de 10 minutos sobre sua família

Ele é capaz de ser medido: já consegue fazer 1 minuto? já aprendeu vocabulário da árvore familiar?

É alcançável: totalmente possível

É relevante: muito relevante

Tem tempo limite: 1 mês...

Dicas extras: Tópicos mais comuns nas conversas.

Família -

Hobbies

Trabalho

Diversão

Sonhos

20# Utilize a leitura dinâmica

Sabia que é possível você ler de 2 a três livros por semana e ainda melhorar consideravelmente o seu inglês?

Essa dica se aplica para livros simples, romances atuais, livros de aperfeiçoamento...

considerando que  você já tenha pelo menos intermediário.

Primeiro passo para você exercer esse objetivo: você precisa ter o livro em áudio e escrito.

Para isso você deve pesquisar no Youtube “Audio book”

Você vai ver uma série de áudio books em inglês - escolha um, e encontre o livro. Você tem duas opções: comprar o livro físico ou achar um PDF na internet.

Agora tudo o que tem de fazer é colocar o áudio na velocidade de 2x no Youtube ou qualquer programa que você utiliza como player de audiobooks; você também pode escolher um audiobook no audible e depois comprar um ebook kindle na Amazon com desconto.

Tudo que tem que fazer é ler ao mesmo tempo que ouve na velocidade de 2x.

Você vai perceber que é totalmente possível.

Dependendo do tempo que você tem disponível, por exemplo, 1 hora por dia,

consegue ler até dois livros por semana, ou 8 livros por mês.

A maioria dos livros possuem de 7 a 8 horas de duração em áudio. Na velocidade de 2x você consegue terminar um livro em apenas 3 a 4 horas de concentração.

O fato de ler e ao mesmo tempo ouvir o deixa em “estado de concentração” - é muito difícil divagar (problema comum na leitura tradicional).

Quer uma prova?

Leia 8 livros este mês e veja o quanto seu inglês terá melhorado.

21# Se organize

É incrível como nos sentimos perdidos em relação a tudo que fazemos e principalmente estudando inglês...

Você começa uma coisa e depois não termina, então começa outra coisa que não termina também...

Além de ter acesso ao material, é preciso que foque por tempo suficiente para que tenha efeito seus estudos.

Existem duas opções para um estudante: fazer um bom curso de inglês online com uma professora para auxiliá-lo.

ou

estudar Inglês sozinho.

A primeira opção se torna muito mais fácil para ser executada. Tudo que deverá fazer é utilizar uma ferramenta chamada ASANA, que utilizo muito, basta que você passe para ela todos os módulos, e todas as atividades com data de execução.

Assim todos os dias você sabe o que fazer e o que concluiu.

A segunda opção é mais complicada, porque na internet existem muitas informações e a maioria é incompleta, ou seja, você precisa escolher muito bem o que estudar, e depois de escolhido você precisa se organizar, passo a passo de forma que se sustente por pelo menos um mês.

Ou seja, se você, por exemplo, utilizar uma das técnicas, escolha o material referente a ela, dívida as tarefas e escolha os dias e horários que você tem disponível para aprender.

22# Crie um hábito

O que é um hábito?

É uma ação que de tanto ser realizada se torna uma necessidade automática. Segundo a ciência, é necessário que seja realizada por no mínimo 66 dias contínuos.

Um hábito que estabeleci, e que melhorou meu inglês imensamente, foi todos os dias escutar um podcast de inglês.

Mas tem outros, como escrever um texto em inglês de 250 palavras todos os dias.

Ou você pode combinar com um amigo seu para conversar todos os dias 20 minutos, coisa que você pode encontrar simplesmente em um grupo do Facebook.

As pessoas esquecem o poder do dia a dia ao longo do tempo. Se você se dedicar todos os dias em alguma coisa por tempo suficiente, sentirá uma enorme diferença no seu inglês.

Agora o que maioria faz, e acredito que com a qual você com certeza se identifica, é ter começado algo bacana, mas desistir depois de algumas semanas, não?

Aposto que você se arrepende: “se pelo menos eu tivesse continuado... hoje talvez estaria melhor...”

23# Aprenda Inglês com Jogos

Sabia que jogar vídeo games pode ser uma excelente opção?

Para isso fiz esse artigo para você: Como aprender inglês com jogos.

24# Aprenda a cultura

É impressionante como as pessoas esquecem um dos fatores mais importantes na hora de aprender um idioma:a cultura!

