Procurando algumas formas de se expressar melhor?

As expressões idiomáticas são muito usadas pelos americanos. Por isso com ajuda de alguém que trabalha constantemente com os americanos.

Nós separamos a expressões idiomáticas em inglês (English idioms) mais usadas no ambiente de trabalho.

É super importante aprender elas, encare cada expressão como uma aula e vá aprendendo.

Nós recomendamos também nosso artigo de gírias.

Os 100 English Idioms mais usados

Aprender uma nova língua pode ser a hassle and wild, mas também é way gratificante. Se você não entendeu o que eu disse na frase anterior, calma. Foi só uma brincadeirinha e um jogo de palavras com algumas expressões da língua inglesa que eu considero bastante interessantes – algumas até engraçadas, que eles usam com certa frequência. Abaixo eu listei 50 expressões com o equivalente em português e o contexto em que são usadas, com exemplos.  Vou começar com as expressões que eu usei no título e na primeira frase do texto.

01º To blow someone’s mind

Essa é uma expressão bastante interessante. “To blow someone’s mind” significa impressionar alguém de forma muito intensa. Essa expressão é muito usada para expressar como alguém ficou muito impressionado com um conteúdo profundo. Poderia até ser, em certos contextos, equivalente a quando dizemos em português que algo “derreteu nosso cérebro”. 

Exemplos:

  • That Stephen Hawking theory blows my mind

(Aquela teoria do Stephen Hawking derrete meu cérebro)

  • That movie will blow your mind

(Aquele filme vai derreter seu cérebro, te impressionar)

02º To be a hassle

Essa expressão é usada para indicar que algo é um inconveniente, um incômodo ou difícil. É muito comum ver em publicidades a expressão “hassle-free” (livre de inconvenientes). Isso sugere que aquele produto ou serviço está prometendo uma experiência livre de inconvenientes ou dificuldades. 

Mais alguns exemplos:

  • I hate moving, it is always a hassle.

(Eu odeio me mudar, é sempre um inconveniente.)

  • That product promises your laundry to be hassle-free.

(Aquele produto promete uma lavagem de roupas livre de inconvenientes.)

03º To be wild

“Wild” per si significa “selvagem”, mas quando se fala que alguém ou algo é “wild”, isso significa que a pessoa ou a situação é imprevisível ou até meio louca. 

Alguns exemplos:

  • The situation is so wild, no one believes it.

(A situação é tão louca que ninguém acredita.)

  • You really find yourself in a wild situation.

(Você realmente se encontra em uma situação imprevisível.)

04º Way

Ok, essa é um pouco mais difícil de explicar. “Way” por si só significa “caminho”. Entretanto, em casos como o da primeira frase do texto, essa palavra ganha outro sentido a partir do contexto. Aqui, ela é um advérbio de intensidade, como se fosse “muito”. 

Vou dar um exemplo: um dia no trabalho, tínhamos apresentações as diferentes equipes para o chefe. Nem todas as equipes estavam presentes ao mesmo tempo. Cada uma tinha um horário específico para começar e um tempo máximo para apresentar e cada uma ia entrando conforme a outra acabasse. Acontece que se uma fosse muito mais rápida do que o previsto, a equipe seguinte precisava entrar logo e obviamente isso impactaria nos horários das próximas. Para ajudar quem ia apresentar a se organizar, a equipe que estava apresentando tentava informar as próximas sobre o status. Nesse caso, minha colega me envia uma mensagem:  “They are way ahead of schedule” (Eles estão muito à frente do planejamento, ou seja, eles estavam bastante adiantados).

Exemplos:

  • You can do way better than that!

(Você pode fazer muito melhor que isso!)

  • This year’s results were way better than last year’s.

(Os resultados deste ano foram muito melhores que os do ano passado.)

Agora que já expliquei as primeiras expressões, você provavelmente entendeu que a primeira frase do texto quer dizer algo como: “Aprender uma nova língua pode ser difícil e imprevisível, mas também é bastante gratificante.”

05º To give someone a heads-up

Resolvi falar dessa expressão em sequência, já que “To give someone a heads-up” é algo como dar um pré-aviso, informar alguém de algo. Por exemplo, no exemplo anterior, quando minha colega me enviou a mensagem de que a equipe estava adiantada em relação ao planejado, ela me deu um “heads-up”, um pré-aviso de que talvez fosse necessário eu apresentar antes.

No trabalho, costumamos usar bastante essa expressão, para dizer que vamos deixar outra pessoa de pré-aviso. Normalmente é apenas quando queremos informar alguém sobre algo que não necessariamente irá acontecer, ou não necessariamente irá acontecer em um futuro próximo, mas apenas para, caso realmente aconteça, ou quando vier a acontecer, a pessoa esteja ciente e não seja pega de surpresa. Guardadas as devidas proporções, poderia ser aquele “para não dizer que não avisei”. 

Mais exemplos:

  • I just wanted to give you a heads-up about the meeting.

(Eu só queria te dar um pré-aviso sobre a reunião.)

  • I will give him a heads-up that we need to schedule a meeting next week.

(Eu vou deixá-lo de pré-aviso sobre a reunião da semana que vem.)

06º To buy something

Se você sabe o básico de inglês, deve ter se perguntado por que eu incluí essa expressão, já que “to buy” normalmente significa simplesmente “comprar”. Acontece que em alguns contextos, essa expressão ganha um sentido um pouco diferente, como se fosse “eu não acredito”, ou ainda “eu não caio nessa”. 

Lembra quando dei o exemplo do produto que se vende como hassle-free (livre de inconvenientes)? Então, talvez ao ver a propaganda do produto, alguém fale: “I have seen enough products in my life that I don’t buy that” (Eu já vi muitos produtos na minha vida para cair nessa). 

Outros exemplos:

  • Lisa’s boyfriend says he has changed, but I don’t buy that.

(O namorado da Lisa diz que mudou, mas eu não caio nessa.)

  • This is too good to be true. I don’t buy it that easily.

(Isso é muito bom para ser verdade. Eu não acredito assim tão fácil.)

07º If you will

Essa é definitivamente uma das minhas expressões preferidas. Ela é similar a nossa expressão “vamos dizer assim”. Basicamente, eles usam quando eles acham que não encontraram a forma perfeita de expressar o que desejam e querem indicar isso. É exatamente o que a gente quer expressar no português quando diz “vamos dizer assim” (às vezes a gente até simplifica e fala simplesmente “vai”). 

Alguns exemplos:

  • Next week’s meeting will be an update meeting, if you will.

(A reunião da semana que vem será uma reunião de atualizações, digamos assim.)

  • They did not break up, they are on a break, if you will.

(Eles não terminaram, estão dando um tempo, digamos assim.)

08º To touch base with someone

Essa expressão pode ser utilizada em muitos contextos, mas também no contexto profissional. Basicamente, “to touch base with someone” é entrar em contato com alguém, muitas vezes de forma rápida. Por exemplo, no trabalho é comum você perguntar com quem você pode falar para esclarecer algo sobre um assunto. Quando a pessoa te fala, você diz: “Thanks, I’ll touch base with him/her” (Obrigado, entrarei em contato com ele/ela).

Exemplos:

  • Thanks for the updates. I’ll touch base with you again next week.

(Obrigada pelas atualizações, entrarei em contato com você novamente semana que vem.)

  • Do not forget to touch base with me when you have feedback about that.

(Não se esqueça de entrar em contato comigo quando você tiver uma resposta sobre aquilo.)

09º To be on the same page

Nós temos uma expressão equivalente em português – estar na mesma página –  pelo menos eu já vi muitas pessoas a usando hoje em dia, talvez até vindo da expressão em inglês. “To be on the same page” basicamente significa estar alinhado com alguém, ter os mesmos interesses, estar buscando a mesma coisa. Ela costuma ser usada em relacionamentos, em um projeto para garantir que todos entenderam os objetivos.

Exemplos:

  • Let’s have a meeting to make sure we the team is on the same page.

(Vamos ter aquela reunião para ter certeza de que o time está alinhado.)

  • Are you and your boyfriend on the same page?

(Você e seu namorado estão alinhados – vocês querem a mesma coisa -?)

10º Might as well

Essa é uma expressão bastante interessante, porque embora ela não tenha um significado específico, ela pode mudar completamente o sentido da frase. Muitas vezes ela é usada como uma expressão entusiástica. Por exemplo, se você dá um conselho a alguém e a pessoa responde com: “I might as well do that”, a pessoa está querendo expressar que ela gostou do seu conselho e irá segui-lo. Mas “might as well” também pode ser usado justamente para dar um conselho, ou indicar que é melhor fazer algo. Por exemplo, se você está dando a sugestão de um passeio a alguém em uma praia onde não há quiosques, você pode falar para a pessoa que é melhor ela levar sua própria comida: “You know, there aren’t any bars or kiosks there, so you might as well just take your own food”.

Exemplos:

  • The service is so bad here. We might as well just go to another place.

(O serviço é muito ruim aqui. É melhor irmos para outro lugar.)

  • At this point, you might as well just follow your heart.

(Nesse momento, você pode apenas seguir seu coração, sua intuição.)

11º To mean to

“To mean” significa “significar”, mas quando alguém diz assim: “I didn’t mean to”, a pessoa está querendo dizer que ela não teve a intenção de fazer ou dizer algo. 

Exemplos:

  • He was offended by what I said, but I truly did not mean to hurt him.

(Ele se ofendeu com o que eu disse, mas eu verdadeiramente não tive a intenção de machucá-lo)

  • I don’t mean to act like a mom, but I would not do that if I were you.

(Eu não quero – tenho a intenção – de agir como uma mãe, mas eu não faria isso se fosse você)

12º To be up to something

Essa expressão pode ser usada em diversos contextos. Aqui apresentarei um deles. Quando alguém pergunta: “What are you up to?”, a pessoa está querendo saber o que você está a fim de fazer. Mas muitas vezes, quando a pergunta vem assim, solta, a pessoa também pode simplesmente querer saber o que você anda fazendo nos últimos tempos, principalmente se vocês não se vêem há algum tempo. Também é comum usar essa expressão quando a pessoa te faz uma proposta e quer saber se você está a fim, se você “topa”. 

Exemplos:

  • Are you up to a beer tonight?

(Você topa uma cerveja essa noite?)

  • Long time no see. What have you been up to?

(Muito tempo que não nos vemos. O que você anda fazendo?)

13º To be in

Essa é a uma expressão que pode ser usada como resposta a pergunta: “Are you up to something?”. É como se fosse o nosso “tô dentro” do português (até que é intuitivo, não?). Ela também acaba sendo muitas vezes utilizada com palavras de intensidade, para expressar que a pessoa está “muito dentro”. 

Exemplos:

– Are you up to a beer tonight? (Você topa uma cerveja essa noite?)

– Of course, I’m all in! (Claro, estou totalmente dentro!)

  • Hey, John. I’m in for your proposal.

(Ei, John, eu topo a sua proposta.)

14º To mumble

“To mumble” não é propriamente uma expressão idiomática, é um verbo mesmo, que significa “murmurar”. Mas eu resolvi incluir aqui porque não acho que seja um verbo que costumamos aprender nos cursos de inglês, pois, assim como o “murmurar” no português, é usado em contextos muito específicos e não é algo que um iniciante vai precisar saber falar para se comunicar. Em todo caso, foi um verbo que achei interessante quando descobri.

Aliás, quando descobri esse verbo, eu estava em uma cidade no Estados Unidos com uma colega americana e um colega alemão. Mostramos a identidade e o cara murmurou algo que ninguém entendeu. Pedimos para ele repetir várias vezes, até que a minha colega americana entendeu que tínhamos que pagar para entrar. Obviamente desistimos e eu falei para ela: “Quando percebi que você teve problemas para entender tanto quanto nós, nem me senti tão mal”. Como ela é originalmente do Norte dos Estados Unidos, foi aí que ela disse:  “I’m used to the northern mumbling, not to the southern one” (Eu estou acostumada à forma de murmurar do norte, não do sul). 

Exemplos:

  • After arguing with her parents, the child went mumbling to her room.

(Depois de discutir com seus pais, a criança foi murmurando para o seu quarto.)

  • The doctor mumbled something I could not understand.

(O médico murmurou algo que eu não consegui entender.)

15º To have a hard time

Essa é uma expressão que eles usam bastante, que basicamente significa “ter dificuldades em fazer algo”. Lembra do exemplo anterior em que todos nós tivemos dificuldade em entender o segurança que estava na porta do bar? A gente poderia dizer: “We all had a hard time understanding him”. 

Alguns outros exemplos:

  • I really had a hard time preparing for that exam.

(Eu realmente tive dificuldade em me preparar para aquela prova.)

  • She is having a hard time to get out of debt.

(Ela está tendo dificuldades em sair das dívidas.)

16º To make it

“To make” em geral significa “fazer”, mas quando alguém fala “I’m afraid I won’t make it tonight”, a pessoa está dizendo que ela acha que não conseguirá fazer algo esta noite. Normalmente se refere a compromissos ou convites, muitas vezes nos quais a pessoa já havia confirmado presença. E aí ela liga para a outra para dizer que teve um imprevisto e não poderá mais ir, mas também serve para recusar um convite. 

Exemplos:

  • Are you going to the bar tonight? (Você vai para o bar hoje à noite?)
  • Sorry, I can’t make it. I am loaded with work. (Desculpe, não vou conseguir, estou cheia de trabalho)
  • I’m sorry I couldn’t make it to your birthday party yesterday, but hope you had a great time.

(Desculpe não poder ter ido à sua festa de aniversário ontem, mas espero que vocês tenham se divertido.)