Sim, muito negligenciada por muitas pessoas que desejam aprender o idioma.

Não estou falando de conhecer a história dos Estados Unidos até porque a cultura deles já está enraizada na maioria dos brasileiros após os anos 80.

Estou falando da forma como se cumprimenta.

Por exemplo: você não pode cumprimentá-los da mesma forma que um brasileiro.

Vai soar diferente, a pessoa vai logo notar que você é estrangeiro pelo seu costume.

Agora em relação à cultura americana, coisas como “How are you” I’m fine thanks” não são utiliza-das.

Não faz parte da cultura deles.

Para demonstrar isso de uma forma melhor, veja esse vídeo da Leila, que também se surpreendeu com a cultura americana de se cumprimentar. Como é diferente de como aprendemos inglês com as apostilas...

Isso é diferente na Inglaterra


Outro exemplo: os números são diferentes como reproduzimos no Brasil! Eles não dizem 1700(one Thousand and seven hundred) –  e sim 17 centos (seventeen hundred). Novamente, é cultural.

É completamente diferente no Japão! Se você usar um “como vai você” para cumprimentar, o japonês vai achar que é uma pergunta profunda, vai começar a se explicar, porque não existe esse negócio de “E aí, como você tá?”; ou ele vai te ignorar, dependendo da amizade.

Dica: acompanhe seriados americanos do dia a dia, como Friends, ou Coupling se você se interessa pelo inglês britânico. Observe os modos de falar que não são errados, mas que são culturais. Expressões que só eles usam...

25# Veja a sua evolução

Eu parei de acompanhar há um tempo os famosos youtubers de inglês.

Porque - sério - sempre que os assistia, me sentia um pouco desmotivado... é sempre uma palavra que desconhecia, é outra expressão que eu via que falava errado...

E isso me destruía e me desmotivava a continuar a aprender inglês.

Era horrível para autoestima como falante do idioma.

Começou a ficar irritante...

Então o que eu fiz:

eu resolvi falar com nativos e eles elogiaram o meu inglês e entendiam tudo o que falava.

Nisso eu percebi que existe uma espécie de ditatura do inglês perfeito aqui no Brasil.

E hoje eu falo praticamente todos os dias em projetos que tenho com um britânico e com indianos (ex-colônia britânica) e não tenho problemas de comunicação.

Então, se preocupa com seu inglês, estude e faça a sua história, não compare seu inglês com os dos outros. Se for para corrigir algo faça com um professor, com nativos, mas nunca com outra pessoa que você acha que tem um inglês melhor que o seu... e com quem quer se comparar... porque se fizer isso achará seu inglês sempre ruim porque você não fala do jeito daquele .

Foque no seu desenvolvimento e logo estará satisfeito consigo mesmo, ao ver que na prática está falando e escrevendo em inglês. no mundo real, onde você usará o inglês, em uma entrevista de emprego, mandando um e-mail, falando com um nativo, entendendo aquela série totalmente em inglês.

Se parabenize por isso e continue estudando de forma positiva e saudável

26# Aprenda Chunks

O aprendizado com chunks foi uma técnica que usei para estudar.

Não quer dizer, porém, que esse método é mais ou menos eficiente do que aprender com gramática, já que a gramática é uma ferramenta a qual pode auxiliá-lo a entender o idioma e falar mais corretamente.

Mas devo admitir que nunca cheguei a usar para aprender o idioma, apenas para melhorá-lo. Alguns vão me criticar e provavelmente eu cometo alguns erros na hora de falar inglês, mas meu inglês está ok quanto aos meus objetivos.

O que importa é: eu sei me expressar, sou entendido em inglês e entendo o inglês falado e escrito.

Mas chega de enrolação, como aprender inglês com Chunks?

Recentes estudos da linguagem humana demonstram que não construímos frases nem conversamos de forma estrutural, e sim por pequenos pedaços de amontoados de palavras que memorizamos em nosso cérebro, assim que começamos a ouvir na vida, com nossos pais, irmãos...

Não existe comprovação científica para isso, são apenas teorias.

O autor do Inglês Ponta da Língua fez uma excelente explicação(apenas em relação as palavras se combinarem entre si) sobre isso em relação ao português. 

Isso pode parecer meio louco e provavelmente você deve estar para abandonar o texto nesse exato momento.

Mas calma vou te explicar.