17º To bug someone

“To bug someone” também é uma expressão bastante utilizada, e se você pensar que “bug” é inseto, até que ela se torna mais intuitiva. O que normalmente um inseto faz? Irrita, seja pelo barulho ou por simplesmente ficar batendo nas coisas etc. Então “to bug someone” significa “irritar alguém”, “perturbar”, muitas vezes por ser insistente ou inconveniente. O interessante é que, por vezes, a própria pessoa que vai incomodar a outra, usa a expressão já como forma de preveni-la. Também fazemos isso no português – é o famoso: “não querendo incomodar, mas já incomodando…”. 

Exemplos:

  • I didn’t mean to bug you, but could you help me here? This is really important.

(Eu não queria te incomodar, mas você pode me ajudar aqui? Isso é muito importante.)

  • This guy is always bugging me at work.

(Esse cara está sempre me perturbando no trabalho.)

18º It’s no biggie

Essa é quase uma expressão da expressão. Quando você esbarra em alguém, por exemplo, e pede desculpas, é comum que a pessoa responda com: “No worries” (não se preocupe) ou “It’s not a big deal” (algo como “não é nada demais”). O “It’s no biggie” é a contração disso. 

Alguns exemplos usando expressões anteriores desta lista:

  • I am sorry but I don’t think I can make it to the party tonight. (Desculpa, mas eu acho que não conseguirei ir à festa hoje.)
  • It’s no biggie. (Não tem problema.)
  • I am sorry to bug you, but can you help me here? (Desculpa te incomodar, mas será que você pode me ajudar aqui?)
  • Of course, it’s no biggie. (Claro, não tem problema.)

19) Back-and-forth

“Back-and-forth” significa literalmente “ir e voltar”, ou mais especificamente ir em uma direção e depois ir na direção oposta. Mas ela tem uma conotação mais figurativa para descrever conversas, reuniões etc. Essa expressão é bastante usada no trabalho, para indicar que estamos indo e voltando na conversa, sem chegar a uma conclusão. Por exemplo, em uma reunião, se alguém fecha um tópico e outra pessoa volta a discuti-lo mais adiante, isso é um exemplo de quando eles usariam “back-and-forth”. 

Exemplos:

  • I can’t believe this conversation! We are just going back and forth!

(Não acredito nessa conversa! Nós estamos indo e voltando sem chegar a uma conclusão!)

  • This is not taking us anywhere. We are just back-and-forth.

(Isso não está nos levando a lugar algum, estamos apenas indo e voltando.)

20) Sounds like a plan

Essa é uma expressão interessante. Quando começamos a aprender inglês, muitas vezes aprendemos a expressão “Sounds good”, que é a expressão que indica que a pessoa concorda com algo. Mas eles também usam “Sounds like a plan”, que literalmente significa “soa como um plano” e na verdade é quase isso mesmo. Significa que você concorda com alguma proposta, que pode ser um convite, uma estratégia etc.

Exemplos:

  • I think we should talk to the clients in an honest way. (Acho que a gente deveria falar com os clientes de forma honesta.)
  • Sounds like a plan! (Acho que é um bom plano!)
  • Let’s get some drinks after work? (Vamos tomar algo depois do trabalho?)
  • Sounds like a plan! (Claro!)

21) Better safe than sorry

Essa é mais do que uma expressão ou gíria, é um provérbio mesmo. Literalmente ele significa “Antes seguro do que arrependido”. E você deve notar que temos provérbios equivalentes no português: “É melhor prevenir do que remediar”, ou até mesmo aquele: “O seguro morreu de velho”.  

Exemplos:

  • I prefer to be cautious with that. Better safe than sorry.

(Eu prefiro ser cauteloso com isso. É melhor prevenir do que remediar.)

  • My grandmother always told me: “Better safe than sorry”.

(Minha avó sempre me disse: é melhor prevenir do que remediar.)

22) To have a clue

A expressão “to have a clue” é utilizada em contextos onde não se há ideia do assunto, quando alguém é completamente ignorante a respeito daquilo. 

Exemplos:

  • I don’t have a clue of where to start!

(Não tenho ideia de onde começar!)

  • We didn’t have a clue that the party was at her house.

(Não tínhamos ideia de que a festa era na casa dela.)

23) What’s up?

Esta é uma das expressões mais usadas por nativos. É muito comum, usar a pergunta “what’s up?” quando for cumprimentar ou perguntar como alguém está. 

24) Never mind

O idiom “never mind” possui dois sentidos diferentes. O primeiro e mais usado é com o sentido de “deixa pra lá” ou “esqueça isso”. O segundo significado é equivalente ao “imagine…” no português.

Exemplos:

  • Do you still want to go to the movies? (Você ainda quer ir ao cinema?)
  • Actually, never mind. (Na realidade, deixa pra lá.)
  • I can’t even win a game, never mind the season! (Não consigo nem ganhar um jogo, imagine a temporada!)

25) Take your time

Esta expressão, que pode também ser considerada um ditado popular, diz literalmente para “pegar o seu tempo”. Entretanto, o sentido que ela expressa é de não ter pressa, fazer algo com calma, no seu próprio tempo.

Exemplos:

  • You don’t have to decide this now. Take your time!

(Você não precisa decidir isso agora. Vai no seu próprio tempo!

  • Take your time to write the book.

(Vá com calma ao escrever o livro.)

26) As if

“As if” é um idiom normalmente encontrado em ambientes formais e informais, dependendo de qual dos seus dois significados, está usando. Seu primeiro contexto é equivalente ao “like”, com a tradução de “tipo” ou “como”. Já o seu segundo é uma expressão informal que retrata algo impossível de acontecer de uma forma ridicularizada, pode ser comparada, no português, com a expressão “até parece”.

Exemplos:

  • It looks as if it is going to rain.

(Parece que vai chover.)

  • Did he asked you out? (Ele te chamou para sair?)
  • As if! (Até parece)

27) Break a leg!

“Break a leg” é uma expressão tão utilizada nos países falantes do inglês que recebeu a tradução literal de “quebre a perna”. Talvez nunca tenha a ouvido, mas esta expressão é muito comum em meios artísticos e usada é normalmente antes de apresentações para um artista desejar sorte ao outro.

Exemplos:

  • It’s showtime! Break a leg!

(É hora do show! Boa sorte!)

  • You got this! Break a leg!

(Você consegue! Quebre a perna!)

28) You got this!

Assim como mostrado no exemplo anterior, o idiom “You got this!” é uma frase motivacional que tem como objetivo mostrar que alguém domina aquilo e consegue fazer algo geralmente desafiador.

Exemplos:

  • I’m worried about the speech. (Estou preocupado com o discurso.)
  • There’s no need to worry. You got this! (Não tem com o que se preocupar. Você consegue!)

29) It’s up to you

Em casos de decisões que quer delegar, como a escolha de um restaurante ou um filme para assistir, é muito utilizado a expressão “it’s up to you”, que em português diríamos: “você que sabe” ou “você decide”.

Exemplos:

  • Where are we having dinner? (Onde iremos jantar?)
  • I don’t know. It’s up to you. (Não sei. Você decide.)
  • You can live your life or see other’s lives on social media. It’s up to you.

(Você pode viver sua vida ou ver a dos outros nas redes sociais. Você que sabe.)

30) It’s none of your business

A expressão “it’s none of your business” pode ser encontrada em situações majoritariamente informais onde alguém pergunta algo que não diz a respeito deles, e recebem uma resposta um tanto rude. A tradução mais exata para o português é “não é da sua conta”.

Exemplo:

  • Did she and Jake break up? (Ela e o Jake terminaram?)
  • It’s none of your business! (Não é da sua conta!)

31) To be the last straw

Algo que pode ser considerado “the last straw” é geralmente o último de uma sequência de problemas, também é conhecido por ser o gatilho para o desencadeamento de certa consequência. O equivalente no português é “a gota d’água”.

Exemplos:

  • Talking to her like that was the last straw.

(Falar com ela daquele jeito foi a gota d’água.)

  • When Julie cheated on Paul, it was the last straw for him.

(Quando a Julie traiu o Paul, foi a gota d’água para ele.)

32) As far as I know

A expressão “as far as I know” geralmente é usada para afirmar um acontecimento ou uma opinião sobre algo que tem conhecimento. No português, ela é equivalente a “até onde eu sei”.

Exemplos:

  • As far as I know, he is not coming. (Até onde eu sei, ele não virá.)
  • No one said anything yet, as far as I know. (Ninguém disse nada ainda, até onde eu sei.)

33) So far, so good

O ditado “so far, so good” é utilizado quando não foi encontrado nenhum problema ou dificuldade na execução de algo. A tradução mais efetiva seria: “até agora, tudo bem”.

Exemplos:

  • How’s it going with the English assignment? (Como está indo com o trabalho de Inglês?)
  • So far, so good. (Até agora, tudo bem.)

34) To nail it

Esta é uma das minhas expressões favoritas de todos os tempos, acho muito interessante a origem da palavra e como o sentido se encaixa. Para quem não sabe, “nail” significa prego e a tradução literal de “nail it” seria “pregar aquilo”. Entretanto, por pregar ser uma atividade considerada difícil, o sentido de “nail it” é executar uma tarefa difícil perfeitamente. A expressão equivalente no português seria “arrasar”.

Exemplos:

  • You nailed that presentation!

(Você arrasou na apresentação!)

  • The interview was hard, but she nailed it.

(A entrevista foi difícil, mas ela arrasou.)

35) A piece of cake

O idiom “piece of cake” se refere a algo muito fácil de se fazer. Esse significado se dá ao bolo ser algo muito doce, assim como é retratada a expressão “mamão com açúcar”, no português.

Exemplos:

  • This exam was a piece of cake.

(Essa prova foi mamão com açúcar.)

  • For me, English is a piece of cake.

(Para mim, Inglês é mamão com açúcar.)

36) Pretty soon

A tradução mais próxima desta expressão, no português, seria “muito em breve”. O que faz esse idiom único é o sentido da palavra “pretty” que foi alterado, sua tradução literal é “bonito(a)”.

Exemplos:

  • I’m a senior, I’m leaving college pretty soon.

(Sou um veterano, sairei da faculdade muito em breve.)

  • This movie will be released pretty soon.

(Este filme será lançado muito em breve.)

37) To get out of hand

O idiom “get out of hand” é majoritariamente utilizado para situações em que não podem mais serem controladas devido à fatores externos. Sua tradução mais precisa é “fugir do controle”.

Exemplos:

  • Last night, the party got out of hand and the neighbours called the police

(Ontem à noite, a festa fugiu do controle e os vizinhos chamaram a polícia.)

  • Sometimes our emotions can get out of hand.

(Às vezes nossas emoções podem fugir do controle.)

38) Pull yourself together!

Esta expressão que é geralmente traduzida para “recomponha-se!” é usada em contextos de fraqueza emocional em que é necessário você se controlar.

Exemplos:

  • There’s no need to cry over this. Pull yourself together!

(Não é preciso chorar por causa disso. Recomponha-se!)

  • I know it’s hard, but you need to pull yourself together, kid.

(Eu sei que é difícil, mas você precisa se controlar, garoto.)

39) All day long

“All day long” ou “the whole day” são expressões que retratam atividades que demoraram muito tempo do seu dia. No português também utilizamos a hipérbole “o dia inteiro” para retratar estas situações.

Exemplos:

  • James worked on his project all day long.

(James trabalhou no seu projeto o dia inteiro.)

  • I could watch Netflix all day long.

(Eu poderia assistir Netflix o dia inteiro.)

40) Long time, no see

A expressão “Long time, no see” é usada quando se reencontra alguém depois de um tempo relativamente longo. Sua tradução literal é “muito tempo, não vejo”, o que não faz muito sentido. Entretanto, sua tradução aproximada seria “quanto tempo”.

Exemplo:

  • Hi, Kevin! Long time, no see, man!

(Oi, Kevin! Quanto tempo, cara!)

41) Water under the bridge

O idiom “water under the bridge” é utilizado quando queremos falar de um acontecimento que ficou no passado e não queremos mais voltar a pensar ou agir sobre tal. A tradução mais parecida no português é “águas passadas”.

Exemplos:

  • Are you and Ellen back together? (Você e a Ellen voltaram?)
  • No, that’s water under the bridge. (Não, são águas passadas.)

42) To screw up

O phrasal verb “to screw up” é uma expressão usada quando se arruína algo, a partir de um erro grande e muitas vezes irreparável. O equivalente no português seria “ferrar” ou até “pisar na bola”.

Exemplos:

  • I am trying my best to not screw this job up.

(Estou dando meu melhor para não ferrar com este trabalho.)

  • I know I screwed up. Can you forgive me?

(Eu sei que eu pisei na bola. Pode me perdoar?)

43) For God’s sake!

“For God’s sake” é uma aclamação, usada principalmente em contextos de irritação, frustração, raiva ou surpresa. É o equivalente ao nosso “Pelo amor de Deus!”

Exemplos:

  • Can you shut up? For God’s sake!

(Pode calar a boca? Pelo amor de Deus!)

  • For God’s sake, what you did now?

(Pelo amor de Deus, o que você fez agora?)

44) For once and for all

Algo que é efetuado “for once and for all” é um feito permanente, imutável. Esta expressão geralmente é utilizada para acabar com um problema ou um empecilho “de uma vez por todas”.

Exemplos:

  • I need to finish this assignment for once and for all.

(Eu preciso terminar esse trabalho de uma vez por todas.)

  • We need to solve this problem for once and for all!

(Precisamos resolver este problema de uma vez por todas.)

45) To be on the way

Esta é uma das expressões mais utilizadas por falantes nativos. “To be on the way” tem sentido de se locomover de um lugar para um outro. Em português significa “estar a caminho”. 