(Espero que eu consiga =))

Existem teorias chamadas LINEAR UNIT GRAMMAR,  Phraseological View of Language, the lexical approach:

Alerto que faz dois anos que li esses livros.

Fica muito difícil explicar de forma detalhada, ou seja, essa é uma explicação bem rasa, porém com o objetivo de te motivar a buscar mais esse assunto, para ver se você se identifica. Porque adianto que não é fácil, no caminho você pode acabar se atrapalhando nisso, e falando incorretamente, pensando estar falando como nativo... Já explico.

Continuando:

significa que a língua deve ser aprendida em porções de informações,

porções compostas de expressões, compostas de duas a seis palavras.

É como se o nosso cérebro trabalhasse com um amontoado de frases e não palavras individuais.

E aqui eu acabo respondendo também, por que apesar de termos um bom vocabulário somos incapazes de entender o inglês falado pelos americanos.

Isso é porque falamos por frases (chunks), processamos as informações por frases (chunks).

Ninguém processa as informações com palavras individuais, em nenhuma linguagem.

Eu não escrevo esse texto pensando palavra por palavra - as frases vêm diretamente da nossa mente para a fala ou para esse texto.

Ou seja, palavras são apenas uma unidade da linguagem e não a forma em si, assim como são as sílabas e as letras.

Doido isso, não?

Isso quando aprendi da primeira vez foi como um AHAAA!

É assim que nosso cérebro processa a linguagem!

Ninguém fala How ~ are ~ you. Se você falar isso para um americano ele não vai entender, quer dizer, entenderá, mas vai soar estranho, como um robô.

Louco não?

Agora se falar HOWAREYOU ele entenderá e responderá de forma natural. São as mesmas palavras mas ditas com um único fluxo(chunk).

E muitos, praticamente todos os brasileiros que começam a ir para os Estados Unidos, ou falam com nativos, se sentem perdidos.

São famosos os comentários dos brasileiros: Nossa por que eles falam assim? Nossa não entendo nada... é diferente do que eu aprendi na apostila, eles comem sílabas....

A verdade é que a linguagem é processada por frases (chunks), e não palavras, e no inglês isso é mais evidente.

Então mesmo que um americano em um filme murmure algo como “howareyou!” “sup ” ele tá falando correto porque na cabeça de outros americanos significa “how are you” “what’s up ”. Espero ter sido didático suficiente. Observe nativos falando:

Pegue um tempo e assista ao jornal britânico por 10 minutos:


Se acha realmente que se falássemos palavra por palavra falaríamos nessa naturalidade? Novamente isso não é uma afirmação científica.

Resumindo aprenda inglês com chunks, veja os chunks e não palavras individuais.

Seria impossível para nossa mente processar uma língua palavra por palavra!

Ok. Presumo que você tenha entendido isso, é uma explicação rasa com o único objetivo de lhe motivar e dar insights.

A forma com a qual eu estudei foi esta:

Eu peguei textos com áudio ou vídeos que tenham legendas de americanos nativos ou professores brasileiros realmente qualificados que entendem isso.

Imprimia o texto, observava o áudio e sublinhava os chunks, a palavras que eles falam tudo junto, e pronunciava como se fosse uma palavra.(Não é falar mais rápido, e sim pronunciar como uma palavra...) Tome muito cuidado para não pronunciar errado, compare com a original com seu áudio gravado.

Era um grande AHAAA,

AHHAAA eu estou falando como um americano!

Exemplo tirado de uma série americana pela simples observação da fala:

Conseguiu entender? Veja a legenda:





She ought to know by now I’ve dumped her the last four times I’ve seen her

Exemplos de chunks que notei.

She (ought to know) (by now) (I’ve dumped her) the (last four times) (I’ve seen) her

Normalmente se você não consegue reproduzir palavra por palavra, ou soa estranho, ou fica sem folego, ao reproduzir uma fala de um nativo, você pode estar diante de chunks. Anote os chunks que você acha, e tente novamente pronunciar.

Existem vários tipos de chunks.

Tem os chunks de expressões: good morning, good evening, how are you doing? What’s up?

“I don’t know what to say”, “I could tomorrow”, “let’s stop and think…”. I think of the word, what would that be? What’s going on? “oh my gosh”

Chunks gramaticais: são padrões linguísticos que não são expressões, e são chamados também “lexical bundles”.

The end of the, the way in which, as in the case, is one of the, may be due to, are likely to be, has been shown to, as we have seen, may or may not

Quer saber quais são os chunks mais usados de uma palavra nova que encontrou?