Exemplo:

  • Where are you, John? (Onde você está, John?)
  • I’m on my way. (Estou a caminho.)

46) So what?

“So what?” é uma expressão que é usada para situações que não são importantes ou que não deveriam ter tanta atenção. Às vezes pode ser considerada um pouco ofensiva. É o equivalente a “e daí?”, no português.

Exemplo:

  • Thomas doesn’t like your actions! (Thomas não gosta de suas atitudes.)
  • So what? I don’t care about his opinions. (E daí? Eu não ligo para as opiniões dele.)

47) To drive me nuts

Uma situação que “drive you nuts” te deixa extremamente bravo ou irritado por fatores triviais ou muito pequenos. Em português, a tradução mais próxima seria “está me enlouquecendo”.

Exemplos:

  • This new job is driving me nuts!

(Esse novo trabalho está me enlouquecendo!)

  • Our team has a big game tomorrow and the coach is driving us nuts!

(Nosso time tem um grande jogo amanhã e o treinador está nos enlouquecendo!)

48) Cross my heart

“Cross my heart” é uma promessa feita quando jura que fará o prometido ou que está falando a verdade. É parecido com a expressão “I swear”. Em português, sua tradução é “eu juro”.

Exemplos:

  • Please, don’t tell Oliver I said that. (Por favor, não conte ao Oliver que eu disse aquilo.)
  • I promise, cross my heart. (Eu prometo, te juro.)
  • Did you take my car yesterday? (Você pegou meu carro ontem?)
  • No, cross my heart. (Não, eu juro.)

49) Better late than never

O ditado popular “better late than never” é utilizado em situações que pode acontecer um atraso, mas a tentativa vale mais apenas do que nunca tentar. A tradução equivalente, no português, é “melhor tarde do que nunca”.

Exemplos:

  • Liam finally paid the money he owned me. (Liam finalmente me pagou o dinheiro que ele me devia.)
  • Better late than ever. (Melhor tarde do que nunca.)

50) Spill the tea

A palavra “tea”, cujo significado literal é “chá”, também pode se referir, informalmente, a fofocas. Por isso, a tradução equivalente de “spill the tea” é “contar ou revelar uma fofoca”, mesmo que seu significado literal seja “cuspir o chá”.

Exemplo:

  • What happened yesterday at the party? Spill the tea!

(O que aconteceu ontem na festa? Conta a fofoca!)

51)  Shut up!

“Shut up” é um comando semelhante a “be quiet”. É um pedido, geralmente mal-educado e informal para ficar quieto. Em português, a expressão é similar a “cale a boca” ou “feche a matraca”.

Exemplos:

  • I’m telling you to shut up!

(Estou te mandando fechar a matraca!)

  • Mr. Smith told you to shut up!

(Sr. Smith mandou você calar a boca!)

52) Act your age!

Esta expressão é utilizada em contextos que alguém age de forma imatura e é mandada para “act your age”, ou seja, agir conforme sua idade. Sua tradução aproximada seria “não seja infantil” ou “deixe de ser criança”.

Exemplos:

  • Stop being silly and act your age!

(Deixe de ser bobo e não seja infantil!)

  • Sometimes you are very immature, Fred. Act your age!

(Às vezes você é muito imaturo, Fred. Deixe de ser criança!)

53) A pain in the ass

Este idiom é utilizado para se referir a situações, coisas e até pessoas que são chatas, desagradáveis e inconvenientes. Sua adaptação para o português é “um pé no saco”.

Exemplos:

  • My boss is a pain in the ass.

(Meu chefe é um pé no saco.)

  • My Physics homework is always a pain in the ass. So boring!

(Minha tarefa de Física sempre é um pé no saco. Tão entediante!)

54) Once in a blue moon

Esta é uma expressão utilizada para eventos que acontecem muito raramente, assim como o evento da lua azul, que ocorre a cada dois anos aproximadamente. Não há uma expressão no português equivalente a “once in a blue moon”.

Exemplos:

  • He visits his grandmother once in a blue moon.

(Ele visita sua avó muito raramente.)

  • Liam lives in Australia, so I see him once in a blue moon.

(Liam mora na Austrália, então eu vejo ele muito raramente.)

55) When pigs fly

A expressão idiomática “when pigs fly” significa literalmente “quando os porcos voarem”, ou seja, se trata de algo impossível de acontecer. Este idiom pode ser comparado ao brasileiro “no dia de São Nunca”.

Exemplos:

  • When are you and Paul getting together? (Quando você e o Paul vão ficar juntos?)
  • When pigs fly! (No dia de São Nunca!)

56) To feel under the weather

Se sentir “under the weather” é uma metáfora para a sensação de um tempo ruim, que dá um sentimento de tristeza e causa desmotivação. É utilizado geralmente para quando nos sentimos mal de alguma forma.

Exemplos:

  • He always makes me feel under the weather.

(Ele sempre me faz sentir mal.)

  • Oliver is feeling under the weather, you should talk to him.

(Oliver está se sentindo mal, você deveria falar com ele.)

57) To know something by heart

“Knowing something by heart” é utilizado quando se aprende ou memoriza algo completamente. Esta expressão é equivalente ao “saber algo de cor”, no português.

Exemplos:

  • I know every Beatles’ song by heart.

(Eu sei todas as músicas dos Beatles de cor.)

  • I watched this movie so many times that I know its lines by heart.

(Eu assisti esses filmes tantas vezes que eu sei as falas dele de cor.)

58) To kill two birds with one stone

O idiom “to kill two birds with one stone” significa resolver dois problemas com apenas uma ação ou solução. No português, nós dizemos “matar dois coelhos com uma cajadada só”.

Exemplos:

  • Since I am in Toronto for work, I can visit my uncle and kill two birds with one stone.

(Já que estou em Toronto à trabalho, eu posso visitar meu tio e matar dois coelhos com uma cajadada só.)

  • I can kill two birds with one stone by listening to a podcast while washing the dishes.

(Posso matar dois coelhos com uma cajadada só ouvindo um podcast enquanto lavo a louça.)

59) Let’s hope

“Let’s hope” é uma expressão utilizada quando temos esperanças de que algo vai dar certo e torcemos para o melhor acontecer. Sua tradução mais próxima é “tomara”.

Exemplos:

  • We scheduled to go to the pool tomorrow. Let’s hope it doesn’t rain.

(Marcamos de ir à piscina amanhã. Tomara que não chova.)

  • Paul is going to propose to her. Let’s hope she says yes.

(Paul vai pedí-la em casamento. Tomara que ela aceite.)

60) Call it a day

A expressão idiomática “call it a day” tem a função de dizer que o dia de trabalho pesado chegou ao fim, é hora de descansar. A tradução mais próxima é “por hoje chega”.

Exemplos:

  • I’m so tired, let’s call it a day.

(Estou muito cansado, por hoje chega.)

  • We already painted half of the wall today, let’s call it a day.

(Já pintamos metade da parede hoje, por hoje chega.)

61) In the heat of the moment

Quando falamos ou fazemos alguma coisa “in the heat of the moment”, fazemos sem pensar, seguindo nossas emoções. É equivalente ao “no calor do momento”, no português.

Exemplos:

  • Don’t take it seriously, he said that in the heat of the moment.

(Não leve à sério, ele disse aquilo no calor do momento.)

  • In the heat of the moment, we both said things we regret.

(No calor do momento, nós dois dissemos coisas que nos arrependemos.)

62) Get it off your chest

A expressão “get it off your chest” significa literalmente “tirar isso do peito”. Pode ser comparada ao verbo “desabafar”.

Exemplos:

  • You seem a bit under the weather lately. What happened? Get it off your chest!

(Você parece meio mal ultimamente. O que aconteceu? Desabafe!

  • I just had to get it off my chest.

(Eu só tinha que desabafar.)

63) Quite a bit

“Quite a bit” é um idiom utilizado em casos que queremos nos referir a uma quantia considerável de algo. Pode ser traduzido como “bastante” ou “consideravelmente”.

Exemplos:

  • You’ve grown quite a bit since the last time I saw you.

(Você cresceu consideravelmente desde a última vez que eu te vi.)

  • They have quite a bit of money.

(Eles tem bastante dinheiro.)

64) To kick the bucket

Esta expressão pode causar confusão em alguns estudantes, já que sua tradução literal é “chutar o balde”, que, no português tem o significado de deixar de fazer algo ou desistir. Entretanto, o significado real deste idiom é falecer, “bater as botas”.

Exemplos:

  • Any plant in my care kicks the bucket in less than a week.

(Qualquer planta sob meus cuidados bate as botas em menos de uma semana.)

  • I want to drive a flying car before I kick the bucket.

(Eu quero dirigir um carro voador antes de bater as botas.)

65) Right over there

“Right over there” é uma expressão que utilizamos quando nos referimos a lugares próximos, a uma curta distância de onde estamos. Sua tradução pode ser “logo ali” ou “aqui perto”.

Exemplos:

  • Let’s go to the bakery, it’s right over there.

(Vamos à padaria, é aqui perto.)

  • Do you know where the Arts Museum is? (Você sabe onde fica o Museu da Arte?)
  • Turn left and then it’s right over there. (Vire à esquerda e depois é logo ali.)

66) Off the hook

Já “se safou” de alguma situação de perigo ou estresse? O idiom “off the hook” tem a função de se referir a estas situações de alívio.

Exemplos:

  • Sam covered up my shift for me, so I’m off the hook.

(Sam cobriu meu turno por mim, então eu me safei.)

  • She tried everything but she couldn’t get herself off the hook.

(Ela tentou de tudo, mas não conseguiu se safar.)

67) Bent out of shape

Uma situação que te deixa “bent out of shape”, te deixa desesperado, frustrado, irritado, zangado ou até triste com algo.

Exemplos:

  • You should apologize to her before she bents out of shape.

(Você deveria pedir desculpas para ela antes que ela fique frustrada.)

  • You saw how bent out of shape he can get.

(Você viu o quão irritado ele consegue ficar.)

68) Hang tight

A expressão “hang tight” é utilizada para contextos em que alguém se encontra sob pressão e precisa de forças para continuar naquela situação. É equivalente a expressão brasileira “aguente firme”.

Exemplos:

  • Hang tight, I have a plan to get us out of here.

(Aguenta firme, eu tenho um plano para tirar a gente daqui.)

  • Mom, hang tight, I’m on my way.

(Mãe, aguenta firme, estou a caminho.)

69) Wasted

Alguém que se encontra “wasted”, está muito embriagado ou sobre efeitos fortes de drogas. A expressão vem do verbo to waste, cuja tradução é “desperdiçar”. Ou seja, a pessoa nesse estado estaria “desperdiçada”. Não há uma tradução no português para este idiom.

Exemplos:

  • I had to take Taylor home last night because she was completely wasted.

(Eu tive que levar a Taylor para casa ontem à noite, porque ela estava completamente bêbada.)

  • We were so wasted last Friday, we can’t even remember what happened.

(Estávamos tão chapados sexta passada, que nem conseguimos lembrar o que aconteceu.)

70) To be even

“To be even” se refere a situações em que duas pessoas saem do débito uma com a outra, não devem mais nada. No português, esta expressão é equivalente à “estar quite”.

Exemplos:

  • I helped Sam set up her house for her party, in return she took care of my kids yesterday, so we are even now.

(Eu ajudei a Sam a arrumar sua casa para a festa, em troca ela tomou conta dos meus filhos ontem, então estamos quites agora.)

  • He broke my phone, so I slashed his tires, now we are even.

(Ele quebrou meu telefone, então eu furei seus pneus, agora estamos quites.)

71) Jump the gun

O idiom “jump the gun” faz referência àquelas pessoas que começam a correr antes do juiz disparar o tiro. Esta expressão é utilizada em contextos que alguém começa algo antes da hora, sem tomar os devidos cuidados.

Exemplos:

  • Aren’t they jumping the gun to get married now? They are only 19!

(Eles não estão se antecipando, se casando agora? Eles só tem 19 anos!)

  • Don’t you think the company is jumping the gun with this new release?

(Você não acha que a empresa está se antecipando com esse lançamento?)

72) To bite the hands that feed you

“To bite the hands that feed you” é um idiom utilizado quando tratamos mal ou com arrogância aquelas pessoas que te beneficiam de alguma forma. Em potuguês, usamos a expressão “cuspir no prato que comeu”.

Exemplos:

  • You might not agree with your parents’ rules, but you shouldn’t disrespect them, that is biting the hands that feed you. (Talvez você não concorde com as regras do seus pais, mas não deveria desrespeitá-los, isso é cuspir no prato que comeu.)
  • My ex-girlfriend is completely insane! (Minha ex-namorada é completamente louca!)
  • Don’t bite the hands that feed you. (Não cuspa no prato que comeu!)

73) To find their feet

A expressão “to find their feet” é utilizada quando tal pessoa está começando a se sentir confiante e familiar com uma nova situação. A tradução literal deste idiom é “achar seus pés”, não há uma expressão equivalente a esta no português.

Exemplos:

  • Have you already found your feet at your new job?

(Você já se sente confortável/confiante no seu novo emprego?)

  • I don’t know anyone in France but I can find my feet there.

(Eu não conheço ninguém na França, mas eu vou me familiarizar lá.)

74) Walk the extra mile

Utilizamos o idiom “walk the extra mile” quando superamos as expectativas de alguém sobre uma tarefa dada. Sua tradução literal é “andar uma milha a mais”, ou seja, se esforçar e fazer algo além do esperado.

Exemplos:

  • My parents always walk the extra mile to make my birthdays special.

(Meus pais sempre superam minhas expectativas para fazer meus aniversários especiais.)