Utilizei um dicionário de Collocation

https://www.ldoceonline.com/search/?q=ought+to

Atenção: somente esse dicionário e outros profissionais têm a pronúncia correta dos chunks.

Se não encontrar neles, use o site: https://forvo.com/. A pronúncia é feita por humanos.

Em último caso continue usando o Awesome tts ou google tradutor para ver a pronúncia para chunks.

Você pode verificar se é um chunk também, colocando no Google entre aspas “exemplo de chunk” (mostra apenas resultados exatos). Se tem milhares de resultados pode ser um chunk. O o Google negrita o termo, assim você pode ver vários exemplos em outros textos. Se enxergar um padrão, é um chunk, ou se vir que você usaria naturalmente em um frase, é um chunk.

Tem sites especializados nisso também, mas não quero complicar mais para você.

É preciso treinamento para identificá-los em textos.

Not for the first time,~~~~ an argument had broken out over ~~~ breakfast ~~~~ at number four,~~~~ Privet Drive. Mr. Vernon Dursley ~~~~had been woken ~~~~in the early hours of the morning~~~~ by a loud~~~~, hooting noise~~~~ from his ~~~~nephew Harry's room. (Um texto retirado do livro da série Harry Potter)

Estude cada chunk, veja o significado, veja usos, utilize o dicionário mencionado acima e acrescente no ANKI.

À medida que você estuda, mais chunks aprenderá, e assim vai ver que são bem comuns... provável que no segundo texto de estudo você já identifique vários repetidos.

Apenas por saber isso eu aposto que você não vai conseguir mais tirar da cabeça essa forma de ouvir o inglês...

Por isso recomendo professores e cursos que utilizam essa técnica a qual já foi identificada de antemão bastando você aplicar. 

27# O plano 10x

A pergunta que você tem de fazer é a seguinte:

Qual é a quantidade de esforço de estudo necessário para fluência em inglês?

Sua resposta pessoal...

Então multiplique por 10 e estabeleça um prazo curto.

E dê um jeito de realizar seu objetivo.

Falo isso porque nós temos um senso conturbado e errado do necessário para alcançar um objetivo.

E essa técnica retira isso da sua cabeça.

Quer saber por quê?

Porque nós somos motivados por grandes metas e por grandes sonhos. Mas geralmente falhamos no planejamento.

É como um trabalho de faculdade: você tem um mês para entregar, mas resolve fazer tudo no ultimo final de semana. E consegue!

Porque aquilo foi o multiplicado por 10, é agora ou nunca!

Multiplique por 10. Talvez não irá conseguir esse esforço de 10x, mas só por você saber que tem de fazer 10x o que planejou, vai dar um pulo muito grande e alcançará mais rápido seu objetivo. Porque você muda seu mindset!

Por exemplo: “eu acho que devo estudar 30 minutos por dia, assistirei a uma aula no Youtube, ou à de um curso de inglês” (são seus pequenos objetivos smarts).

Multiplica por 10x, serão 5 horas por dia, ao assistir as aulas no Youtube é “caramba eu preciso assistir 10 vezes essa aula online! Como vou fazer para alcançar seu sonho ser fluente em inglês?” Esta é a pergunta que vai lhe dar soluções.

É então você vai baixar a aula em mp3 para ouvi no ônibus, vai escutar podcast, ver um filme em inglês, porque você precisa bater sua meta. Você vai dar duro, vai conversar com nativos... você precisa fazer não 1 mais 10 amigos nativos...

É doidera... mas é só para você não cair em um possível erro no planejamento.

Muita gente fica anos e anos para aprende alguma coisa, começa a desanimar, não aprende... gente... eu vejo muito isso em quem faz cursos de inglês: pessoal acha que só fazer 1 aula no sábado vai deixá-los fluentes. Multiplique por 10! Estude em sua casa... faça aulas todos os dias, detone o material da escola em uma semana.

Vou revisar todos os dias, vou procurar imergir no idioma, vou procurar utilizar de imediato o que aprendi na escola...

Não significa que conseguirá multiplicar por 10 seus esforços. E muito menos conseguirá a fluência em poucos meses, mas isso muda sua mentalidade e você se esforça mais.

28# Ouça Podcast

Veja esse artigo com os melhores podcasts para aprender inglês.

Summary
Article Name
27 Técnicas de Como Aprender Inglês Sozinho, Mais Rápido, Hoje
Author

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.