  • This class is important for my career, so I am going to walk the extra mile.

(Essa aula é importante para minha carreira, então eu vou me esforçar.)

75) A nest egg

Fazer economias é parte da vida de qualquer pessoa, e é sempre necessário fazer “a nest egg”, ou seja, fazer uma reserva financeira, seja para sair de casa, abrir um negócio ou comprar algo com um custo alto. A tradução mais frequente deste idiom é “um pé-de-meia”.

Exemplos:

  • The stock market is helping me to build a nest egg for my retirement.

(O mercado financeiro está me ajudando a fazer um pé-de-meia para a minha aposentadoria.)

  • Me and my fianceé are saving a nest egg for our honeymoon.

(Eu e minha noiva estamos fazendo um pé-de-meia para nossa lua-de-mel.)

76) Inside out

“Inside out” é uma expressão utilizada quando assistimos um filme, lemos um livro, fazemos um trabalho prestando atenção a todos as minúcias daquilo, quase que revirando os detalhes.

Exemplos:

  • I’ve read this book inside out, but I still enjoy it every time.

(Eu li esse livro detalhadamente, mas eu ainda aprecio ele toda vez.)

  • She is a great actress, she knows the parts inside out.

(Ela é uma ótima atriz, ela sabe as falas detalhadamente.)

77) To keep an eye on something

Usamos a expressão “to keep an eye on something” para contextos que temos que vigiar cuidadosamente algo. O idiom pode ser traduzido para “ficar de olho em algo”.

Exemplos:

  • Can you keep an eye on the baby while I’m out?

(Você pode ficar de olho no bebê enquanto eu estou fora?)

  • We have to keep an eye on the pizza, so it doesn’t burn.

(Temos que ficar de olho na pizza, para que ela não queime.)

78) Wishy-Washy

O idiom “wishy-washy” indica pessoas que não possuem ideias formadas ou força de vontade. Não há tradução para tal expressão, mas a mais aproximada seria “indeciso”.

Exemplos:

  • The candidate gave me some wishy-washy answers. He’s not going to be hired.

(O candidato me deu algumas respostas indecisas. Ele não vai ser contratado.)

  • Every seller hates wishy-washy customers.

(Todo vendedor odeia clientes indecisos.)

79) To stick your nose in something

A expressão “to stick your nose” é usada quando alguém se envolve em algo privado, de forma intrometida ou invasiva, que não diz respeito a ela. Sua tradução literal e semântica é “meter o nariz”.

Exemplos:

  • Don’t stick your nose in my stuff!

(Não meta o nariz nas minhas coisas!)

  • Jean is really annoying. She keeps sticking her nose where isn’t her business.

(Jean é realmente irritante. Ela fica metendo o nariz onde não é da conta dela.)

80) Brand new

O idiom “brand new” é utilizado para coisas completamente novas, que nunca foram usadas antes. É equivalente a expressão “novo em folha”.

Exemplos:

  • I can’t afford a brand new car.

(Não consigo pagar um caro novinho em folha.)

  • Louis’ mom bought him a brand new uniform.

(A mãe do Louis o comprou um uniforme novo em folha.)

81) The sooner, the better

Dizemos “the sooner, the better” quando acreditamos que algo deveria ser feito o mais cedo possível. Sua tradução, tanto literal quanto semântica é “quanto mais cedo, melhor”.

Exemplos:

  • I am waiting for my new book to arrive. The sooner, the better.

(Estou esperando para o meu novo livro chegar. Quanto mais cedo, melhor.)

  • When should I tell him that I’m pregnant? (Quando eu deveria contar a ele que eu estou grávida?)
  • The sooner, the better. (Quanto mais cedo, melhor.)

82) To be penniless

Estar “penniless” significa estar completamente sem dinheiro. Sua tradução literal é “sem uma penny (substantivo usado para se referir a moeda de um centavo)”. Pode ser traduzida por “sem um tostão” ou “duro”.

Exemplos:

  • I can’t go to the bar tonight. I’m penniless.

(Não posso ir ao bar hoje à noite. Estou sem um tostão.)

  • The Rock was once penniless and now he is the most well paid actor in Hollywood.

(The Rock antigamente era duro e hoje ele é o ator mais bem pago de Hollywood.)

83) Upside down

“Upside down” é um adjetivo para locais, trabalhos, situações completamente desorganizadas e confusas. Esta expressão pode ser comparada a “de cabeça para baixo”.

Exemplos:

  • Clean your room. It is upside down!

(Limpe seu quarto. Ele está de cabeça para baixo!)

  • My students always give me upside down assignments.

(Meus alunos sempre me dão trabalhos de cabeça para baixo.)

84) To make a mountain out of a molehill

“To make a mountain out of a molehill” é uma expressão usada quando exageramos ou concentramos nossas forças em um problema pequeno como se ele fosse gigante. Sua tradução literal é “fazer uma montanha de um monte de terra”. No português, usamos a expressão equivalente“fazer tempestade em copo d’água”.

Exemplos:

  • She got a B and she’s crying like she’s failing the class. She is making a mountain out of a molehill.

(Ela tirou um 8 e está chorando como se estivesse repetindo de ano. Está fazendo tempestade em copo d’água.)

  • Stop worrying about that! You are making a mountain out of a molehill.

(Para de se preocupar com isso! Está fazendo tempestade em copo d’água.)

85) Like father, like son

A expressão “like father, like son” é utilizada em contextos que a relação de pai é filho é tão forte que eles compartilham de algumas características em comum. Sua tradução literal e semântica é “tal pai, tal filho”.

Exemplos:

  • Hugo is sharing cells with his father. Like father, like son, right?

(Hugo está compartilhando cela com seu pai. Tal pai, tal filho, não é?)

86) To hit the jackpot

Em situações de extrema sorte, podemos dizer que aquela pessoa “hit the jackpot”. No português, esta expressão é equivalente a “tirar a sorte grande”.

Exemplos:

  • Olivia hit the jackpot, her boyfriend is her perfect match!

(Olivia tirou a sorte grande, seu namorado é a cara-metade dela!)

  • I hit the jackpot when I closed the contract with that company.

(Eu tirei a sorte grande quando eu fechei contrato com aquela empresa.)

87) Flip a coin

Quando temos que decidir entre duas opções com poucas diferenças, usamos o idiom “flip a coin” para “decidirmos no cara ou coroa” qual a opção que devemos seguir.

Exemplos:

  • Should I take the red or the blue dress? (Eu deveria levar o vestido vermelho ou o azul.)
  • I don’t know, they are both stunning. Flip a coin. (Não sei, os dois são lindos. Vamos decidir no cara ou coroa.)

88) ASAP

Esta é uma das expressões mais conhecidas e usadas da lista, ela é a abreviação de “as soon as possible”, que significa “o mais cedo possível” ou “o mais rápido possível”. Não se assuste quando falarem apenas a sigla.

Exemplo:

  • Do you know when the meeting will be? (Você sabe quando será a reunião?)
  • Not yet. I’ll let you know ASAP. (Ainda não. Te avisarem o mais rápido possível.)

89) It’s raining cats and dogs!

Este idiom é utilizado quando se chove muito, impossibilitando a execução de atividades ao ar livre. A tradução literal desta expressão é “está chovendo gatos e cachorros”. “It’s raining cats and dogs” pode ser traduzido por “está chovendo canivetes” ou “está caindo um pé d’água”.

Exemplos:

  • We were going to give a barbecue, but it’s raining cats and dogs!

(Iríamos dar um churrasco, mas está caindo um pé d’água!)

  • The game was canceled because it was raining cats and dogs.

(O jogo foi cancelado porque estava chovendo canivetes.)

90) Truth be told

“Truth be told” é uma expressão usada quando queremos ser completamente honestos com alguém. Sua tradução literal é “que a verdade seja dita”, mas tem o mesmo sentido que “francamente” ou “sejamos francos”.

Exemplos:

  • I said to my friends I’d go to the party tonight, but, truth be told, I’d rather stay home.

(Eu disse aos meus amigos que eu iria na festa hoje à noite, mas, francamente, eu prefiro ficar em casa.)

  • Truth be told, I am unsatisfied with my wage.

(Francamente, eu estou insatisfeito com meu salário.)

91) That will leave a mark!

Quando fazemos algo que será lembrado, ou que foi bem-sucedido de alguma forma, podemos usar o idiom “That will leave a mark!”. Sua tradução literal é “Isso vai deixar uma marca”, não há uma tradução semântica para esta expressão.

Exemplos:

  • Usain Bolt broke 3 world records during his life. That will leave a mark!

(Usain Bolt quebrou 3 recordes mundiais durante sua vida. Isso será lembrado!)

  • Barbra Streinsand was one of the best singers-actresses in Broadway history. That will leave a mark!

(Barbra Streisand foi uma das melhores cantoras e atrizes na história da Broadway. Isso será lembrado!)

92) Make yourself at home

A expressão “make yourself at home” é um convite para entrada em um local particular e se fazer confortável, se sentindo livre para se comportar como se vivesse ali. É equivalente a “sinta-se em casa”.

Exemplos:

  • Come on in! Make yourself at home!

(Entre! Sinta-se em casa!)

  • Make yourself at home for as long as you need.

(Sinta-se em casa por quanto tempo você precisar.)

93) To look the other way

Quando dizemos que alguém está “looking the other way”, estamos criticando ele por não prestar atenção a algo errado que deveria fazer algo a respeito. Esta expressão pode ser traduzida como “ignorar” um problema.

Exemplos:

  • The president always looks the other way on racism issues.

(O presidente sempre ignora os problemas de racismo.)

  • I saw some teenagers vandalizing a wall and I just looked the other way.

(Eu vi alguns adolescentes vandalizado o muro e eu só ignorei-os.)

94) As lost as a nun on a honeymoon

É bem incomum encontrarmos “freiras em uma lua de mel”, não é? Por isso usamos esse idiom para pessoas que estão perdidas, fora do lugar, sem saber onde estão ou o que estão fazendo. Em português temos a expressão semelhante “mais perdido que cego em tiroteio”.

Exemplos:

  • I was as lost as a nun on a honeymoon at the meeting yesterday.

(Eu estava mais perdido que cego em tiroteio na reunião ontem.)

  • Study English, so you don’t get as lost as a nun on a honeymoon during your trips!

(Estude inglês para não ficar mais perdido que cego em tiroteio durante suas viagens!)

95) To know something like the back of my hand

Quando conhecemos algo “like the back of my hand”, estamos muito familiarizados com um lugar, assunto, livro, filme, música, etc. Sua tradução literal é “conhecer algo como o dorso da minha mão”, ao contrário da expressão no português, que é “conhecer algo como a palma da minha mão”.

Exemplos:

  • I know Rio de Janeiro’s streets like the back of my hand.

(Eu conheço as ruas do Rio de Janeiro como a palma da minha mão.)

  • Richard knows the lyrics of this song like the back of his hand.

(Richard conhece a letra dessa música como a palma da sua mão.)

96) Don’t judge a book by its cover

O idiom inglês “don’t judge a book by its cover” é uma metáfora para não julgarmos o valor de algo apenas por sua aparência exterior. É equivalente a expressão “não julgue um livro pela capa”.

Exemplos:

  • He looks a bit weird, but don’t judge a book for its cover, he is one of the most talented players I’ve ever seen.

(Ele parece um pouco estranho, mas não julgue um livro pela capa, ele é um dos jogadores mais talentosos que eu já vi.)

  • Mark Zuckerberg looks like a normal man, but he’s one of the richest men in the world. Don’t judge a book by its cover.

(Mark Zuckerberg parece um homem normal, mas ele é um dos homens mais ricos do mundo. Não julgue um livro pela capa.)

97) Good call!

A expressão “good call”, cuja tradução literal seria “boa chamada”, é utilizada para elogiar alguém que teve uma boa ideia ou fez uma boa decisão. Não há uma tradução exata para este idiom.

Exemplos:

  • I heard you arrested the right suspect. Good call!

(Eu ouvi que você prendeu o suspeito correto. Boa decisão!)

  • You chose the right company to make business with. Good call, Phil!

(Você escolheu a empresa certa para fazer negócios. Boa escolha, Phil!)

98) No hard feelings

Usamos “no hard feelings” para nos referir a situações das quais não nos arrependemos ou temos alguma mágoa ou raiva. Pode ser traduzida para “sem ressentimentos”.

Exemplos:

  • I’m really sorry I said that. (Eu sinto muito que eu disse aquilo.)
  • It’s OK. No hard feelings. (Está tudo bem. Sem ressentimentos.)
  • We have no hard feelings about what we did.

(Não temos ressentimentos sobre o que fizemos.)

99) No wonder

A expressão “no wonder” é utilizada em contextos em que a situação não causa surpresa, já era esperado esse acontecimento. Este idiom pode ser comparado as expressões “não é a toa que” ou “não é de se assustar”.

Exemplos:

  • Terry is lazy, no wonder why he doesn’t have a job.

(Terry é preguiçoso, não é a toa que não tem um emprego.)

  • No wonder the kids are excited. It’s their first time at Disney!

(Não é de se assustar que as crianças estão alegres. É a primeira vez delas na Disney!)

100) From time to time

“From time to time” é um advérbio de tempo que é utilizado em situações não regulares, mas ocasionais. É equivalente a expressão “de tempos em tempos” ou “ocasionalmente.

Exemplos:

  • I still think of her from time to time.

(Eu ainda penso nela ocasionalmente.)

  • My friends skip school from time to time.

(Meus amigos matam aula de tempos em tempos.)

Vão ser adicionadas mais expressões ao longo do tempo nesse artigo.

Muito obrigado novamente.